quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Para reflexão dos leitores

No dia ontem assumiu a Curadoria Externa da Atividade Policial o promotor de Justiça Augusto César Lobão. Profissional humilde e de boa circulação dentro da polícia sergipana, este promotor veio para somar. Em seu primeiro discurso à imprensa ele já se manifestou a respeito de "trazer a polícia para dentro do MP e o MP para dentro da polícia", atuando sem vaidades e sem perseguições a pais de família, buscando dar o tratamento adequado aos verdadeiros marginais da SSP.

Pedimos a atenção dos leitores para a leitura do texto abaixo, quibado da internet, e que ajuda a explicar a atual situação da segurança em nosso estado.

À leitura!

Logo em seus primeiros dias de trabalho, um policial aprende que é preciso dar "o seu jeito" e "correr atrás" da sua alimentação, porque a sua polícia "tem cobertor curto" e não pode custear todas as refeições previstas. Na sua zona de trabalho há que encontrar um bar, ou um lugar qualquer, que possa garantir "quentinhas" para quem "está de serviço", sem "levar problema" para as chefias da sua organização. No dia-a-dia, constata que essa cortesia pode ser estendida a outras amenidades: um cigarro, uma cervejinha depois do expediente, um "0800" ou "por conta da casa" em alguma celebração. Pode, ainda, ser expandida para incluir agrados eventuais a um superior, um amigo, um familiar, ou alguém que se quer impressionar.

Aos poucos, um jovem policial também aprende que, para fazer o seu trabalho, tem que atender a outras carências, e ampliar a sua rede de conhecidos e colaboradores. Esses podem "quebrar um galho", ofertando passagens gratuitas em ônibus ou vans, fazendo pequenos consertos de lanternagem e mecânica, ou mesmo completando o combustível da viatura ou de seu carro particular.

Isso demanda deferência para quem "tem consideração" com o policial: uma presença mais freqüente neste ou naquele local, a rapidez de um "B.O.", a "quebra de uma multa", o abrandamento de uma investigação, a solução de uma "questão na Justiça". Pode vir a incluir o respaldo do policial na solução de querelas, seu conselho ou indicação de um "pistolão" que possa encaminhar esta ou aquela pendência: o alvará vencido, a falta da nota fiscal desta mercadoria, o "gato" do fornecimento da luz ou da água. Enfim, contraprestações acompanhadas ou não por um agrado a mais ou, eventualmente, por algum pagamento para o policial por ter "quebrado um galho" ou "dado uma força". Logo o jovem policial percebe que essa teia de relacionamentos abre um sem-número de oportunidades, facilidades e recompensas, tão mais expressivas quanto mais distantes da obrigação do trabalho policial, tão mais rentáveis quanto mais próximas de suas competências profissionais nesse convívio com sua "clientela de baixo".

Mesmo antes de "ser polícia", um jovem sabe que "fazer segurança" é uma opção de quem tem arma e distintivo. O "direito adquirido" do "bico" é parte rotineira da vida policial. "Todo mundo tem" e "só não tem quem não precisa". Ainda que não seja assim em outros países, fazer segurança privada é proibido aos policiais no Brasil, porque se entende ser um conflito de interesses com a missão pública. Contudo, o "bico" é tolerado por governos e polícias e, em boa medida, tratado como uma política salarial informal e velada. O segundo emprego está tão disseminado que a definição de turnos e escalas de policiamento pode considerar os "bicos" dos policiais, já que "tirar algum por fora no bico" é visto como um meio decente de "honrar compromissos" sem "cair na bandidagem". "Só não pode mexer no bico" é uma poderosa regra de mão para quem quer se manter em alguma posição de chefia dentro das polícias, já que violá-la pode motivar "greves brancas", "operações-padrão", ou até a revolta dos policiais de ponta, comprometendo a provisão de policiamento público.
Com o tempo, o policial que "faz um bico na segurança" vai se dando conta de que ingressou num mundo de barganhas que ultrapassam sua ambição de melhorar a renda sem se envolver com "bandas podres". Percebe que vai se enredando numa malha invisível de favores e favorecimentos que se estabelece e se expande além da confiança, da honra e da amizade profissionais cujas conexões e latitude não são aparentes, manifestando-se sem aviso. O privilégio do bico põe em circulação relações de mútua dependência. Quem "entra no bico" acaba por "estar em dívida" com o colega que "arrumou a segurança", o superior que acomoda o turno, o "imediato" que garantiu a transferência de setor ou unidade, o colega que "dobra a folga" ou "tira plantão" no seu lugar, o funcionário que abonou suas faltas ou facilitou uma licença médica. Quem faz "bico" "deve muito e a todo mundo na polícia", e não está em "condição de criticar a conduta do colega". Torna-se gradualmente refém e partícipe de uma troca cruzada, múltipla e ampliada de favores e gentilezas, revezando entre cliente e patrão. Vê-se compelido a respeitar o "código do silêncio", a fazer vistas grossas diante de "desvios de conduta" entendidos como mais graves que o "bico".

O "bico" pode adquirir diversas formas eventuais ou regulares de reciprocidades que entrelaçam, direta ou indiretamente, as redes domésticas de conhecidos e colaboradores dos policiais com outras clientelas dentro e fora das polícias: um simples arranjo com algum dos gentis fornecedores de comida ou amenidades, um trabalho em alguma firma de vigilância privada, ou até o empreendimento de um policial que fornece vigilantes, policiais ou não, para grupos ou indivíduos. Isso sustenta diversas articulações entre policiais de distintas patentes e funções que correm em paralelo e que, com o tempo, atravessam e comprometem a estrutura formal de comando das polícias.

No mundo do "bico", tem-se, em muitos casos, a inversão das esferas formais de subordinação, uma vez que muitos policiais são patrões ou padrinhos de pares e superiores hierárquicos, e adquirem sobre eles essa ascendência informal. Essa é uma dinâmica que, uma vez estabelecida, desafia, ou melhor, sabota a expectativa da governabilidade da polícia. Faz nascer e sustenta grupelhos dentro e ao redor da polícia, que se fazem aliados ou rivais diante de seus interesses e negócios particulares, configurando uma rede de elos transversais e laterais mais ou menos coesos, mais ou menos estáveis, mais ou menos longevos.

A conveniência do "bico" coloca o policial entre a convivência e a conivência com os abusos e apropriações do poder de polícia. Uma "convivência forçada" com práticas clandestinas e ilegais, que fomenta conivências mais ou menos envergonhadas com outras "irregularidades".
Esse é o caso das "milícias" que se anunciam como ligas comunitárias de "autodefesa" e de "combate aos criminosos", e que atuam como "estados paralelos" em algumas favelas no Rio de Janeiro em substituição ou complemento ao policiamento público deficitário ou negligente. Trata-se de grupos armados organizados por policiais e afins que monopolizam recursos públicos de segurança e os redistribuem como arranjos particulares de proteção mediante a cobrança de taxas e outras contribuições dos moradores. "Empresários morais", que podem vir a se beneficiar dos desdobramentos do seu domínio armado: assegurar ou desapropriar moradias e bens; impor as diversas formas de resolução violenta e ilegal de conflitos, até mesmo o justiçamento e a execução sumárias.

O "negócio" da "venda de proteção" sob ameaças pelas "milícias" possibilita "ganhos" que exploram a ausência ou a prestação precária de serviços essenciais públicos ou privados nas favelas, articulando uma clientela de baixo cativa às clientelas de dentro e de fora das polícias. À "garantia" da continuidade do fornecimento clandestino de luz e água corresponde mais uma taxa. Outra taxa assegura o monopólio da venda de bujão de gás a uma determinada distribuidora. Uma outra autoriza trajetos e pontos de circulação de transporte alternativo feito por vans, kombis ou mototáxis. Outra, ainda, incide sobre o acesso pirata a TV a cabo, o "gatonet", considerado uma das maiores fontes de receita.

A extração desse pacote lucrativo de "impostos informais" tem sido objeto de disputas territoriais entre bandos armados, entre as chamadas "milícias" e "facções criminosas". A tomada de território e seu controle por "milicianos" têm correspondido a um substancial aumento desses "impostos informais". A justificativa é de que a proteção das "milícias" seria uma solução superior, mais estável que a ofertada pelos "bandidos", uma vez que impede a "guerra de facções" e, sobretudo, porque teria um tipo especial de suporte de parte das polícias.

Aos poucos, as fronteiras entre o "bico" e outros negócios "mais irregulares" vão ficando pouco nítidas, mais difíceis de estabelecer, distinguir e sustentar do que o nosso jovem policial imaginava. O policial que "faz bico na segurança" e o policial que está "envolvido numa milícia" situam-se numa ampla zona cinzenta cujas matizes são redutíveis ao aluguel do mandato policial, ao "negócio da proteção". Ilegalidades e licenciosidades privilegiadas vinculam, dentro e ao lado das polícias, patrões e clientes que convertem, de forma deliberada ou não, o poder de polícia em mercadoria: a "clientela do lado".

A essa altura, pode-se imaginar que o jovem policial, arredio e tomado por suspeitas quase paranóicas, comece a "confiar desconfiando" de seus próprios pares e dos cidadãos que policia. E adote um auto-isolamento sofrido para se proteger da possibilidade de traições, "tiros amigos" ou de situações nas quais possa ser a "paga" ou o "alvo" de um "acerto de contas", de uma "quebra de acordo" que desconhece, ou um "culpado" em alguma punição arbitrária. Afinal, diante do "bico", seja como praticante seja como tolerante, "todo mundo está devendo". No meio policial fala-se da "vida curta" daqueles que se envolvem com "ganhos fáceis"; por exemplo, o recebimento de "comissões" de casas de prostituição ou jogos ilegais, "acertos" na apreensão de drogas, armas ou mercadorias roubadas. Se esses não chegam à Justiça, estão "marcados" dentro e fora das polícias e são sentenciados pelas regras de justiçamento de seus sócios, clientes ou patrões.

O receio de vir a ser envolvido, de estar com colegas errados na situação e hora também erradas, leva o jovem policial a considerar a possibilidade de "conseguir uma colocação" fora das atividades de policiamento ou da polícia. Mas para "virar peixe" é preciso "mexer os pauzinhos", ter um "Q.I. alto", ter "Quem Indique". Isso porque os trajetos policiais de carreira estão sujeitos à barganha política manobrada de dentro e de fora da máquina do Estado, por aqueles que podem dar uma "carteirada do alto". Há nomes, grupos e aparatos partidários dos que estiveram, estão ou podem estar em posição de mando, ou de controle, ou de condução dos casos policiais, e cujos interesses, quando atendidos, podem ser retribuídos com acessos a "cargos de confiança", transferências para outros órgãos públicos, licenciamentos, promoções. Uma rede de tráfico de influência e prestígio, constituída por aqueles cujas carreiras políticas ou públicas identificam e aparelham potencialidades e facilidades dos recursos policiais: a "clientela de cima".

Constroem-se vínculos entre atores políticos e grupos de policiais que se concretizam nos variados "desvios de função" que vão desde motorista, "ajudante de ordens", até guarda-costas e assessor de autoridades. Há, também, instâncias de relacionamento que mobilizam, com alguma medida de discrição, policiais para atividades de campanha eleitoral. Uma ilegalidade corriqueira da clientela de cima é a feitura de "caixa dois" com as contribuições eleitorais. A tolerância para com o "caixa dois" é mais matizada do que a do "bico", mas nem por isso deixa de ser uma realidade. O transporte e, logo, a captação de fundos não declarados, em dinheiro vivo, convidam a que isso seja feito por quem pode portar legalmente uma arma e está protegido tanto pela sua "condição de autoridade" quanto por seu trânsito com a clientela do lado e a baixo. E essa é uma contraprestação muito valiosa, pois quem poderia melhor encarnar o papel de "coletor de impostos informais", à moda antiga ou patrimonial, que os investidos do poder de polícia?

Há outras demandas para as competências profissionais de quem exerce o "poder de polícia": a fabricação de "dossiês", a maquiagem legal para violação de privacidade, a conversão de desafetos políticos em "suspeitos" pela "construção de provas" do seu envolvimento, a manipulação do sigilo investigativo ou de Justiça de acordo com os interesses desta ou daquela "panela" de policiais e seus patronos ou clientes. Daí surgem prioridades pessoais e tácitas a serem atendidas, que são emanadas daqui ou dali, que podem perpassar, e mesmo conformar, o trabalho policial. Relacionamentos em que deferências, favores e quantias trocam de mãos, e o policial pode se beneficiar desse fluxo, ou mesmo se espera que ele compartilhe um pedaço da ação, uma mordidela, um pouquinho "para molhar o bico".

O amadurecimento de um policial inclui o prudente reconhecimento de distintas redes de padrinhos e apadrinhados, patrões e clientes com os quais vai deparando. Como agir? O que fazer? Como lidar com as carteiradas? Fechando os olhos, resistindo, aceitando, negociando? Como equilibrar-se, não se deixando "fazer de bobo" ou "se enrolar demais" com as transações na, da e ao redor da sua polícia? Sua escolha corresponde, em cada caso, ao que venha a fazer olhando para baixo, para cima, para o lado, diante dos olhares do público ao redor. "O que atrapalha é a política" ou "falta vontade política e sobra politicagem" é o desabafo sincero, que sintetiza todo esse emaranhado de patronos e suas carteiradas.

Policiais: fora de controle?

Um jovem policial logo percebe que os mecanismos internos e externos que deveriam controlar a polícia deixam a desejar, e que há ausências e tibiezas no que deveria ser presente e firme. Vê que a prioridade da política pública não incide sobre a politicagem. De sua parte, patrões e clientelas resistem a que tais instrumentos produzam resultados e buscam ocultar práticas reprováveis. Mas, quando ocasionalmente elas vêm à tona, vive-se um momento de glória fugaz da identificação de culpados e do "tirar as maçãs podres". Até a próxima vez. O que sobra, então, da expectativa de controle?

Sobra um barril contaminante, com algumas maçãs podres a menos. A tomada de decisão, o monitoramento, a avaliação, premiação e punição policiais ficam entregues ao voluntarismo, à convivência conivente e ao mandonismo da autoridade superior, às suspeitas de conchavo. Quando prevalecem expedientes informais, heterodoxos e invisíveis de controle, esses ficam abertos à acusação de serem apenas "politicagem" entre padrinhos e apadrinhados. Tem-se, como diz a máxima policial, uma polícia "fraca para fortes e forte para os fracos", e que já "está dominada". Está sob controle "dos fortes", isto é, dos patrões e de suas clientelas, de alguns. Esses têm como pretensão comum a inoperância de qualquer (outro) mecanismo de controle que possa vir a expô-los – e que corresponda às prioridades da política pública, por exemplo.

O resultado é uma Segurança Pública sempre aberta à privatização de seus meios, que convive e é sabotada por diversos arranjos de proteção. Tem-se uma polícia vulnerável, deslegitimada, indulgente diante da imprecisão de seu mandato, presa nas teias de favorecimentos. Uma polícia cuja ação está sujeita à barganha entre "muitos patrões". Essa situação gera incerteza. Essa incerteza se expressa em riscos, mais ou menos manipuláveis pelos envolvidos, para o melhor ou para o pior. Esses riscos produzem insegurança. O(a) cidadão(ã) sente-se inseguro(a) diante da sua polícia; a polícia, insegura em sua ação; o(a) governante, receoso do desenrolar, dos resultados e das conseqüências de qualquer atividade policial; os parlamentares, temerosos do conteúdo de suas deliberações e inermes em seu papel fiscalizador; o Judiciário, incapaz de avaliar o mérito da ação da polícia.

Se não há critérios prévios e formalmente estabelecidos de accountability ou de mérito, se a responsabilização pode simplesmente "acontecer", então todos tendem a aproximar sua ação do que quer que tenha sido valorado positivamente por alguém com mando. Para qualquer policial disposto a sobreviver em sua carreira, o melhor é "ser reativo", só chegar quando tudo já se resolveu de um jeito ou de outro. Acaba sendo mais prudente ser uma "polícia do depois", uma "polícia (que sabe participar) do espetáculo" das clientelas. Isso porque a propagada (pro)atividade ou a desejada "autonomia operacional" pode vir a ser invasiva e indelicada, até mesmo "ingrata" com aqueles que se revezam como clientes e patrões. A chamada "boa ocorrência policial" tende a ser aquela que "ninguém viu", que "passou despercebida", que não gerou registro, ou que "até o presente momento, ninguém reclamou". Aquela em que mútuas "considerações" são capazes, se necessário, de acobertar ou "acertar o resultado" construindo algum "saldo operacional" convincente, se possível com "apresentação para a imprensa" de "procurados periculosos", ou de "partidas de drogas", ou de "armas pesadas", e melhor, com tudo isso junto: o "kitsucesso". Uma polícia "secreta", estatal e não pública, que faz, mas não quer que saibam o que e como faz, a contrapartida inexorável de um poder de polícia em aberto.
É diante da "politicagem" que se compreende o ceticismo policial em relação aos "planos de segurança" dos governantes, o cinismo policial diante da ambição de um controle real da ação policial no policiamento público. Do ponto de vista da realidade policial, estabelecer metas ou indicar rumos sem dar conta da "politicagem" faz suspeitar que o que se propõe é "para inglês ver". A política pública se reduz à sucessão de expedientes, a ofertas de proteção, cuja lógica é a do resultado feliz mais próximo. Faz-se cada vez mais grandiloqüente, buscando segurança na imprecisão do que se propõe a fazer, e oportunista, apostando na exploração de sucessos eventuais ou na resposta salvacionista a desastres. Tem-se um ambiente que pode confinar esforços de governabilidade a ações esquizofrênicas e pontuais. Compreende-se, assim, a adesão ao que quer que seja a "moda" do momento. O vácuo da política pública favorece uma realidade em que a "politicagem" prospera, em que patrões e clientelas empreendem monopólios dos recursos públicos de polícia para redistribuí-los como mercadorias, gentilezas ou generosidades privadas.

"Cada sociedade tem a polícia que merece"

É o que se diz em círculos policiais. Apesar de ser um lugar-comum, dessa frase apreende-se um entendimento profundo do que é, do que deva ser a polícia. Cada sociedade tem a polícia que faz por merecer. A "melhor" polícia é a que vivifica cotidianamente seus modos de agir, aproximando o que a sociedade deseja que fosse feito em cada situação. Não pode ser diferente. O objeto da polícia é a própria sociedade, que exercita o seu poder de outorgante do mandato policial para demandar as formas, os modos e os meios que deseja na ação das polícias. E isso não pode ficar em aberto entregue a iniciativas missionárias, voluntaristas. No Brasil, isso admite todos os recortes e diferenciações locais e regionais expressas numa repactuação federativa que esclareça os termos do mandato policial, qualificando na práxis policial o exercício do poder de polícia. Dessa forma, podemos nos capacitar a lidar com os problemas do barril, e não apenas à caça episódica de "maçãs podres".

QUE DEUS NOS AJUDE E OLHE POR NÓS!

292 comentários:

  1. Por isso eu sempre digo, enquanto nós formos a polícia do jeitinho vamos ser sempre o patinho feio da segurança pública, apesar de sermos a parte mais importante, afinal quem não sabe que é melhor prevenir do remediar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. novamente não veio aumento no contracheque de novembro, essa porra é foda

      Excluir
    2. Com certeza o jeitinho é o verdadeiro câncer da PM, vamos por fim ao jeitinho.

      Excluir
    3. E POR FALAR EM JEITINHO VAMOS FALAR DA ASSOMISE:

      MAJOR ADRIANO EU PARTICULARMENTE NÃO ESPERAVA ISSO DO SENHOR MAJOR,NÃO MESMO.

      Excluir
  2. Publicado em: 21/11/2012 07:49:57
    RISCOS PARA OS PMs QUE VÃO APOSENTAR

    Na manhã dessa terça-feira (20), o presidente da AMESE Sargento Edgard Menezes, foi recebido pelo Chefe da PM-1, Coronel Sávio. O objetivo do encontro foi discutir a determinação do Comando da PMSE, coronel Mauricio Iunes, para que os policiais militares aguardem os decretos de reforma (aposentadoria) desempenhando as suas funções.

    Esteve também participando da reunião o Cel. Rocha, que emprestou os seus conhecimentos para que fosse possível uma melhor solução para este caso, pois para o presidente da AMESE, o policial militar que já cumpriu seus 30 anos de serviço em prol da sociedade e contribuiu de acordo com a legislação previdenciária, não é justo aguardar sua reforma trabalhando, onde seria mais correto, esperar a publicação do devido decreto no seio da sua família.

    Outro fato destacado pelo Sgt. Edgard Menezes é que já com 30 anos de serviço e tendo o policial militar que aguardar o decreto de reforma trabalhando, pode, durante esse período, se envolver em uma operação que possa lhe trazer a morte ou até mesmo um processo, quando o mesmo já alcançou o direito da reserva remunerada, defendendo a sociedade e o nome da instituição Polícia Militar do Estado de Sergipe, e em caso de processo, só irá para a reforma após a conclusão deste, o que acarretaria mais tempo para que pudesse gozar seu merecido e devido descanso.

    Já o Cel. Sávio visualizou que a reivindicação apresentada pelo Sgt. Edgard tinha pertinência e também explicou os motivos da atual decisão do Comando, dizendo tratar-se de uma lei estadual do ano de 2008 e que não era utilizada, pois o processo de reserva era muito longo, por isso o policial militar aguardava em casa. Com o novo sistema, o processo dura cerca de 30 dias, porém com os policiais afastados da atividade, a PM-1 tem diversos problemas em localizar os mesmos, quando necessária uma assinatura ou algo mais para que o andamento do processo não sofra solução de continuidade. Mas diante da exposição dos fatos que podem ocorrer com os policiais militares durante a espera da reserva, o Cel. Sávio entende que é possível manter os mesmos trabalhando, durante o período em que aguardarem o decreto de reserva, no setor administrativo, resguardando assim os militares de possíveis problemas que possam surgir durante o serviço nas ruas, relatando ainda o Chefe da PM-1 que iria se reunir com o Comandante Geral da PMSE, Cel. Maurício Iunes para tratar desta reivindicação feita exclusivamente pela AMESE.

    A AMESE aguardará uma resposta definitiva do Comandante da PMSE, mas também está preparada para atender seus associados em pleitos, de acordo com seus interesses e a legalidade das leis, pois o lema maior da associação é a luta pelos direitos e melhores condições para os militares sergipanos.
    Ascom Amese
    reproduzido pelo (faxaju)

    ResponderExcluir
  3. Enquanto anteriormente aguarddiamos em casa o Sr. cumandante, determina que a gente permaneça trabalhando, e ai Edgad, essa lei estadual de 2008, só começou a vigorar agora foi, nós iremos aceitar? Caso um colega se envolva em um insidente como fica companheiro? E a luta pelos nossos direitos e melhores condições?

    ResponderExcluir
  4. ATENÇÃO, ATENÇÃO EXTRA: Grave esse numero e qualquer situação estarei á sua disposição, amigos de farda: 91161715 .

    ResponderExcluir
  5. Aguardar os Decretos trabalhando, e que persiguição e essa meu irmão. Maus tratos e disrespeitos com os pares, lamentável e dezelegância . que pouca vergonha.

    ResponderExcluir
  6. Câdeeeeeeeeeeeeeeeeeeee as promessas da CARGA HORÁRIA, ADICIONAL NOTURNO, LEI DE FIXAÇÃO, TICKET REFEIÇÃO, 1/3 de REMUNERAÇÃO, LOB, NÌVEL SÚPERIOR. Deputado Samuel de um mandato, e agora esqueceu da PM foi, e agora só quer faze parte da comissão de educação, esqueceu de segurança pública, só lenbrando o Secretário de segurança de São Paulo acabou de ser demitido, só para lenbrar viu Deputado. Câdeeeeeeeeeeeeeee.

    ResponderExcluir
  7. Sim, restou outra lembrança amigo, incorporação de cursos que sejá melhor que da polícia civil.

    ResponderExcluir
  8. Valeu ! esses asssssores são demais!

    ResponderExcluir
  9. Tá certo eu já soube que o comandante não tem interesse com as nossas reinvidicações.

    ResponderExcluir
  10. Excelente texto. Bem, todo mundo sabe que as polícias militares são instituições absolutamente falidas e obsoletas, esse modelo de polícia é arcaico e não condiz com a realidade. Vejo que há projetos no congresso nacional para mudar isso, mas há necessidade de uma grande intervenção de todos os poderes e da sociedade civil organizada, não estou dizendo que os policiais são incompetentes e sim o modelo. Essa herança maldita do "bico" e da "pidança" é outro aspecto que realmente deve ser repensado. É como dizem por aí o cidadão que mora numa cobertura na 13 de Julho nunca ligará para o 190 porque ele tem contatos com policiais de diversas patentes e que podem providenciar esse contato pra ele, diferente do pobre que mora no Cj Jardim ou no Santa Maria. Por quê na 3ª/1º batalhão tem oito viaturas e no 2ª/8º têm duas ou três? Deveria ser o inverso, mas não é tudo sabe por quê.

    ResponderExcluir
  11. Praça faz bico, cel recebe diarias por engano não é nailson.

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de saber a fonte deste texto, é possível, "Mano"?

    ResponderExcluir
  13. E também, que catzu é "quibado"...

    ResponderExcluir
  14. Cotidiano / Polícia
    21/11/2012 11:49:39- Atualizado em 21/11/2012 12:21:18
    Policiais do Nordeste recebem ameaças do PCC

    Em Sergipe ainda não há grandes preocupações sobre o caso


    Por Allana Andrade

    Policiais Militares e Civis do Nordeste nos últimos dias estão recebendo mensagens de texto com supostas ameaças. A informação é de que membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) de São Paulo estariam descontentes com a transferência de presos e que a ‘ordem’ era de fazer represália contra policiais do Nordeste.

    Nos estados de Alagoas e Bahia, a informação é de que os policiais já se reuniram e intensificaram a atenção para caso os ataques sejam realizados. Em Sergipe, os policiais estão em alerta, mas sem grandes preocupações.

    “Ouvimos a informação, mas que por enquanto não passa de uma informação sem nenhuma substância, mas que a polícia não pode descartar. O que o sindicato aconselha é que os policiais tenham cuidado porque mesmo a nossa polícia não sendo tão ostensiva, somos mais velados, é preciso que redobrem a atenção”, explicou Antônio Moraes presidente do Sindicato de Polícia (Sinpol).

    “Ainda não há esse tipo de evento no Nordeste, mas precisamos continuar com a mesma observação que todo policial tem que ter. Informações como essas são importantes para que possamos mostrar à sociedade que não somos simples servidores públicos, que essa experiência servia para mostrar a importância da polícia. Porque nossa polícia hoje é desorganizada”, finalizou Antônio Moraes.

    Para o sargento Edgar, presidente da Associação dos Militares do Estado de Sergipe (Amese), ainda não há motivos para preocupação. “Pelo que estou vendo, a tropa está tranquila, mas estamos atentos. Visualizamos uma fragilidade no interior do estado porque temos um número reduzido de policiais, mas até o momento nenhum policial nos procurou para mostrar que recebeu esse tipo de mensagem”, afirmou.



    Fonte: Foto: Arquivo F5 News

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BEEEEESSSSTEIRA MAS, PRECAUÇÃO E CANJA DE GALINHA NÃO FAZ MAL A NINGUÉM. JÁ DIZIA MINHA VÓ.

      Excluir
    2. o risco existe mas se observarmos bem os estados que estão sendo atacados são do DEM e PSDB. aqui o governo é do PT e todo mundo sabe que FARC, PT e PCC é tudo a ver. Os alagoanos é que devem estar piscando pois o governados é do PSDB.

      Excluir
    3. De onde sai tanta besteira? Isso é que é Teoria da Conspiração

      Excluir
  15. APOSENTADORIA ESPECIAL - STF conclui que Policial Militar faz jus ao direito constitucionalmente garantido no § 4º do Artigo 40, da Constituição Federal de 1988.

    Em recente decisão proferida no julgamento do Agravo em Recurso Extraordinário n. 710.918, o Ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, decidiu que o Autor do recurso, Policial Militar, é possuidor do direito à aposentadoria especial nos moldes da lei nº 8.213/91, vez que não pode o servidor submetido a ambientes insalubres e perigosos, sofrer restrição de direitos em razão da inércia do Estado ou qualquer outro sofisma que se venha alegar.

    Sintetizando, concluiu o Eminente Ministro que o direito do Autor da ação, Policial Militar, é evidente, e deve ser declarado pelo Poder Judiciário, dada a omissão e negativa da Administração em reconhecer e regulamentar tal direito. Reconheceu, portanto, nos termos do entendimento contido no Mandado de Injunção n. 721 do STF, a ofensa à constituição federal, conforme decisão que segue na íntegra:

    S T F
    Disponibilização: quarta-feira, 3 de outubro de 2012.
    Arquivo: 27
    Publicação: 10
    SECRETARIA JUDICIÁRIA
    Decisões e Despachos dos Relatores

    RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 710.918 (1210) ORIGEM: PROC - 0055122010 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS PROCED. : SÃO PAULO RELATOR: MIN. CELSO DE MELLO RECTE.(S) : R P ADV.(A/S) : ELIEZER PEREIRA MARTINS E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO: A controvérsia jurídica objeto deste processo já foi dirimida pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal, que, ao julgar o MI 721/DF, Rel. Min. MARCO AURÉLIO (RTJ 203/11), fixou entendimento consubstanciado em acórdão assim ementado: "MANDADO DE INJUNÇÃO - NATUREZA. Conforme disposto no inciso LXXI do artigo 5º da Constituição Federal, conceder-se-á mandado de injunção quando necessário ao exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania. Há ação mandamental e não simplesmente declaratória de omissão. A carga de declaração não é objeto da impetração, mas premissa da ordem a ser formalizada. MANDADO DE INJUNÇÃO - DECISÃO - BALIZAS. Tratando-se de processo subjetivo, a decisão possui eficácia considerada a relação jurídica nele revelada. APOSENTADORIA - TRABALHO EM CONDIÇÕES ESPECIAIS - PREJUÍZO À SAÚDE DO SERVIDOR - INEXISTÊNCIA DE LEI COMPLEMENTAR - ARTIGO 40, § 4º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Inexistente a disciplina específica da aposentadoria especial do servidor, impõe-se a adoção, via pronunciamento judicial, daquela própria aos trabalhadores em geral - artigo 57, § 1º, da Lei nº 8.213/91." Cumpre ressaltar, por necessário, que essa orientação plenária vem sendo observada em decisões, que, proferidas no âmbito desta Corte, versaram questão idêntica à que ora se examina nesta sede recursal (RE 238.591-AgR/DF, Rel. Min. ELLEN GRACIE - RE 443.791/SP, Rel. Min. MARCO AURÉLIO - RE 505.536/DF, Rel. Min. DIAS TOFFOLI, v.g.). O exame da presente causa evidencia que o acórdão impugnado em sede recursal extraordinária diverge da diretriz jurisprudencial que esta Suprema Corte firmou na análise da matéria em referência. Sendo assim, e tendo em consideração as razões expostas, conheço do presente agravo, para dar parcial provimento ao recurso extraordinário a que ele se refere, em ordem a determinar sejam observados os estritos limites fixados no julgamento plenário do MI 721/DF, invertidos, neste específico ponto, os ônus da sucumbência. Publique-se. Brasília, 26 de setembro de 2012. Ministro CELSO DE MELLO Relator.

    FONTE: STF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu qro mudanças mesmo...nosso representante dep samuel n resolve nada...a escala ruim do getam e ele nada...ele ja fike sabendo q meu voto ele n tem mais,,,,dos nomes q eu vejo ainda prefiro o cel barros...pelo menos trata bem a gente q é praça...

      Excluir
    2. amigo a escala tá ruim prá todo mundo vá se arrombar vc com seu Getam de merda.

      Excluir
  16. EITA POLICIA MILITAR DESMORALIZADA ESSA DE SERGIPE !
    Ô POLICIAZINHA FULEIRA ESSA DA QUAL EU FAÇO PARTE !

    HOJE, DIA 21 DE NOVEMBRO, O CPMC MANDOU POR E-MAIL A ESCALA VAZADA DO PRE-CAJU PARA AS COMPANHIAS. PAREÇE BRINCADEIRA , MAS É A MAIS PURA VERDADE.
    ALGUÉM TEM DÚVIDA QUE ESSE TAL DE PRÉ-CAJU É O EVENTO DO ESTADO MAIS IMPORTANTE PARA A POLICIA MILITAR ?
    ALGUÉM TEM DÚVIDA QUE O ATUAL COMANDO É O MAIS ATRELADO AOS DONOS DO PRÉ-CAJU (FABIANO OLIVEIRA E FAMÍLIA) ?
    ESPERO QUE MAIS UMA VEZ A TROPA MOSTRE QUE NÃO SE RENDE E NÃO SE VENDE.
    O PRÉ-BAHIA VAI SER DE 17 A 20 DE JANEIRO, PORTANTO CAROS MANOS JÁ VÃO DESENROLANDO ATESTADOS COM OS AMIGOS MÉDICOS PARA ESSE PERÍODO.
    E SE DEDINHA FICAR COM RAIVA, ELE QUE MORRA. O ÓDIO QUE ELE TEM AOS PM's É RECÍPROCO PORQUE NÓS TAMBÉM ODIAMOS ELE !!!
    A PM É MAIOR DO QUE TODOS ESSES PILANTRAS.
    NÃO AO PRÉ-CAJU !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou doar sangue dia 17 para meu bisavô, deda, quero ver ele curtir pre caju esse ano,

      Excluir
    2. QUEM TIVER ESSA ESCALA VAZADA DO BONECO DE OLINDA POSTA AI O LINK,,,,,

      PS. PRE-BAHIA ME AGUARDE QUE EU ESTOU CHEGANDO PARA ESCALA EXTRA AGORA SENTA NUMA CADEIRA BEM CONFORTÁVEL VIU...KKKKKK

      Excluir
  17. fora yunes,peça pra sair 01,peça pra sair...

    ResponderExcluir
  18. O pior é que tem PM que não vai trabalhar mas vai curtir essa porcaria de pre-caju.
    Vamos boicotar de qualquer maneira essa porra de pré-caju !

    NEM VOU TRABALHAR NEM VOU CURTIR !
    prefiro ficar em casa curtindo a familia e ouvindo Djavan, Jorge Vercilo, Ivan Lins.....

    ResponderExcluir
  19. UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ VERAO. O CAPITAO SAMUEL ELE NÃO É GOVERNADOR.ELE É UM DEPUTADO. A DEPUTADA ANA LUCIA QUE É DO PT. NAO CONSEGUIU CONVENCER O GOVERNO. IMAGINE SAMUEL.DEVEMOS TER CALMA. E MARCAR UMA REUNIAO. PARA TRATAR DESSES ASSUNTOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O CAP SAMUEL NÃO FEZ PORRA NENHUMA, ESTÁ SABENDO E VENDO TUDO O QUE ESTÁ ACONTECENDO, E FICA CALADINHO SÓ VÇ QUE NÃO VÊ, O CARA É SINICO MAS VOU DIZER UMA COISA MEU VOTO ELE NÃO TEM MAIS NUNCA. O CEL JACSON ESTÁ MASSACRANDO À TROPA E VENDENDO O POLICIAMENTO CADE ESTES PROMOTORES RIDICULOS PARA DA 6° VARA PARA INVESTIGAR, POR ISSO PRAÇAS VAMOS DEIXAR À MERDA AGARRAR; SÓ VISTAS GROSSAS. GETAM EM GREVE BRANCA.

      Excluir
  20. Iunes pelo amor de Deus tire o cap Geovanio da CPTUR! Se vai tudo pro fundo do poço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pense que vem coisa boa sai GEO e vem Brandão,jorge Cirilo....são todos farinha do mesmo saco...não adianta gritar,chorar...a polícia é uma empresa falida,devido a grande desmotivação da maioria da tropa que é cabo e soldados,tem soldados de 18 anos,a turma de 1998 que até hoje a mais intelectualizada pois só entrou universitário,boa parte se não a totalidade tem nível superior,foi justamente nesse período que acabou o concurso interno...pois sabendo do nível da turma,tiraram essa oportunidade ...foi pensamentos e ideias atrasadas das associações da época,que pensou no imediatismo,agora não existe ascensão na carreira de praças...porque passa 18 anos para ser cabo não é ascensão porra nenhuma é roubo,o estado esta nos roubando dinheiro e sonhos,pois é com o dinheiro que nos permite realização de sonhos...a lei de fixação de efetivo deve ser primordial nos últimos anos...do jeito que esta ninguém que ficar,a maioria quer estudar para sair...

      Excluir
    2. Se observarmos atentamente, nós temos alguns bons oficiais é no interior, eu conheço uns quatro que foram jogados no interior por terem uma postura digna e de respeito pelos subordinados, em favor do policiamento adequado a suas cias e que respeitam os praças, que por isso contrariaram seus superiores e foram jogados no interior. Observe direitinho se não é sempre assim, só permanecem na capital, (alguns são bons e fazem por merecer), mas tem um grupo deles que são os mesmos que baixam a cabeça pra todo mundo, Geovanio, Brandão, Jorge,Denner..., um bando de cagão. É preciso renovar a capital. Sem falar que tem um monte deles que não saem nunca dos gabinetes.

      Excluir
  21. ATENÇÃO TODAS AS COMPANHIAS DA CAPITAL E REGIAO METROPOLITANA:

    VEM AÍ O PCSANTA: PRIMEIRO COMANDO DO SANTA MARIA:
    MIÇÃO:
    1 MATA POLIÇAS,
    2. ROBÁ CELULAR DAS MULHER
    3. TOMAR CAÇACHA!

    O PRIMEIRO VAI SER CAPETAO GIOVANHO DA ORLA!
    CUIDADO MEU GOVEM!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que babaca! Vem cá, faz comigo... Idiota!

      Excluir
    2. vá tomar no cú analfabeto primeiro a morrer vai ser sua mãe.

      Excluir
    3. Cavaleiro do inverno23 de novembro de 2012 17:27

      Minha mão ta coçando pra passar rodo em alguns babacas daqui, comigo não tem negocio de prender não, vou passar o aço, é só neguim encostar no PM, vai sonhando fdp.

      Excluir
  22. Mas esse comandante do GETAM é a besta fera de malicioso e falso, diz que é dos praças sua atenção , mas não passa de hipócrita burro e medroso, que vive falando mal do cel jackson e dos praças FDP, a vida vai lhe ensinar o queé bom p/ tosse eo cel jackson vá tomar no cú viado corrupto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fic fazendo média com os praça e com o comando, tarado, corrupto, falso profeta do caralho, olocou os domingos dizendo que foi o cpmc, enquanto isso os praças vão se fudendo, volta beiço.

      Excluir
    2. POLICIAIS DO GETAM NÃO VAMOS CAIR NA CONVERSA DE JORGE ELE ESTÁ SE ARTICULANDO COM O CEL JACSON, ATÉ MANDOU UM PAU MANDADO DELE O TEN DA PAZ PARA APERTAR A TROPA, MAIS VOU DIZER LOGO NÃO ADIANTA; NÃO VAMOS FAZER NADA É MELHOR VÇS DO COMANDO MUDAR LOGO ESSE CMT DO GETAM, MULTA NÃO VAMOS MAIS FAZER, ROPS NENHUM, SÓ OS BABA OVOS SGTS FAGUNDES E ISSAC QUE FICAM TRABALHANDO. QUANDO GILMAR VOLTAR TEM QUE FAZER UMA LIMPEZA NESTE GRUPAMENTO. FORA TARADO DESMORALIZADO.

      Excluir
    3. TÔ FICANDO ANTIGO E NÃO BESTA22 de novembro de 2012 07:14

      MAS ELE DEU UM BRASSAL BONITO E DISSE NO PROGRAMA BARESTA QUE ISSO AUMENTA A AUTOESTIMA E VONTADE DE TRABALHAR, EU PREFIRO DINHEIRO NO BOLSO QUE ESSAS BOSTAS NA MINHA FARDA.

      Excluir
  23. Mano, parabéns pela articulação do texto. Disse a verdade toda da polícia e por este é que você foi colocado pra escanteio na polícia. Mas, um dia seu dia chegará.

    Obrigado por mobilizar a tropa em torno de um ideal e espero que as novas gerações mudem esse c^`ancer que hoje se chama PMSE nas mãos desses R2 que trabalham para a segurança privada patrocinando a insegurança pública

    ResponderExcluir
  24. Vivenciamos tempos sombrios na justiça militar estadual que parece mais funcionar como tribunal de exceção ou santo ofício levando à fogueira inocente pelas mais aterrorizantes justificativas .

    Falar a verdade, doar sangue, pleitear pacificamente melhorias trabalhistas, obedecer à lei e ajustes legais são alguns dos motivos que estão levando ao banco dos réus pais e mães de família inocentes.

    Um verdadeiro circo de horrores promovido por uma magistrada, que carinhosamente é chamada de juíza do ofício, e dois promotores de justiça sem o menor senso humanitário que interpretam a lei ao bel-prazer ignorando o que protege e criando entendimentos macabros para justificar uma nefasta perseguição.

    Nunca duvidei da real possibilidade dessa magistrada acatar essas denúncias artificiais, mas como portador de sentimentos acreditei em vão na pequena possibilidade de ela, a juíza, surpreender positivamente. Ledo engano!

    Como se não bastasse os dois promotores militares , ainda vem a querida juíza do ofício citar uma doutrina para justificar a denúncia contra a doação de sangue, por exemplo. Agora, vejam que tentativa de enganar e se enganar, pois existe uma lei vigente sobre o tema, mas ela (a juíza) sobrepõe a lei com uma correte doutrinária.
    Alguém nesse Brasil já doou sangue baseado na doutrina e/ou na jurisprudência? Eu não sabia que antes de doar sangue deveria fazer uma árdua pesquisa sobre a doutrina. Então, pra quê a lei? Ela já foi anulada judicialmente? A doutrina de Deus sabe lá quem foi realmente citada em que contexto?

    Por falta de nada tinham que se apegar ao alguma coisa. Mas, a vida é o maior bem tutelado pelo estado e por isso existem políticas públicas de saúde e incentivo a doação de sangue e órgãos, bem como em nenhum momento se diz: “ Com exceção de ou quando”. Se estiver apto pode fazer, sim.
    Doação de sangue faz parte do contexto da segurança pública também e nosso comandante recebe um bom JETON para incentivar a doação de sangue dos policiais militares.

    A vida em risco tem prioridade em ser socorrida, afinal os hemofílicos, leucêmicos, acidentados, operados e outros precisam deste socorro todos os dias, tanto que os estoques de os hemocentros baixam rapidamente.

    Como se não bastasse ainda na denúncia acatada pela querida juíza do ofício, tentam fugir do TAC firmado no próprio Ministério Público de Sergipe e o citam em apenas e tão somente apenas em uma linha. Logo após estabelecem regras para regulamentar o TAC numa tentativa clara de homicídio ao principio de que a administração deve publicar seus atos para conhecimento dos colaboradores, funcionários, comandados, etc. Em resumo está no Art 37 da constituição federal, bem como citado por Ely Lopes Meireles, jurista brasileiro, que é largamente reconhecido como um dos principais doutrinadores do Direito Administrativo.

    Mas, disso eles fogem. Aí ninguém cita a doutrina, nem mesmo a Meritíssima Senhora Doutora Juíza do Ofício se arrisca embarafustar por esses caminhos. A verdade machuca seus inimigos. Afinal, para quem não tem provas é melhor inverter o ônus, mas isso só é possível neste tribunal de exceção.

    Todos estavam de folga (os doadores, os que se basearam no TAC) pois não foram voluntários, bem como não houve solução de continuidade, pois nosso competente ex-comandante geral Galego declarou várias vezes na imprensa que o policiamento estava normal e garantido (atenção associações aproveitem essa dica e joguem o mesmo jogo ).
    Abraços aos meus colegas e confiem que essa perseguição não vingará.

    Praça Amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VALEU PELO TEXTO, MUITO BEM, FALOU TUDO, E COM CERTEZA ESSE PROCESSO JÁ NASCEU MORTO.

      Excluir
    2. BGO 20/2012

      b) TRANSCRIÇÃO DE OFÍCIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE JUÍZO DE DIREITO DA 6ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE ARACAJU

      Ofício nº 006/2012-GJ

      Aracaju, 30 de janeiro de 2012

      Senhor Comandante,


      Solicito a Vossa Excelência, no prazo de 05 (cinco) dias, o encaminhamento a este Juízo da relação de todos os policiais militares que estavam escalados e não compareceram ao evento denominado “Pré-Caju”, bem como as suas justificativas para a ausência.

      Atenciosamente,

      J N G M Juíza Militar Substituta

      Ao Senhor A R R Comante-Geral da PMSE

      Quartel do Comando-Geral da PMSE N/CAPITAL

      Em consequência, o Sr. Chefe do EMG adote as providências necessárias ao atendimento da ordem judicial, no prazo estabelecido pela MM. Juíza de Direito da 6ª Vara Criminal de Aracaju.

      Excluir
  25. Além de todas as adversidades que se enfrenta na PMSE ainda temos que conviver com essa discriminação na SSP, enquanto a outra polícia recebe 400% de aumento a PM recebe 1/4 disso; enquanto são colocados GPS na viatura da PM a outra policia anda e passeia a torto e a direita (não sou contra a fiscalização, mas que seja para todos);enquanto a outra polícia recebe gordas diárias recebemos uma esmola para ficar 12 horas ou mais embaixo de um trio elétrico. São essas divergências que fazem além de todo o resto o PM ficar desmotivado. Nada tenho contra o salário da PC mas pelo trabalho desenvolvido deveríamos ser muito mais valorizados e isso é uma coisa simples de perceber. Mas como já disse um sábio Cel de polícia "isso é questão de concurso" realmente deve ser mesmo e fizemos concurso pra polícia errada, lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ENTÃO FAÇA QUE NEM EU... NÃO FAÇA NADA!

      Excluir
    2. Nosso problema não é a PC são sim nossos oficiais, em especial, os coronéis.

      Acorda barnabés!!

      Excluir
  26. Texto bom, porém um tanto prolixo!!!

    ResponderExcluir
  27. Vem aí a nova credencial da PM, Muitos idiotas estão doidos pra trocar as suas, eu particularmente prefiro como a PC, carteira feia mas com dinheiro no bolso.
    mete essa porra no c. iunes.

    ResponderExcluir
  28. EM SP MATAM PMS, EM SC QUEIMAM ÔNIBUS, JÁ EM SERGIPE TEM O PRÉ-BAHIA VULGO PRÉ-CAJU:

    Enquanto por causa das mortes de policias em SP e a queima de ônibus em SC, os dois governos suspenderão férias e mudarão as escalas, numa caracterização de Estado de Emergência. AQUI EM SERGIPE DEL REY, QUEREM QUE OS PMS JÁ BASTANTE ATAREFADOS E COM CONTIGENTE REDUZIDO, TRABALHEM NO SEU DIA FOLGA, SOMENTE PARA FAVORECER UM EVENTO PRIVADO DO FABIANO.

    Será que o Pré-caju é um evento prescrito na Lei com necessário a decretação de Estado de Emergência? OS PROMOTORES DA AUDITORIA MILITAR ACHAM QUE SIM, dar segurança ao povo, NÃO, mas garantir festas e obedecer aos demandos do governo de plantão, SIM.


    DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU, POR UMA SEGURANÇA DE VERDADE.
    DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU, POR UMA SEGURANÇA PARA TODOS.
    DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU, POR UMA SEGURANÇA O POVO DE SERGIPE.
    DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU, POR UMA SEGURANÇA NO INTERIOR.
    DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU, POR UMA SEGURANÇA COM DIGNIDADE PARA OS PMS.

    EU NÃO VOU!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que faz tudo por um camarote vitalício e uma pequeno cabide de emprego no estado.

      Excluir
  29. GALERA NÃO VAMOS TRABALHAR NO PRÉ BAHIA NÃO. VAMOS APOIAR E DAR FORÇA AOS NOSSO COLEGAS QUE ESTÃO SENDO PROCESSADOS POR TER DOADO SANGUE, VAMOS MOSTRA QUE SOMOS UNIDOS E VAMOS TODOS ENTRAR COM DOCUMENTO INFORMANDO QUE NÃO SOMOS VOLUNTÁRIOS A TRABALHAR NO PRÉ CAJU, OS PROPIOS PROMOTORES ARQUIVARAM OS PROCESSOS DOS MILITARES QUE ENTRARAM COM ESSE DOCUMENTO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, aquelas regras não existem e foram inventadas por eles com o propósito de desqualificar o TAC que também ampara os colegas. Aquilo é inversão do ônus da prova.É justamente isso que será usado, também, na defesa dos colegas. Se vc requerer não ser voluntário estará prejudicando os colegas. Ninguém requer não ser voluntário. Eles que devem apresentar BGO ou DOE que publicou essas regras e a lista de voluntários. Abra os olhos, mas sei que teve uma boa intenção.

      Excluir
    2. OBRIGADO AMIGO VC TEM RAZÃO É ISSO MESMO QUE VC DIZ. VALEU.

      Excluir
  30. eu já vi a escala no dia 18 tô de 24hs e dia 20 no domingo no pré-cajú, é foda.

    ResponderExcluir
  31. Ei como no pré caju deste ano que não trabalhei, pois esfreguei um atestado na cara do desmoralizado do Cel GALINHA RESENDE, no próximo ano não irei trabalhar, agora vou esfregar outro atestado na cara do Cel MERCENÁRIO PALITO!!!! TENHA VERGONHA E DIGNIDADE E DIGA NÃO AO PRÉ CAJU!!!!!

    ResponderExcluir
  32. Quem será que realmente ganha com o Pré Caju???? Uma coisa é certa, nós militares é que não somos, na verdade só PERDEMOS!!! Perdemos nossa folga, perdemos dignidade, perdemos respeito e perdemos valorização, enfim, alguém ganha muito com o bregaju. Quanto a nós militares só perdemos!!!!

    ResponderExcluir
  33. SEI QUE VAI TER GENTE Q VAI TRABALHAR NESSE PRÉ BAHIA, SÓ SEI QUE ESSE ALGUÉM NÃO SERÁ EU, NÃO TRABALHO EM ESCALA EXTRA.

    ResponderExcluir
  34. BGO 20/2012

    b) TRANSCRIÇÃO DE OFÍCIO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE SERGIPE JUÍZO DE DIREITO DA 6ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE ARACAJU

    Ofício nº 006/2012-GJ

    Aracaju, 30 de janeiro de 2012

    Senhor Comandante,


    Solicito a Vossa Excelência, no prazo de 05 (cinco) dias, o encaminhamento a este Juízo da relação de todos os policiais militares que estavam escalados e não compareceram ao evento denominado “Pré-Caju”, bem como as suas justificativas para a ausência.

    Atenciosamente,

    J N G M Juíza Militar Substituta

    Ao Senhor A R R Comante-Geral da PMSE

    Quartel do Comando-Geral da PMSE N/CAPITAL

    Em consequência, o Sr. Chefe do EMG adote as providências necessárias ao atendimento da ordem judicial, no prazo estabelecido pela MM. Juíza de Direito da 6ª Vara Criminal de Aracaju.

    ResponderExcluir
  35. Barbosa critica critério de promoção de juízes
    Por Rafael Baliardo e Rodrigo Haidar

    “Nada justifica, a meu sentir, a pouco edificante busca de apoio para uma singela promoção de juiz de primeiro ou segundo grau. O juiz, bem como os membros de outras carreiras importantes do Estado, deve saber de antemão quais são suas reais perspectivas de progressão. E não buscar obtê-las por meio da aproximação ao poder político dominante no momento.”

    A crítica aos critérios de ascensão de juízes foi feita pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, nesta quinta-feira (22/11), em sua posse na Presidência da Corte. Para Barbosa, é preciso reforçar a independência do juiz e afastá-lo “desde o ingresso na carreira, das múltiplas e nocivas influências que podem, paulatinamente, minar-lhe a independência”.

    O presidente do STF disse que as más influências podem se manifestar tanto a partir da própria hierarquia interna a que o jovem juiz se vê submetido quanto dos laços políticos de que pode se tornar devedor “na natural e humana busca por ascensão pessoal e profissional”.

    A crítica aos critérios de promoção de magistrados foi feita em um discurso curto, de 15 minutos, em uma posse recheada de estrelas. Passaram pelo Supremo personalidades como Milton Gonçalves, Romário, Lázaro Ramos, Lucélia Santos, Martinho da Vila, Regina Casé, Djavan, Hamilton de Holanda, entre outros. A cerimônia também foi acompanhada pela presidente Dilma Rousseff e por autoridades do alto escalão da República.

    POIS BEM, NA ÚLTIMA REUNIÃO DE OFICIAIS O SENHOR CORONEL IUNES PERGUNTOU AOS PRESENTES QUE HAVERIA A PERSPECTIVA DA PROMOÇÃO AO POSTO DE MAJOR PASSAR DA PROPORÇÃO DE 1/3 POR MERECIMENTO PARA 2/3. PARTE DO OFICIALATO ALEGOU QUE OS CRITÉRIOS UTILIZADOS HISTORICAMENTE NA PM FORAM SEMPRE OS POLÍTICOS E QUE MUITOS OFICIAIS SERIAM PREJUDICADOS PELA CAPOTAGEM QUE PODERIA ACONTECER, COMO ACONTECEU EM 2006.

    O CEL IUNES DISSE QUE A PERSPECTIVA SERIA A DA CRIAÇÃO DE CRITÉRIOS OBJETIVOS PARA ESTA PROMOÇÃO, COMO POR EXEMPLO A PRODUTIVIDADE. PURA BALELA, ISSO É APENAS UM PROJETO PARA PROMOVER OS QUE LHE ESTÃO PRÓXIMOS.

    CAPITÃES, UNI-VOS PARA NÃO TOMAR MAIS UM CAPOTE, ESPECIALMENTE MEU AMIGO CAPITÃO LEANDRO.

    O CONTRASENSO DA REUNIÃO OCORREU QUANDO PERGUNTOU-SE SE HAVERIA PROMOÇÃO DE OFICIAIS PARA DEZEMBRO, E O PRÓPRIO IUNES MANDOU QUE OS CANDIDATOS PROCURASSEM SEUS POLÍTICOS AMIGOS.

    DAÍ VOCÊS JÁ TIRAM COMO SERIA "TÉCNICO" ESTE CRITÉRIO DE PROMOÇÃO POR MERECIMENTO.

    ATÉ PARECE QUE IUNES NÃO VEM APRENDENDO NADA DE GESTÃO PÚBLICA MODERNA E DE SATISFAÇÃO DE SUA TROPA. JÁ ESTÁ MAL QUISTO PELA TROPA E PERDIDO. PROVA DISSO É O GETAM, E AS ESPECIALIZADAS QUE ESTÃO CAGANDO E ANDANDO PRO SERVIÇO.

    QUEREMOS UM COMANDANTE DE VERDADE.

    COM A PALAVRA O CAP SAMUEL, SGT VIEIRA EDGAR E MAJ ADRIANO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SR: CORONEL a nossa Policia mudou, não queremos repetir os mesmos absurdos do passado não, tenha vergonha nessa cara, eu entrei aqui por concurso e não aceito esse tipo de promoção esdruxula e maliciosa não. A minha promoção tem que ser digna se não pra que me serviria. Prefiro a honra e o respeito dos meus subordinados de que meu nome jogado na lama, se respeite cabra Sergipe é terra de guerreiros.

      Excluir
    2. Outra perola da reunião foi dizer que achavam que ele era burro (deixaram de achar?). Particularmente eu o acho é muito ESPERTO!

      Excluir
    3. Sem contar que liberou os cmt de cias a fazer pidanças nas prefeituras, um absurdo, eu que não peço.

      Excluir
  36. Atenção Vieira, Edgar e Ildomário, fiquem atentos com essa onda de PCC em Aracaju. Há planos secretos para eliminarem policiais que viraram pedra no sapato dos grandolas e depois jogarem na conta do PCC. PMs que trabalham honestamente fiquem ligados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mataram o ten da Corregedoria de SP e botaram na conta do PCC.

      Excluir
  37. Queremos um comandante de verdade e não de falsa verdade, como ele disse procurem seus padrinhos políticos que vergonha coronel R/2 Iunes.

    ResponderExcluir
  38. Insegurança pública esse e a responsabilidade do comando Iunes, tudo pelo particular, "BICO COM EMPRESAS DE SEGURANÇA", esse e o lema do comando geral.

    ResponderExcluir
  39. PEDI PRA SAIR CEL. IUNES, VAI PARA SEU LUGAR QUE E O INFERNO.

    ResponderExcluir
  40. JÁ ESTAMOS NO FINAL DE NOVEMBRO, A NOSSA CARGA HORÁRIA ESCONDERAM NA CASA CÍVIL, ONDE VAMOS PARAR? CARGA HORÁRIA, TICKET REFEIÇÃO, LOB, LEI DE FIXAÇÃO, NÍVEL SUPERIOR, ADICIONAL NOTURNO, 1/3 de REMUNERAÇÃO, PROMOÇÕES. MAJOR ADRIANO O SR. ESTAR PREOCUPANO COM SUA PROMOÇÃO E ESQUECEU DA TURMA. VAMOS A VITÓRIA.

    ResponderExcluir
  41. CORONEL PALITO ////////// TENHA VERGONHA E DIGUINIDADE E DIGA NÃO AO PRÉ-CAJU//////, VOCE ESTEVE COM NOSCO LUTANDO COM AS ASSOCIAÇÕS, E AGORA MUDOU O LADO DA MOEDA E AI, COMO FICA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tá é muito desinformado ele esteve a frente da apreensão de computadores das associações dentre outras ações típicas da ditadura militar como grampos telefonicos, etc. Isso é lutar com as associações?

      Excluir
  42. Com a palvra o Cap Samuel e o Maj Adriano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ESSES DOIS SÃO DOIS CAFAJESTES

      Excluir
  43. Tem um soldado safado do 1bpm ali daquela regiao do jardins que quer se herói, um fuleiro... ele vai ver só... FULEIRO...

    ResponderExcluir
  44. O GOVERNO ACABA DE ANUNCIAR QUE ESSE MÊS NÃO PAGA GRATIFICAÇÕES, 1/3 DE FÉRIAS, COMPLEMENTO DO REAJUSTE, VCS IMAGINEM A GRAE DO PRÉ-CAJU.

    ResponderExcluir
  45. TAMBÉM ESTOU PREOCUPADO COM PCC, MAS ESTOU MAIS AINDA COM O MEU TCC!!!!
    KKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  46. Sex, 23 de Novembro de 2012 12:45
    Comunicado sobre a folha de pagamento
    A Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG) comunica que a folha de pagamento dos servidores públicos do Poder Executivo Estadual referente ao mês de novembro corrente, cujo pagamento se dará nos dias 27 a 30 de novembro próximo, foi processada com a exclusão de algumas rubricas salariais de caráter extraordinário, como a parcela de diferenças de reposição salariais, os adiantamentos de férias ou gratificações especiais, e a parcela de adiantamento do décimo-terceiro relativa ao mês de novembro.

    Todas essas rubricas comporão folha salarial suplementar, cujo pagamento se dará no dia 10 de dezembro de 2012. Com essa medida, o Governo assegura o pagamento integral da todo os servidores da folha ordinária do mês de novembro, cumprindo o calendário de pagamentos, e compatibiliza o volume adicional de despesas de pessoal previstas às receitas oriundas do Fundo de Participação de Estados. FONTE: SEPLAG-SE

    ESSA É A PROVA INCONTESTE QUE ESSE GOVERNO LADRÃO, CORRUPTO, INCOMPETENTE E VAGABUNDO REALMENTE QUEBROU O ESTADO!!!! MARCELO DEDA CHEFE DA QUADRILHA JUNTAMENTE COM SEUS COMPARSAS, DEVERIA SE PRESO E PAGAR CARO POR TER DESTRUÍDO E ESTADO DE SERGIPE!!! PT = PARTIDO DE TRAPASSEIROS LADRÕES!!!! IMAGINEM SE VÃO PAGAR A GRATIFICAÇÃO ESMOLA DO PRÉ-CAJU!!!!

    ResponderExcluir
  47. Publicado em: 23/11/2012 14:00:20
    SEM SEGURANÇA, BANDIDOS ASSALTAM MAIS UMA AGÊNCIA DO BANESE EM ARACAJU

    Com o numero reduzido de policiais militares fazendo o policiamento ostensivo, os marginais começam a agir com muita tranqüilidade em todo estado de Sergipe. Várias agencias do BANESE se tornaram alvo dos assaltantes. A redução diária de policiais disponiveis para o trabalho, facilita a ação dos marginais.

    No inicio da tarde desta sexta-feira (23), mais uma agencia do Banese foi assaltada em Aracaju. As primeiras informações são de que três homens fortemente armados invadiram a agencia localizada na avenida Simeão Sobral, renderam o vigilante e efetuaram o assalto. Em seguida os elementos fugiram tomando rumo ignorado. A arma do vigilante foi levada pelos assaltantes.

    A policia foi acionada e saiu em busca dos elementos. Até o momento nenhum assaltante foi preso. Não se sabe até o momento o valor levado pelos bandidos.

    Mais ações de marginais - Na tarde desta quinta-feira, um idoso foi vitima da ação de marginais que tentaram matá-lo para roubar um motor de barco. A policia tambem foi acionada mas não conseguiu prender os elementos.

    Na madrugada de hoje, uma Ótica foi arrombada e assaltada a poucos metros do QCG e da DAGV. O proprietário da loja acabou amargando um grande prejuizo. Ja no periodo da tarde, um jovem de apenas 26 anos foi executado a tiros no municipio de Campo do Brito.

    Na quarta-feira (21), uma tentativa de assalto terminou com a morte de um vigilante no município de Salgado

    O vigilante Wagner dos Santos Chagas, 25 anos, foi alvejado por um homem que tentou assaltar a agência do BANESE do município de Salgado. Nesse caso a policia conseguiu prender os três elementos que participaram da execução do vigilante. FONTE: FAXAJU

    ResponderExcluir
  48. SIMPLESMENTE O CAOS SE INSTALOU DE VEZ NA SEGURANÇA PÚBLICA DE SERGIPE E AINDA TEMOS QUE VÊR ESSE MAÇONI CARA DE CAVALO DO GOVERNADOR SÓ PENSAR EM EMPRÉSTIMO, O OBJETIVO DELE É TER MAIS DINHEIRO PARA EMBOLSAR E O POVO QUE SE LASQUE!!!!!

    ResponderExcluir
  49. eu quero meu terço de ferias ou vou fazer um panelaço na porta de dedinha

    ResponderExcluir
  50. 23/11/12 | 12:48h
    Site da Veja expõe o aumento da criminalidade em Sergipe para o mundo
    Com 4,1 milhões de acessos, blog de Reinado Azevedo mostra crescimento de 11,74%


    Por Joedson Telles
    Hospedado no site da Veja, o blog do jornalista Reinaldo Azevedo, que sozinho computou 4,1 milhões de acessos, no mês passado, acaba de expôs o estado de Sergipe negativamente para o mundo todo. Num comentário com o título “A acelerada produção de cadáveres nos estados governados pelo PT. E o silêncio e o proselitismo cúmplices do jornalismo companheiro”, o jornalista comenta a situação da Segurança Pública vários em estados brasileiros, e aponta um crescimento de 11,74% da criminalidade em Sergipe na gestão do governador do PT, Marcelo Déda.

    “Ah, mas existe Sergipe, onde o PT é poder desde 2007! Quem sabe os petistas tenham reservado toda a sua competência no combate à violência de Sergipe! Em 2006, ultimo ano do governo não-petista, a taxa já era alta: 29,8 por 100 mil. Em 2007, teve-se a impressão de algo de bom poderia estar em curso na área: a taxa caiu um pouco; foi para 25,9. Engano! De 2008 a 2010, foram estes os números: 25,9; 28,7; 32,6 e 33,3 — aumento de 11,74%. O Anuário Brasileiro de Segurança Pública traz o número de 2011: 33,9! E olhem que eles são considerados de “baixa qualidade”. Vale dizer: pode haver subnotificação”, escreve Reinaldo Azevedo.

    Da redação Universo Político.com
    Com informações do Blog de Reinaldo Azevedo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto isso esse governador só pensa no dinheiro do PROEMBOLSA.

      Excluir
  51. REPRESÁLIA. Vítima ajudava em investigações sobre tráfico de drogas

    Militar é executado diante da mulher

    Por: PATRÍCIA BASTOS - REPÓRTER


    Arapiraca – Dois policiais militares e um policial civil de Coruripe correm o risco de serem assassinados por traficantes. A informação de que haveria uma lista de nomes de policiais marcados para morrer no município surgiu após a morte do policial militar aposentado José Lima da Silva, 55, mais conhecido como cabo Lima, ocorrida na manhã de ontem no Pontal do Coruripe.

    “Nós temos fortes suspeitas de que o crime foi uma represália à colaboração do militar reformado, que estava ajudando a polícia nas investigações sobre o tráfico de drogas no município, como informante. Agora sabemos que outros três colegas, dois militares e um civil, também estão marcados para morrer”, afirmou o chefe de cartório da delegacia de Coruripe, Enilson Júnior.

    José Lima foi executado com pelo menos seis tiros, por volta das 7h de ontem, na calçada de casa, no povoado Pontal do Coruripe. Ele havia acabado de retornar de uma caminhada matinal e estava junto da esposa quando o crime aconteceu. Ele chegou a ser socorrido para um hospital na zona urbana em Coruripe, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió.
    Fonte Gazeta de Alagoas

    ResponderExcluir
  52. Tem algo errado nisso tudo com relação a todos esses assaltos as agências bancárias, não e só a redução do efetivo não. desde á entranda da atual gestão do novo comando, exatamente 04 agências do BB e uma do Bradesco e vpcêis não vão acreditar, mas acreditem foram até hojé 18 agências e pontos baneses assaltados, desde Aracaju, Socorro, Itabaianinha, Riachão do Dantas, Gararu, Boquin, Salgado, Carmopolis, Ribeiropolis, Aparecida, dentre outros munícipios em Aracaju os bairros visitados foram os seguintes: Augusto Franco duas veses, Santos Dumont duas veses, 18 do Forte duas veses, Jardins duas veses, Orlando Gomes, Centro da Cidade, essa insegurança interresa á quem.

    ResponderExcluir
  53. Eu estou preocupado e com a segurança dos nossos familiares.

    ResponderExcluir
  54. Enquanto isso o comandante se preocupa e com a suas empresas. OK.

    ResponderExcluir
  55. E ainda tem gente querendo e pensando na GRAE do PRÈ-CAJU, eu não vou dar esse apoio aos barnabés Iunes e Luiz Fernando e Jacson. Que se fodam. KKKKKKKKKKK. Porra de GRAE.

    ResponderExcluir
  56. Muito boa lenbrança, você esqueceu dos roubos e sequidos de roubos da armas dos vigilantes das agências dos correios que foram não diria visitadas mas sim, amedrontadas, e há poucos instantes , amedrontaram mais uma no interior do nosso estado, em Areia Branca, e novamente levaram a sua arma, que estava em sua posse, digo nas cidades de Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Itabaiana e Areia Branca.

    ResponderExcluir
  57. É IUNES, A COISA NÃO ESTÁ MUITO FAVORÁVEL À VOCÊ. ALÉM DAS ESTATÍSTICAS COMPROVAREM O QUE JÁ SABEMOS SOBRE A INSEGURANÇA EM NOSSO ESTADO DEIXANDO O GOVERNO SEM ALTERNATIVAS A NÃO SER TE DAR UM PÉ NA BUNDA, OS BARNABÉS JÁ ESTÃO SE MOVIMENTANDO PRA BOICOTAR O PRÉ-CAJÚ NOVAMENTE. SUA BATATA TÁ MAIS QUE ASSADA!!!

    ResponderExcluir
  58. Publicado em: 23/11/2012 15:33:28
    “SEGURANÇA”DE SERGIPE É DESTAQUE NACIONAL

    A falta de segurança para a população sergipana, começa a ganhar espaço na imprensa nacional. Diariamente, jornalista sergipanos fazem denuncias sobre a falta de policiamento nas ruas para fazer o policiamento ostensivo. Mas nada acontece.

    Esta semana, um jornalista que escreve uma coluna em uma revista de circulação nacional, destacou o índice crescente de criminalidade de Sergipe.

    A policia militar do estado de Sergipe corre o risco de ser “extinta” por falta de um concurso público. A cada dia, o boletim ostensivo, que publica todas as decisões da corporação, traz o nome de dezenas de PMs que estão indo para a reserva (aposentadoria), e com isso, dos menos de quatro mil homens que haviam no inicio do ano, hoje não passa de três mil aptos ao trabalho.

    A seguir esse caminho, e não havendo concurso, a sua extinção é questão de tempo.

    Isso tem deixado o sergipano preocupado, principalmente no interior do estado, onde na maioria dos municípios, apenas um policial é responsável pela segurança de toda a cidade.

    As policias civil e militar tem mostrado muita competência no trabalho. Crimes são elucidados rapidamente, marginais são presos mais rápido ainda. O problema é que não há policiais suficiente para o trabalho. Essa responsabilidade não é do comando e nem do policial que está trabalhando, mas de uma gestão errada que não consegue ver que o número de homicídios e assaltos, tem crescido assustadoramente.

    A situação vai ficar ainda pior no final de ano, com as comemorações que se aproximam. E mais complicado vai ser durante o Pré-Caju. A informação passada à redação do FAXAJU no inicio da tarde desta sexta-feira, é que “a escala de trabalho dos policiais militares que irão trabalhar no Pré-Caju, já está pronta”, contou um policial militar.

    Ainda segundo ele, a escala estaria pronta e os PMs escalados, serão os mesmos que irão trabalhar os quatro dias.

    É esperar e conferir. Conferir principalmente se esses militares irão agüentar e se a população dos municípios do interior do estado também terão segurança.

    Munir Darrage

    ResponderExcluir
  59. o MEU ATESTADO TAMBEM ESTA PRONTINHO SO ESPERANDO!

    ResponderExcluir
  60. iunes, bota a união fazendo a segurança do pre bahia pois eu não vou ... bj fofa!

    ResponderExcluir
  61. Estamos sendo escravizados!! só abuso e o capitão Samuel onde está mesmo???

    ResponderExcluir
  62. EXTRA,EXTRA,A ESCALA DE SERVIÇO VAI MUDAR NO PRÉ CAJU PARA 1X3 E O SISTEMA VAI USAR O HOMEM NO SEGUNDO DIA .ISSO FOI ASSUNTO DA REUNIÃO DESSA SEMANA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E porque esses burros não dixam as guarnições com dois (como já está) homens em 1x3 e usa os que sobram nessa porra de pre cajú?

      Excluir
  63. Hoje a tarde no programa da FM Ilha alguns militares lotados na Cia fazendária já informavam que tomaram conhecimento da escala do Pré Caju e que os militares da referida Cia, irão entrar na extra do Pré Bahia no 1º dia de folga!!!! Ou seja, se tornar escravos para agradar o doente de corpo e de alma do governador e a família de Fabiano Oliveira!!!! CAROS MANOS DA CPFAZ OS SENHORES NÃO RECEBEM MAIS DIÁRIAS, POIS O GOVERNO ATRAVÉS DE JOÃO MALVADEZA ANDRADE AS CORTOU, E VCS FORAM OBRIGADOS QUANDO DE SERVIÇO FAZEREM SUAS REFEIÇÕES NAS CIAS MAIS PRÓXIMAS DOS POSTOS FISCAIS, BEM COMO, NAS DELEGACIAS DO INTERIOR. PORTANTO, VAMOS TODOS JUNTOS DIZER NÃO A ESCRAVIDÃO E NÃO VAMOS DE FORMA NENHUMA ACEITAR A HUMILHAÇÃO DE TRABALHAR NA FOLGA PARA DEDA E SUA CORJA!!!!! NÃO A ESCALA EXTRA DO PRÉ BAHIA!!! JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!!!

    ResponderExcluir
  64. Vou empurrar um atestado nas fuças do cara de cavalo Marcelo Deda!!!!!KKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  65. Otimo texto, encaixa perfeito no nosso cotidiano policial, por isso a minha conclusão, de que quem sustenta a SEGURANÇA PUBLICA é a base das policias, não são gestores, não são comandantes, por rarissimas vezes recebi uma ordem de um superior que fosse adequada e direcionada ao policiamento da minha area de cobertura. Na imenssa maioria as ordens são para dar segurança a postos de combustiveis, estacionar em avenidas onde a elite passando de carro possa nos ver, em frente de escolas particulares, em restaurantes de amigos. Sempre estranhei porque não chegava uma ordem pra reforçar a segurança onde ocorre os crimes de fato? porque existe interesses particulares de quem ordena(com algumas excessões). O duro é ver uma parte daqueles que representam a justiça, fechar os olhos pra esse tipo de ação e querer massacrar os verdadeiros trabalhadores dessa policia, que são forçados a ir trabalhar em eventos particulares, sem direito de recusa. O ministério publico precisa sim conhecer os absurdos que ocorrem dentro dos quarteis, não apenas buscar os policiais em conflito com a lei.

    ResponderExcluir
  66. EU TAMBÉM NÃO IREI TRABALHAR NO PRECAJU. QUEM QUISER Que SE FODA!

    ResponderExcluir
  67. O jeitinho é o verdadeiro câncer da PM, vamos por fim ao jeitinho. Sejamos verdadeiros profissionais,não daremos mais o jeitinho, somos homens ou ratos.

    ResponderExcluir
  68. PARA TITULO DE CONHECIMENTO; A AREA DE ATUAÇÃO DO GETAM É A SEGUINTE, 8°BPM O MOTO PATRULHAMENTO DO GETAM SE RESTRINGE DA COELHO CAMPOS ATÉ A 13 DE JULHO; 1°BPM COROA DO MEIO, ORLA, ZONA DE EXPANSÃO. E OS ASSALTOS COM MOTOS ESTÃO ACONTECENDO FORA DAS AREAS DE ATUAÇÃO DO GETAM. OS MALAS ESTÃO SABENDO QUEM SERÁ QUE ESTÁ AVISANDO A ELES. CEL JACSON VÇ É O RESPONSAVEL SEU PLANEJAMENTO RIDICULO É SÓ PARA OS RICOS, MAS A POPULAÇÃO VAI SABER QUEM É VÇ. OS PRAÇAS DO GETAM NÃO AGUENTA MAIS OS SGTS FAGUNDES E ISSAC SÃO OS BABÕES E VÃO PAGAR POR ISSO. VOLTA GILMAR.

    ResponderExcluir
  69. Atenção cuidado com as escutas, elas estão a solta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escutas e rastreadores clandestinos colocados nos mais diversos inimagináveis lugares.

      E, como protesto pela cobrança de estacionamento, deixemos de ir aos shopings que impõe a cobrança.

      Excluir
  70. È IUNES, SUA BATATA JÁ ESTA QUENTE A UM TEMPO, E O GOVERNADOR JÁ VAI DECIDIR O CERTOE O ESPERADO DE TODOS, A SUA SAÍDA URGENTE, SÃO MUITOS ROUBOS E ASSALTOS Á BANCOS, NUNCA FOI VISTO ESSE TIPO DE CRIME E DESMANDO EM SERGIPE, NO BANESE JÁ PERDERAM AS ESTATÍTICAS , SE NOS DO POVO SABEMOS FORAM 19 AGÊNCIAS E MAS PONTOS BANESE, NO BRADESCO E NO BANCO DO BRASIL, IUNES A QUEM INTERESSA A IMSEGURANÇA NO NOSSO ESTADO? QUAL O MAIOR INTERESSADO MEU CHEFE? A BATATA ESTA QUENTE, SE CONTAR COM O PRE- BAHIA, QUE OS AMIGUINHOS IRAM BOICOTAR, QUE COISA A BATATA E MUITO QUENTE.

    ResponderExcluir
  71. O Governador esta cagando e andando para o nosso cumando, dizia que em Outubro tudo estaria resolvido, e novamente nus enganou, já estamos terminando Novembro, é e nada de compromisso, com a família policial, ADICIONAL NOTURNO, CARGA HORÁRIA, LOB, LEI DE FIXAÇÃO, 1/3 de REMUNERAÇÃO, PROMOÇÕES, TICKET REFEIÇÃO, NÍVEL SUPERIOR.

    ResponderExcluir
  72. Tá quem e que não sabia, EU JÁ SABIA, EU E TODA A TORCIDA DO FLAMENGO. Cai fora Iunes.

    ResponderExcluir
  73. EU TAMBEM NÃO VOU TRABALHAR NO PRÈ-CAJU. QUEM QUISER Que SE FODA!

    ResponderExcluir
  74. enquanto isso o palito só pensa na união.

    ResponderExcluir
  75. Se quiserem seguranças solicite a União, se quiser lavar o seu carro venha lavar no Posto Briho Car em dois endereço,av. Pedro Valadades e o outro da rua de Vila cristina, agora se quizer almoçar e jantar bem venha no meu restaurante digo da minha propriedade já que sou sócio- proprietário Sal e Brasa na Avenida Ocêanica, estaremos fiscalizando tudo.

    ResponderExcluir
  76. Iunes boti a União e a Nordeste para trabalharem no pre-bahia, de acordo com a escala mais conveniente possível!

    ResponderExcluir
  77. Tomara que os deputados não aprovem o ENGANINVEST.

    Peço a Deus todos os dias que passem O MAIS RAPIDAMENTE os dias desta desgraça a que infelizmente temos que chamamos de GOVERNO. Ainda faltam cerca de dois anos para o fim.

    Conversa fiada, discurso furado, perseguição, cansaço, desânimo, sofrimento e agora BANCARROTA.
    ________________________________

    Gosto muito do program de George Magalhães, tenho por ele alta consideração pela ajuda que deu em favor dos policiais militares na lutas, mas sinceramente já estou mudando de emissora por não suportar a defesa intensa e permanente que vem fazendo em favor do Enganinvest.

    George, a persistir nestas ações irá perder audiência. Pode crer. Está cansando, batendo direto nesta tecla.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ELE JÁ ESTÁ COMPRADO, GEORGE COME NA MÃO DO GOVERNADOR, INFELIZMENTE.

      Excluir
    2. Pois e. So escutava ele todas as manhas. Mas se percebe que ele ja foi comprado pelo governo, q so fala a manha toda do embolsainvest. Nao achei q esse dia chegaria, mas como o apresentador da liberdade agora e agua com acucar e george e dedinha, to sendo forcado a escutar o o pinguim do gilmar carvalho...

      Excluir
  78. Para aqueles que querem atestado médico, façam o seguinte: vá na urgência do Ipes e antes de fazer a ficha vá ao banheiro e faça uns 20 polichinelos e depois se dirijam a recepção; qdo fizerem a ficha vão aferir a sua pressão que dará alterada; daí vcs apresentem para o médico os sintomas de pressão alta de que está sobe forte estresses; desta forma, ele receitará um captopril e depois ele abaixará e vc será liberado com um atestado médico, pois receberá um calmante; é evidente que vcs não voltarão pra curtir no pré-bahia. VaLeu. Abraços a todos. E que esses paus mandados dos oficiais que se fodam. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  79. PMS VCS NÃO ESTÃO FAZENDO NADA PELA SEGURANÇA OSTENSCIVA DA POPULAÇÃO DE SERGIPE!
    NÃO ESTÃO DANDO A MÍNIMA PARA O QUE ESTAR OCORRENDO EM SÃO PAULO!
    OS CRIMES DE ASSALTOS E ROUBOS ESTÃO EM ALTA POR AQUI!
    OK!
    NO AMANHA POR CULPA DE VCS MESMOS SERÁ DOLOROSO!
    TA CHEGANDO O DIA DA CAÇA DE POLICIAIS POR AQUI!
    E O ÚNICO CULPADO SERA A COVARDIA DE HOJE QUE VCS FASEM QUESTÃO DE DIVULGAR!
    QUEM VIVER VERÁ!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalhar pela seguranca e uma coisa, ser burro de carga, com uma lei que permite a chibata nas costas, e outra.
      Muito facil botar o pm pra dobrar, triplicar, sem nem perguntar se ele esta disposto ou se tem condicoes e colocar a responsabilidade por qq falha no policia.
      O pm ta se esquivando de ser processado, preso, nao ser promovido. Enquanto a lei proteger o mala mais que o policia e isso q vc vai ter, escalada gritante da violencia.
      Hj a escala do pm e massacrante, ele e colocado na frente do comercio que o comandante ta ganhando dinheiro, em desfavor da populacao e tirado seu direito a folga, ferias e a escolher se tera hora extra ou nao.
      Facil ser populacao cobrando policia...
      A pergunta que nunca fazem e: o policial tem o equipamento necessario? A viatura adequada? O treinamento certo? Tem seu descanso respeitado? Tem condicoes de fornecer boa seguranca publica?
      Nunca ninguem se interessou de ver como funciona um curso de formacao, de saber se o policial tem condicoes fisicas e psicologica de te proteger. Fica massificado q o pm fardado ts ali pronto pra tudo. E se ele errar ou falhar errou pq quis e tem q se fuder.
      Assim e facil.
      Se vc pensar a pm como empresa privada, onde so e chefe quem merece, onde se bonifica os destaques positivos, onde se cobra redultados, talvez vc tivesse uma melhor seguranca publica.
      O que vale na pm e o favorecimento do amigo do chefe, do politico, de quem pagar mais.....
      Acorde!!!!! Pare de cobrar de quem so obedece. Cobre de quem tem poder de decisao. De quem tiraa policia do seu bairro pra botar no precaju, de quem tira a viatura da area pra deixar na frente do comercio q ele ganha algo, de quem protege amigo A ou B em desfavor dos demais....

      Excluir
    2. 18:42 Vá reclamar a Deda ele é o principal responsável pela insegurança pública jamais vista em Sergipe!!! É esse governador medíocre que não faz concurso para PM, ele Deda sabe que o efetivo hoje não chega a 4.000, e esse efetivo é para dar segurança a mais de 2 milhões de habitantes nos 74 municípios do estado. O governador mentiroso de Sergipe prometeu resolver os problemas dos militares até abril deste ano e até agora nada!!! Portanto cidadão cobre segurança ao seu governador!!!!!!

      Excluir
  80. Ok é verdade.
    Precisamos de uma assembleia urgenteeeee.
    Estamos sem rumo e direção e o que é pior sem liderança, voltamos a estaca zerooooo.
    Sem policia nas ruas de Sergipe os criminosos estão cada vez mais encorajados e só falam em atacar Policiais e Seguranças para tomarem as asmas.
    Vamos se unir colegas

    ResponderExcluir
  81. O desmoralizado do Cel Jack mais conhecido como boneco de Olinda, já se reuniu com Fabiano Oliveira e seu irmão e garantiu policiamento maciço no pré Bahia!!! Eles só esqueceram de perguntar se a tropa vai!!!!!KKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!! Não tem coronel palito nem Jack que me façam trabalhar na folga para Fabiano Oliveira!!!!! Aguarde-me!!!!

    ResponderExcluir
  82. Em resposta ao descaso do governo com a tropa eu já faço corpo mole no serviço ordinário, imaginem se eu vou sair de casa para trabalhar em escala extra em plena folga no tal do pré Bahia. Sendo que um policial civil recebe no referido evento R$ 300,00 enquanto o barnabé R$ 80,00!!!! Mesmo que me pagasse o mesmo valor do PC eu não iria, pois eles recebem GRATIFICAÇÃO DE CURSO, 1/3 AOS 25 ANOS, ELES TEM CARGA HORÁRIA DEFINIDA, NÍVEL SUPERIOR e nós só temos as mentiras deslavadas de um governador moleque cara de pau !!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que falta a vocês é um representante de verdade.

      Excluir
    2. Soldados para sempre é o que nós iremos ser,na primavera ou em qualquer das estações,nas horas tristes e nos momentos de prazer,soldados para sempre...........

      Excluir
  83. Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar o PRÉ CAJU 2013!!!!!

    ResponderExcluir
  84. Fizemos boicote ao PRÉ CAJU 2012 e o governador com receio que fizéssemos boicote também ao CARNAVAL, sabendo que realizaríamos no mês de fevereiro aquela assembléia geral no clube dos oficiais, rapidamente assinou um ofício se comprometendo em atender nossas reivindicações atá o dia 21 de Abril, ou seja usou da mentira e da má fé, nos enganado. Agora mais uma vez estamos as portas de mais um pré caju e mais um carnaval, SERÁ QUE VAMOS DEIXAR O GOVERNADOR DEDA NOS ENGANAR DE NOVO????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com a palavra jackeline!

      Excluir
    2. Infelizmente vamos trabalhar em precaju carnaval e o governador mais uma vez vai mangar da cara da policia de Sergipe essa é a verdade

      Excluir
  85. Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!
    Vamos todos boicotar ao PRÉ CAJU 2013!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU ATESTADO JA ESTA GARANTIDO, NÃO TRABALHO PARA O PRE BAHIA 2013 NEM QUE A PAU...!!

      Excluir
  86. a PM da Bahia fez suas reivindicações antes do carnaval baianho, que é a festa de maior repercussão naquele Estado. Nós aqui em Sergipe estamos nos aproximando do Pré Caju, devemos aproveitar o momento para mais uma vez atrairmos a atenção do governo, da imprensa e da sociedade. Portanto precisamos urgente de uma assembléia geral para nortear a tropa quanto ao movimento durante o Pré Caju! Já iniciamos agora não podemos e não devemos recuar!!! CAPITÃO SAMUEL AGORA É COM O SENHOR, CONVOQUE A TROPA PARA O MOVIMENTO, POIS O SENHOR TEM MANDATO E É O NOSSO REPRESENTANTE!!! GARANTO QUE OS DEMAIS LÍDERES ESTARÃO PRESENTES FORTALECENDO O MOVIMENTO!!!! JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS!!!!!

    ResponderExcluir
  87. George Magalhães infelizmente está no bolso de Sukita e de Deda,para mim George não tem mais credibilidade, não passa de um vendido. Não escuto mais o programa dele só de nojo!! VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA!! GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!!!

    ResponderExcluir
  88. GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!
    GEORGE MAGALHÃES AGORA É MERDA!!

    ResponderExcluir
  89. EXTRA EXTRA!!!
    SEGUNDA CAI O COMANDO DA CPTRAN:
    PRENDERAM O CARRO DO IRMAO DE JACKSON BARRETO NA BLITZ DA LEI SECA, E ELE PROMETEU TIRAR TODO O COMANDO, JUNTO COM UM OFICIAL CAGAÇADA QUE AINDA NAO CEI QUEM É.

    SE ALGUEM SABE COMO FOI POSTA AI, SO SEI QUE O IRMAO DELE QUE É DIRETO DA COHIDRO JUROU OS OFICIAIS QUE IRIAM PRO GABINETE DO COMANDO AINDA ESSA SEMANA!!!
    SE ALGUEM SABE DE ALGUM JORNAL PUBLICA AÍ POR FAVOR!
    PELO MENOS O CARRO OI PRESO, E O GOELA FOI AUTUADO COMO ALCOOLIZADO.
    MUITO BOM!

    ResponderExcluir
  90. NADA MUDOU NO GETAM, E OS SGTS FAGUNDES E ISSAC CONTINUAM BABANDO OVOS, QUANDO VÇS PRECISAREM DE APOIO NÃO VÃO TER. CEL JACSON OS ASSALTOS ESTÃO ACONTECENDO E VÇ EGESSA O GETAM POR QUE, VARIOS BANESES SENDO ROUBADOS E CADÊ SEU PLANEJAMENTO. NOTE QUE NÃO ADIANTA APERTAR A TROPA, SE NÃO MUDAR VAMOS COMEÇAR A MULTAR OS SEUS AMIGOS RICOS NA AREA QUE O SENHOR COLOCA AS GUARNIÇÕES, E DIGO MAIS VAMOS TIRAR XEROX DE TODAS AS MULTAS POR QUE É DE PRAXE VÇS PEDIREM AO CAP JORGE E AOS DIRETORES DO DETRAM PARA TIRAREM AS MULTAS. TODAS ESSAS VIAS SERAM MANDADAS PARA O DEP GILMAR CARVALHO. JÁ FOI AVISADO. JORGE VÇ VAI PRO INFERNO SEU LADRÃO.

    ResponderExcluir
  91. 800 PMs irão para reserva com aposentadoria especial em Alagoas

    STF reconheceu direito de policiais se aposentarem com 25 anos de efetivo serviço

    Lei 8.213/91 prevê a aposentadoria especial e a dispõe podendo ser concedida com 15, 20 ou 25 anos de serviço
    A Associação das Praças Militares de Alagoas (Aspra), por meio do presidente Wagner Simas, requereu no último dia 5, ao Comando Geral, a aposentadoria especial para os militares com 25 anos de serviço efetivo. A iniciativa partiu após o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu o Direito de Policiais Militares pelo fato da alta periculosidade do serviço.
    Segundo Wagner Simas, aproximadamente 800 militares deverão ir para a reserva diante de Mandado de Injunção Coletivo a ser impetrado pela entidade. “Poderemos garantir aos associados o direito a aposentadoria especial, em poucos dias estaremos impetrando a ação ante o Tribunal de Justiça de Alagoas; aos demais militares terão que esperar por regulamentação da matéria pelo Governador do Estado. Existe jurisprudência consolidada sobre a matéria que favorece a concessão do benefício à categoria”, disse.
    De acordo com o advogado da Associação, Antônio Rafael Maciel Ferreira, alguns Estados como São Paulo e Goiás, através de ações específicas conseguiram garantir o direito constitucional consolidado em jurisprudência pelo STF, “com a impetração de ação específica no Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas, poderemos obter a garantia do direito constitucional sem a necessidade de recorrer ao STF”.
    A lei 8.213/91 prevê a aposentadoria especial e a dispõe podendo ser concedida com 15, 20 ou 25 anos de serviço, a Constituição Federal estabelece critérios para essa concessão, para os militares, pois a atividade coloca em risco sua integridade física.
    “É notório o risco à integridade física que passam todos os dias os policiais militares. Apesar de previsão constitucional, mas deve haver regulamentação estadual. Este procedimento ainda não se concretizou em Alagoas pela falta de interesse do poder Executivo, quem sabe se a categoria fosse unida, e existisse no cenário político do estado integrantes da corporação militar, este assunto provavelmente já teria sido resolvido”, acredita Antônio Rafael.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UIUIUI MAMÃE! JÁ ESTOU QUASE COM MEUS 25 ANOS DE SERVIÇO ATIVO, COMO NÃO TENHO PERSPECTIVA DE MELHORIAS COMO TBM DE PROMOÇÃO JÁ ESTOU DANDO MEU ADEUS À ESTA FALIDA E IMORAL INSTITUIÇÃO.
      ADEUS!!!!!

      Excluir
  92. EI TÔ SABENDO QUE O CUMANDO DO GETAM CAI HOJE, ESSE LUCIFER GETANIANO VAI P/ INFERNO MESMO LADRÃO CORRUPTO , TARADO, MEIO VIADO, FALSO, DEMAGOGO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O FALSO PROFETA MORREU E CHEGOU NO CÉU E DISSE A SÃO PEDRO:
      - MEU CHEFE ONDE É O MEU LUGAR?
      E SÃO PEDRO RESPONDEU:
      - MEU FILHO ACHO QUE VC TÁ ENGANADO.
      -ENGANADO? MAS EU SOU GIDEÃO DO LEÃO DO SÉTIMO DIA DE JUDÁ, PAGUEI MEU DIZIMO E SEMPRE FIZ O BEM.
      - OLHA DEIXA EU TE DIZER VC É FALSO, CORRUPTO, CASOU POR INTERESSE, É TARADO, PERVERTIDO SEXUAL, JÁ TENTOU PEGAR UMA FEM NA CAVALARIA, DESVIA DINHEIRO DO GETAM, MASSACRA OS PRAÇAS TIRANDO O DOMINGO DE FOLGA DELES E O DESCANSO NO SERVIÇO, É FALSO COM OS PARES E SUPERIORES, EGOÍSTA, DÁ EM CIMA DE MULHER DE PRAÇA E DE OFICIAL ( NÃO SEI COMO AINDA NÃO LEVOU UM TIRO), NOJENTO, SEM ESCRUPULOS... PORRA VÉI AINDA TEM MAIS COISA É PORQUE NÃO ME LEMBRO BABAO DE JUIZ E O PECADO MAIOR VC NÃO HONRA O QUE TEM NOS MO MEIO DAS PERNA. E AINDA QUER UM LUGAR NO CÉU?
      - MAS EU SOU OFICIAL EU POSSO.
      TÁ BOM VOU MANDAR VC P/ O LUGAR ONDE OFCIAIS DA SUA ESTIRPE VÃO.
      DAÍ O LUCIFER GETANIANO ENCONTRA-SE COM O LUCIFER VERDADEIRO.
      - MU XARÁ ESTAVA ESPERANDO POR VC AKI TEM CADA NEGA GOSTOSA.
      - É MERMO QUE BOM AKI É MELHOR QUE NO CÉU.
      - É MAS POR CAUSA DE TD QUE VC FEZ, DE DEZ EM DEZ MINUTOS VOU ENFIAR UM ABACAXI NOSEU CU, TÁCERTO?
      - EM NOME DO SENHOR , GRAÇAS A DEUS QUE EU NÃO FUI P/ CHOQUE, SE NÃO EU TAVA FUDIDO.

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. EITA CARAIO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. RAPAZ VÇ DEVERIA RECEBER UM PREMIO DE MELHOR ROTERISTA DO BRASIL; ATÉ ESTOU PENSANDO EM UM FILME: O FALSO PROFETA E O ABACAXI, ESTRELANDO ATOR PRINCIPAL JORGE CIRILO, SGT FAGUNDES E ISSAC COMO BABA OVOS. TEN ISSAC COMO O CORNO MANSO. VÁ SE BORA FUI DO CANSO MARIANO. HÁ TAMBÉM TEM OUTRO; PROPOSTA INDECENTE ESTRELANDO JORGE CIRILO TEN ISSAC E A ESPOSA.

      Excluir
    4. O FDP CAIU AAAAAAAAEEEEEEEEEEE. VAI SE FUDER NO CHOQUE VIADO

      Excluir
    5. ...mas tem outros assim tbm....va pra tobias barreto e encontre por la o delegado ...ops... capitão ribeiro...arrombando com a tropa...

      Excluir
  93. "Vou me embora, vou me embora, vou tentar a sorte..." daqui a alguns dias, eu caio fora dessa polícia, vou me aposentar com 25 anos...KKKKKKKKKKKK, Adeus bye bye...

    ResponderExcluir
  94. O comandate do getam acaba de cair.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  95. FINALMENTE, XEXÉU VOLTOU APOSTAR AQUI !
    PÔXA, PENSEI QUE ELE TINHA MORRIDO !
    PARABÉNS XEXÉU, PELOS SEUS COMENTÁRIOS SEMPRE INTELIGENTES E PERTINENTES !
    VÊ SE NÃO SOME DE NOVO VIU RAPAZ ?
    AGORA, DEIXA EU TE FAZER UMA PERGUNTA :

    XEXÉU, VOCE AINDA TÁ CISMANDO ?

    ResponderExcluir
  96. Será que esse Xexéu é aquele mesmo ?

    ResponderExcluir
  97. É ou não é Doquinha ?

    ResponderExcluir
  98. Todo mundo trabalha menos os irmãos Major Ladriano reis e o Sub Claelbebida, esses meliantes estão gastando o dinheiro do clube dos oficial, uvi isso de um capitão amigo meu quando eu disse que ia me assossiar e ele me rrcomendou que não fisesse.

    ResponderExcluir
  99. XEXÉU É AQUELE QUE QUANDO CISMA
    DÁ O ANEL.

    ResponderExcluir
  100. PESSOAL, vamos aderir a campanha: DEIXEM DE IR A SHOPINGS que cobra por estacionamento.

    É só não ir. Quero ver, se eles suportarão! Os supermercados em shopings então, estes vão amargar prejuízos enormes, pois comida tem prazo de validade.

    Diga não!

    Vamos todos ao centro e ao shoping do Marcos Freira, lá não cobra pelo uso do estacionamento.

    A força é nossa, é só não ir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o povo gosta, hj mesmo o shopping tava lotado. Vou pro shopping premium

      Excluir
  101. Plagiando o Galvão Bueno: Bem Amigos, o que todo mundo esperava aconteceu, ou seja, a queda do capitão Jorge Cirilo do GETAM, no entanto ele deverá ser designado para o Choque e aí amigos é que a coisa vai feder, pois vai faltar espaço para dois "BO" no mesmo quadrado, já que tganhto um quanto o outro gostam de aparecer as custas de outras pessoas. Fogo Amigo.

    ResponderExcluir
  102. O que estraga este blog de fato são os próprios leitores. O texto é excelente mas em compensação tem cada comentário chulo.

    ResponderExcluir
  103. ESPERO QUE COM A SAÍDA DO CAP JORGE DO GETAM ESSE BABACA,ANALFABETO E IDIOTA DO SD DOUGLAS PARE COM ESSES COMENTÁRIOS RIDÍCULOS COMO ELE.BICHONA VC ESTÁ ESTRAGANDO ESSE GRUPAMENTO SUA DEPRAVADA,SEJA COMO O SD SENA QUE FICA NA DELE SUA PROSTITUTA.ESPERO QUE O CAP J. LUIS FAÇA UMA LIMPEZA NO GETAM COMEÇANDO POR VC SEU BOIOLA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao se preocupe sgt baba ovo, vamos nos reunir e tirar aqueles que ficaram contra a tropa......

      Excluir
  104. TOMA DÔGUINHA!NÉ ISSO QUE VC QUERIA?KKKKKKKK

    ResponderExcluir
  105. Tem um sgt no getam q alem de babar ovo, da capote em mala e vende a droga e as pratas q apreende. Pode isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...mas tem outros assim tbm....va pra tobias barreto e encontre por la o delegado ...ops... capitão ribeiro...arrombando com a tropa...

      Excluir
    2. Soldados para sempre é o que nós iremos ser,na primavera ou em qualquer das estações,nas horas tristes e nos momentos de prazer,soldados para sempre...........

      Excluir
    3. Esse sgt tem o mesmo nome de um oficial de la do getam?

      Excluir
    4. ...esse capitão ribeiro so vive fazendo merda e quer cobrar dos praças...se ele continuar a massacrar os praças ...forçando-os a serem policiais civis...e guarda de transito...ta na hora de revelar os podres dele...que não são poucos...!!!

      Excluir
  106. Meu filho não merece um colégio descente? Minha família não merece uma moradia descente? Não tenho direito de dar conforto e lazer para mina família? Será que este salario atual cobre isso, é um bom salario, mas sem duvidas deveria ser melhor, pois trabalhamos igual ou mais que a outra policia. Isto é justo, é legal ou no mínimo moral? Faço “bico” e não tenho vergonha, é um dinheiro limpo, honesto e suado, mas é para suprir aquilo que minha família merece, pois trabalho e muito para o “estado” e em minha folga faço o que quiser!
    No pré-bahia eu farei segurança de políticos, empresários e até o “Fabaiano Oliveira” usa policias em seu camarote, perguntem ao cmt geral!
    Então por que não farei segurança, por que devo largar o “bico”, deveriam se preocupar com politica de promoções, LOB e outras mazelas que estão matando a PM e não meu “bico”.
    Há, eu não vou ao pré-bahia em minha folga, quem criou esta festa particular e que nem faz parte das festas oficiais, pois pode acabar quando o dono quiser diferente do S João, carnaval de “rua” onde é aberto ao povo, de graça, pago com dinheiro do povo.

    ResponderExcluir
  107. Engraçado... Em um Determinado lugar desta cidade, parei para observar uma abordagem do GETAM... e vi o tal SD DOUGLAS abordando uns carinhas de CG... até ai tudo bem...

    menos na parte em que o próprio SD pega nas partes intimas dos caras de forma "contundente" ...!!!!!!! muito estranho viu !!!

    Não se sabe onde ele aprendeu fazer essas abordagens, mas para se abordar seja lá quem for não precisa apalpar partes íntimas de ningúem...

    ôhHH Ditos "cavaleiros de Aço" ... ou melhor "OS EMPOLGADOS DE AÇO" parem de procurar serviço e lute por melhorias... !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu otario, ninguem aqui tá empolgado com nada, não estamos fazendo porra nenhuma só estamos passeando de moto. e digo mais nada de rops e multas vamos vê até quando a população aguenta. getam e rp estamos de greve branca. chupa essa cel jacson.

      Excluir
    2. ta na cara que este que tá falando é o babaovo do sgt nada isaac, não sabe andar e moto e ainda chorou no curso do getam e no taf do caatinga, detalhe esse corno irrustido não concluiu o curso . babão.

      Excluir
    3. ESSE SGT FICA PEGANDO PROPINA E PASSA DROGA PROS MALAS DO J.ALVES, SEU SAFADO FULEIRO

      Excluir
    4. ELE VENHE FAZENDO ISSO DESDE DA 1°CIA/8°BPM, LÁ NO MERCADO ELE TAMBÉM VENDIA AS DROGAS QUE TOMAVA DOS MALAS. E AGORA ESSE MALA FICA DANDO UM DE MORALISTA, MAS A PC VAI LHE DÁ UM FLAGRANTE SEU FULEIRO ENBUSTEIRO. ESSE RECADO É DOS HOMENS QUE FAZEM O GETAM.

      Excluir
  108. Publicado em: 27/11/2012 12:58:21
    DOZE POLICIAIS MILITARES SÃO PUNIDOS POR DOAREM SANGUE DURANTE PRÉ-CAJU 2012

    A policia militar de Sergipe já começou a punir os PMs que doaram sangue durante o Pré-Caju 2012. À época, cerca de 300 policiais militares fizeram a doação de sangue e agora estão respondendo junto a 6ª- Vara Militar acusados de crime de motim.

    Nesta segunda-feira (26), o Boletim Geral Ostensivo (BGO), que traz todas as decisões sobre a corporação, publicou a relação dos doze primeiros policiais militares que foram punidos por terem doado sangue. Eles foram punidos com “quatro dias de impedimento”, que significa que esses militares terão que ficar quatro dias detidos em suas companhias. Isso terminou não agradando a tropa, que apesar de saber que são sujeitos à hierarquia, muitos não concordam com a punição.

    Essas punições devem ser contestadas na justiça, já que no futuro ela (punição) pode vir a prejudicar o militar, principalmente em caso de promoção. Alem disso, à época também foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no Ministério Publico Estadual (MPE), onde estiveram presentes representantes de associações, alem do coronel Enilson Aragão, representando o comando. Na presença da promotora de justiça Euza Missano, ficou acordado que “só trabalhariam na segurança do Pré-Caju, os militares que estivessem na escala ordinária ou os voluntários”.

    Amparados no TAC, os militares que não quiseram trabalhar no evento, optaram fazer a doação de sangue, já que nessa festa os bancos de sangue solicitam doadores. Ao receberem os atestados de dispensa de serviço, os militares encaminharam o documento aos seus respectivos superiores hierárquicos, nas companhias e batalhões.

    Mesmo assim, o comandante à época, resolveu punir os militares e mandou que fosse aberto uma sindicância para apurar cada caso. Isso terminou com vários procedimentos que já estão sendo tramitados na 6ª- Vara Militar. Se condenados, eles podem ser expulsos da corporação ou na melhor das situações, serem “impedidos” com até 30 dias de detenção.

    ResponderExcluir
  109. Para o presidente da Amese, sargento Edgard Menezes esta é uma decisão equivocada, já que os militares “só foram fazer um ato de solidariedade, afinal havia um TAC assinado na frente da promotora doutora Euza Missano. Diante disso, já que o TAC também foi assinado pelo representante do comando geral, de que só trabalhariam os voluntários, não havia necessidade de nenhum dos doares apresentarem atestado ”, explica o presidente.

    O presidente da Amese diz que “estão distorcendo os fatos e a realidade, porque senão não adiantou de nada assinar um termo de ajustamento de conduta para não ser cumprido”, explica Edgard afirmando que desde o final da tarde desta segunda-feira, quando todos tomaram conhecimento das punições, que policiais militares estão enviando e-mails e telefonando para a sede da associação, fazendo reclamações. “Nós vamos consultar a nossa assessoria jurídica para achar uma maneira de tentar embargar essas punições. Não é justo um militar que faz um ato de caridade ser punido. Isso pode prejudicar a sua carreira dentro de nossa instituição, inclusive prejudicando promoções. Eu espero que isso seja revisto e que seja resolvido sem que o policial militar seja sacrificado por ter feito um gesto humano”, reclamou o presidente da Amese.

    Essas punições não devem ser contestadas apenas pela AMESE, mas o Ministério Público Estadual também deverá entrar no caso, afinal a “punição” está ocorrendo por conta dos militares terem doado sangue. Como havia o acordo firmado, os militares que não queriam trabalhar, doaram sangue, e mesmo assim estão sendo punidos. O questionamento do MPE não dever quanto à hierarquia da corporação, mão o motivo do não cumprimento do TAC.

    ResponderExcluir
  110. Essas punições podem inclusive comprometer a segurança do Pré-Caju 2013, já que o numero de policiais militares este ano é bem menor que o ano anterior, o que irá dificultar a escala de serviço. Além disso, os policiais militares podem repetir o que fizeram o ano passado, com isso deixando a população sem segurança, que independente de tudo, o comando enfrentará um grande problema. Ou o comando faz a segurança do Pré-Caju, ou deixa os municípios do interior sem segurança. A policia militar do estado de Sergipe não tem hoje, militares suficientes para atender um evento do porte do Pré-Caju, sem tirar toda a policia do interior
    fonte: faxaju (Munir Darrage)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já é uma armação, ou seja um recado partido da mente insana e doentia desse governador ladrão e acatado a risco por esse comando subserviente de bananas que a PM tem!!! Vale lembrar que foi uma ordem expressa do governador ladrão e doente que, após uma reunião na SSP, disse que queria a PUNIÇÂO todos os militares que doaram sangue no pré caju!! GOVERNADOR É POR ISSO QUE VC ESTÁ MORRENDO, SUA MALDADE É DO TAMANHO DA SUA DOENÇA!!! PODE ME PRENDER E ME PUNIR, EU NÃO TRABALHO NO PRÉ CAJU!!!NÃO AO PRÉ CAJU 2013!!!!!!!

      Excluir
    2. meu atestado ja esta pronto!! não vou trabalhar nesse prebahia de fabiano nem a paulada!!!

      Excluir
  111. Muito bom sargento Edgard o senhor é de luta

    ResponderExcluir
  112. O desmoralizados coroneis, Palito e Boneco de Olinda mim aguade nesse pre-bahia, até agora nada de tickt refeição, carga horária, adicional noturno, 1/3 da remuneração, nível superior, lob, lei de fixação, portanto o palito e o boneco ficam botando para arronbar, seus falsos profetas, mim agurdem no pré-bahia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk BONECO DE OLINDA FOI FODA!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  113. Vamos sargento Edgard desde Abril desse ano que teriamos notícias boas, só belela, só escalas extras e serviços forçados, sempre com ordens desse gorgetinha de floro calheiros.

    ResponderExcluir
  114. Valeu esse e o cara certo e o Edgar nesse nós confiamos de verdade, só ele que coloca sua cabeça em prol dos praças. HO! HO!.

    ResponderExcluir
  115. muito bem sargento Edard o senhor e de luta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro amigo, o tolerância zero acabou, ou vc não percebeu.

      Excluir
  116. NÃO SOMOS MAIS CRIANÇAS QUE NÃO REAGEM, O FINAL DE ANO ESTA CHEGANDO, E O PRÉ-BAHIA, ESSE PALITO CARIOCA DA UNIÃO NÃO SABE DE NADA.

    ResponderExcluir
  117. boicoter o pre-caju, logo.

    ResponderExcluir
  118. LIGADO NO MOVIMENTO27 de novembro de 2012 11:51

    A existência da Justiça Militar estadual foi questionada hoje (27) na 159ª sessão ordinária do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo o conselheiro Bruno Dantas, cada processo do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJMMG) custa R$ 68 mil. “É uma justiça que poderia muito bem ser absorvida pela justiça comum. Não há qualquer necessidade da sua existência”, disse o presidente do Supremo Tribunal Federal e do CNJ, ministro Joaquim Barbosa.
    O conselheiro Gilberto Valente Martins sugeriu que seja feita uma avaliação com as demais varas militares. Já o conselheiro ministro Carlos Alberto Reis de Paula pediu uma “reflexão” sobre o assunto ao presidente. “Talvez eu decida pela constituição de uma comissão, que eu acho razoável”, disse Barbosa, que evitou falar sobre o julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, e a operação Porto Seguro da Polícia Federal.
    O debate sobre a extinção da justiça militar estadual acontece depois que um magistrado do TJMG deixou prescrever alguns processos por lentidão nos julgamentos. Dentre outras deliberações da 159ª sessão ordinária, o plenário decidiu, por unanimidade, aposentar compulsoriamente a desembargadora Willamara Leila de Almeida, do Tribunal de Justiça do Estado de Tocantins (TJTO) por desvio de conduta quando era presidente do Tribunal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aposentar pode? é um pais desmoralizado mesmo!!!! olha, em relação a Justiça caduca militar quem sabe não é o começo do colapso, em ....

      Excluir
  119. Ministro Joaquim Barbosa quer estudo sobre Justiça Militar Estadual


    27/11/2012 - 13h39




    Gláucio Dettmar/ Agência CNJ

    O ministro Joaquim Barbosa, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta terça-feira (27/11) que vai estudar a possibilidade de instituir um grupo de trabalho para avaliar se há justificativa para a existência da Justiça Militar Estadual. Se os estudos mostrarem que as atribuições dos tribunais militares nos estados podem ser absorvidas pelos tribunais de Justiça, o CNJ poderá sugerir a extinção desse ramo da Justiça.

    Joaquim Barbosa fez essa declaração durante a 159ª sessão ordinária do colegiado, na apreciação do processo administrativo disciplinar n. 0002789-79.2012.2.00.0000, contra dois juízes do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJM/MG). O conselheiro José Roberto Neves Amorim, relator do processo, opinou pela improcedência da acusação de negligência dos magistrados, que teriam dado margem à prescrição de 110 processos.

    “A culpa não é deles”, afirmou Neves Amorim, que visitou o TJM/MG e constatou a falta de estrutura para que os magistrados possam trabalhar. “A estrutura é extremamente precária. É impossível fazer mais de uma audiência por dia”, disse o conselheiro. Ele ressaltou que a prescrição é grave, mas a responsabilidade é do tribunal que não dá condições para o trabalho dos magistrados.

    Além de considerar a acusação improcedente, o conselheiro Neves Amorim apresentou algumas sugestões, entre elas a proposta de sugerir ao Congresso Nacional a revisão da legislação penal militar. O conselheiro Bruno Dantas acrescentou a proposta de contactar as Assembleias Legislativas para que se verifique a possibilidade de extinção da Justiça Militar Estadual nos estados em que se mostre ineficiente.

    Para o ministro Joaquim Barbosa, os processos da Justiça Militar Estadual poderiam ser repassados para a Justiça comum. “Não há qualquer necessidade de sua existência”, afirmou o ministro, alertando que o Judiciário precisa de uma visão de conjunto.

    O conselheiro Carlos Alberto Reis de Paula, ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), defendeu profunda reavaliação desse ramo da Justiça, que tem “um custo alto para a sociedade”. Para Neves Amorim, o CNJ deve avaliar se o número de processos justifica a manutenção da Justiça Militar nos estados.

    Gilson Luiz Euzébio
    Agência CNJ de Notícias

    ResponderExcluir
  120. Os últimos anos têm mostrado aos trabalhadores da segurança, o quão se faz necessário o amadurecimento da categoria, além da maior participação nas discussões sociais para não se ver preterida nas mudanças que estão por vir. Nos últimos anos os profissionais da segurança começaram a ensaiar uma participação qualitativa, no intuito de resgatar a cidadania, cujo lema é moda (mais do que fato), entre os civis.

    Esse amadurecimento vai desde a inserção nas redes sociais, organizando eventos, criando comunidades afins, blogues e sites com temas relativos à categoria, passando pela reivindicação de melhoras das condições de trabalho, salário, direitos trabalhistas, combate ao assédio moral, acesso aos Direitos Humanos, regulamentação da carga horária, pagamento de periculosidade/insalubridade, dentre outros.

    Inocentemente, muitos no seio da tropa acreditavam que esses benefícios, (alguns já previstos na Constituição Federal), seriam "doados" para a família militar como benesses, pela misericórdia e alguns eventos demonstraram que não é bem assim. Passeatas pela PEC 300, a famosa emenda constitucional que cria o piso nacional dos profissionais da segurança pública, assim como a PEC 308 para os agentes penitenciários e sócio-educativos, mostraram a esses profissionais o quando é árdua a tarefa de cobrar seus direitos, e mais, o quanto é necessário que tenhamos políticos oriundos dessas classes. Pelo efetivo desses trabalhadores, somados ao parentes, amigos, estima-se que seja em torno de quatro milhões. Se compararmos ao número de deputados federais, por exemplo, a representação quase inexiste.

    Mas, não foram apenas os fatos recentes, como as pec's supra citadas, que despertaram a consciência política da classe, o surgimento de grupos do crime organizado, a matança e verdadeira caça aos policiais acabam por acelerar essa maturidade, onde podemos concluir que não é só com armas que se vence a violência. Precisamos de um pelotão de políticos enjangados em suprir as demandas da classe, e no jogo político a malandragem dos gabinetes é bem diferente da encontrada nas ruas, onde o inimigo está identificado, diferentemente das artimanhas políticas, onde se dá o tapinha das costas num dia e no outro se vende a categoria por interesses nada republicanos.

    Precisamos transferir os títulos de eleitor, para votarmos naqueles em que acreditamos. Temos que votar em candidatos da classe, em pessoas que conhecemos minimamente a sua história e depois de eleito, continuarmos nossa vigilância. Caso contrário, seremos refém do crime organizado armado, e dos omissão organizada política.

    ResponderExcluir
  121. PRECISAMOS DE UM DEPUTADO FEDERAL E DE UM NOVO DEPUTADO ESTADUAL!

    SAMUEL JÁ É CARTA FORA DO BARALHO!

    VOTO EM ÉDGARD, ILDEMÁRIO, VIEIRA OU CEL BARROS, MAS NÃO VOTO EM SAMUEL NEM COM O CANÇO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande merda vc acabou da postar.

      Excluir
  122. Todos nós sabemos que seremos escalados de qualquer forma para o tal do Pré Bahia>
    Por isso acredito que se passarmos a cobrar o mesmo valor da diária dos PCS que foi R$ 300,00 por noite trabalhada neste ano a nossa luta terá mais apoio da sociedade do que só falarmos em boicotar o evento!
    Pense e vamos debater o assunto ok
    Cada serviço R$ 300,00

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIGADO NO MOVIMENTO27 de novembro de 2012 15:31

      CONCORDO, E NÃO É POR CAUSA DO VALOR E SIM PARA QUE A SOCIEDADE VEJA A DISCRIMINAÇÃO QUE FAZEM COM NÓS PMS, E SE CASO NÃO NOS PAGASSE ESSE VALOR A JUSTIFICATIVA PARA COM A SOCIEDADE TERIA MAIS RESPALDO CASO AGENTE NÃO COMPARECESSE AO PRÉ FABIANO.

      Excluir
    2. é edgar, mostra para sociedade quanto recebe um pm para estar no prebahia e quanto recebe um pc.... a discriminação é gritante... é por ai mesmo!!

      Excluir
  123. Por que os pracas / soldados, cabos e sargentos temos que ganhar igual aos PC's/ policiais de cadeiras. Se eles trabalham sentados e nos praças nos pudemos por 12 horas em pé.

    No dia que estiver escalado no PRÉ-BOSTA BAHIA vou doar sangue, que se fora a polícia e a sociedade. Estarei em casa descansando e gosando muito a vida.

    ResponderExcluir
  124. Não foram erros ortográficos, evitei certas palavras

    ResponderExcluir
  125. Amigos vocês ainda não perceberam que eles nunca irão pagar 300,00 numa diária e sabem porque? porque eles sabem que podem usar o regulamento, vocês não estão vendo a caça às bruxas aos praças que doaram sangue o ano passado. Concordo com o Cap Kako quanto a luta árdua e no caso dos militares é muito mais árdua ainda. Desde pequeno aprendemos que Cabo manda em Soldado, Sargento manda em Cabo, Tenente manda em Sargento e assim por diante, qualquer civil leigo conhece a hierarquia militar inclusive os organizadores do Pré-Cajú, enquanto não desmilitarizar a policia essas coisas não irão acabar.

    ResponderExcluir
  126. jorge cirilo disse que tem varios amigos no getam. mas disse uma coisa que a tropa não gostou: se eu precisar dormir na casa de um dos praças eles deixam. JORGE VÇ ACHA QUE OS PRAÇAS SÃO DOIDOS, SE VÇ FOR DORMIR NA CASA DE UM DELES VAI QUERER TARAR AS ESPOSAS. VAI SER DORMINDO COM O INIMIGO. SEU PERVERTIDO

    ResponderExcluir
  127. Não fui e estou sendo punido, kkkkkkkkkkkkkkk meu comportamento segundo o regulamento militar aguenta outra falta ao pré-bahia do fabaiano oliveira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc é moral.... tô com vc e não abro! Prebahia pode me esperar que eu chegou la viu...

      Excluir
  128. PRAÇA 2006 - LIGADO NO SISTEMA CORRUPTO.28 de novembro de 2012 03:05

    Vi a poucos minutos no noticiário que um Praça no Rj estava trocando tiros num assalto e foi morto por um tenente que patrulhava no local e matou o praça por engano, segundo o tenente ne!!! ! Sabe o que deu ao tenente? Nada. Se fosse ao contrário o praça seria escoltado para o presmil na hora! Diz a reportagem que o tenente alegou legitima defesa putativa ou seja quando esta na eminência de alvo!!!! Sei! Então: VÁ PRAÇINHA DA RP, XOQUE, GETAM , COMUNITARIA FAZER MAIS DO QUE O BÁSICO POR ESSA PMSE!!!! Mau vou nas ocorrências por que não tem jeito, mas patrulhar, abordar com intuito de armas, drogas e muito menos por veículos com licenciamento ou outra porra vencido, JAMAIS...

    OBS. PRE-BAHIA ESPERE-ME SENTADO QUE EU VOU CHGAR PARA ESCALA EXTRA VIU, PODE ESPERAR.....

    ResponderExcluir