segunda-feira, 25 de junho de 2012

Artigo de um emérito colaborador

Lendo este artigo encaminhado ao nosso e-mail (capitaomano@gmail.com) escrito pelo cientista político Antonio Carlos, diretor da ASPRASE, constatamos a realidade de forma bem discutida e embasada. Antonio Carlos é dessas pessoas que criticam o sistema de segurança pública vigente no país de forma inteligente e apontando soluções para os problemas. Dono de um vasto currículo na área, pelo fato de ser praça, é subaproveitado na corporação.

Caso você, leitor, também escreva artigos podem encaminhar para publicação aqui no blog.


Segurança Pública e liberdade de expressão:

E agora José?

O direito à liberdade de expressão garante a qualquer indivíduo a possibilidade de se manifestar, de buscar e receber informações e idéias de todos os tipos, independentemente da intervenção de terceiros. Isto pode ocorrer oralmente, de forma escrita, através da arte ou de qualquer meio de comunicação. Com a criação da Organização das Nações Unidas, o direito à liberdade de expressão passou a ser compreendido como base para a consolidação dos regimes democráticos e a efetivação de outros direitos humanos e liberdades fundamentais. Desde então, o direito à liberdade de expressão é garantido por padrões e tratados internacionais e reconhecido por diversos países nas suas legislações domésticas.Em todo o país a população assiste uma escalada de repressão à população trabalhadora e contra a liberdade de organização e manifestação.A luta contra a repressão e liberdade de organização dos trabalhadores é uma questão vital para que os trabalhadores possam lutar por melhorias nas condições de vidas,melhores condições de trabalho e melhores salários. Desta maneira pergunta-se, policiais militares e bombeiros militares também são trabalhadores? Se são por que não podem exercer a sua liberdade de expressão, sem serem perseguidos, simplesmente por serem militares? É sempre bom lembrar e relembrar,a nossa Constituição cidadã, que parece-me ser caolha ou até mesmo cega, no tocante aos direitos destes trabalhadores. Vamos lá,a liberdade de expressão está garantida pelo texto constitucional brasileiro em seu artigo quinto, que abre o Capítulo I ("Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos") do Título II da Carta Magna, intitulado "Dos Direitos e Garantias Fundamentais". Aí estão reunidos, em diferentes incisos, os pontos mais relevantes para a necessária compreensão do seu conteúdo. Abaixo, alguns deles: IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; IX- é livre a expressão de atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença; X – são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação; XLI – a lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais. Reza o parágrafo segundo do mesmo artigo quinto: Os direitos e garantias expressos nesta Constituição não excluem outros decorrentes do regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que a República Federativa do Brasil seja parte. Inspirado por tal parágrafo, um rico complemento à definição constitucional de "liberdade de expressão" pode ser dado pelo "Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos", adotado em resolução pela XXI Sessão da Assembléia Geral da ONU, em 16 de dezembro de 1966 e ratificado pelo Brasil em 24 de janeiro de 1992, após ser aprovado pelo Congresso Nacional em decreto legislativo de 12 de dezembro de 1991. Vale lembrar que, de acordo com o artigo quarto da Carta Magna, o Brasil rege-se nas suas relações internacionais, entre outros princípios, pela prevalência dos direitos humanos (inciso II), e que os tratados de direitos humanos são incorporados em grande estilo ao ordenamento jurídico brasileiro (para uma análise específica sobre esse tema, é útil consultar o parágrafo terceiro do artigo quinto da Carta de 88, além da doutrina e da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal). Dispõe o artigo 19 do referido Pacto: 1. Ninguém poderá ser molestado por suas opiniões. 
 2. Toda pessoa terá direito à liberdade de expressão; esse direito incluirá a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, independentemente de considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, em forma impressa ou artística, ou qualquer outro meio de sua escolha. 3. O exercício do direito previsto no § 2º do presente artigo implicará deveres e responsabilidades especiais. Conseqüentemente, poderá estar sujeito a certas restrições, que devem, entretanto, ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para: a) assegurar o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas; b) proteger a segurança nacional, a ordem, a saúde ou a moral pública. Bastante semelhante ao artigo 19 é o artigo 13 da Convenção Americana de Direitos Humanos, o chamado "Protocolo de São José da Costa Rica". Aprovada pelo decreto legislativo n. 27/92, a carta de adesão do Brasil à Convenção foi depositada em 25 de setembro de 1992. A promulgação da Convenção se deu pelo decreto presidencial n. 678, de 6 de novembro de 1992. O documento foi adotado no âmbito da Organização dos Estados Americanos, a OEA, em 22 de novembro de 1969, e entrou em vigor em 18 de julho de 1978, após receber o número necessário de ratificações. Dispõem os incisos I e II do artigo 13: 1. Toda pessoa tem o direito à liberdade de pensamento e de expressão. Esse direito inclui a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, sem considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer meio de sua escolha. 2. O exercício do direito previsto no inciso precedente não pode estar sujeito à censura prévia, mas a responsabilidades ulteriores, que devem ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para assegurar: a) o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas; b) a proteção da segurança nacional, da ordem pública, ou da saúde ou da moral públicas. Feitas tais explicações, vamos a alguns fatos marcantes e importantes na sociedade brasileira sobre a liberdade de expressão. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu de forma unânime a favor da realização das chamadas "marchas da maconha", pela descriminalização da droga no país. Os ministros ressaltaram que, nesse caso, prevalece a liberdade de expressão e que não há apologia ao crime – argumento normalmente usado por juízes para proibir esse tipo de evento. Segundo o relator do processo, ministro Celso de Mello, o objetivo dessas manifestações não é estimular o consumo, mas expor ao público, de forma pacífica, uma proposta de legalização.É respeitoso e democrático o posicionamento do STF. Ora, com certeza, observa-se que usando a analogia, policiais militares e bombeiros militares de todo Brasil podem fazer suas manisfetações e nem por isso serem perseguidos, como acontece em qualquer movimento que é feito por militares estaduais.Um verdadeiro Estado democrático de direito não pode permitir que seus trabalhadores sejam tratados como criminosos ao travarem lutas sociais legítimas. Ser livre é uma condição de existência que nenhum entre nós aceitaria abrir mão. A liberdade, em seus múltiplos significados, é um valor exaltado como singular e essencial, especialmente, em sociedades que se pretendem democráticas. A liberdade é também um direito. Um direito fundamental! O artigo 5º de nossa Constituição assegura serem todos e todas iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza e dentre os direitos fundamentais exaltados em seu caput (início) está a liberdade. Esse mesmo artigo determina que ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei. Sim, a Constituição trata cidadãos civis e militares de forma diferente. Resquícios de um estado no qual vicejava uma ditadura militar ou necessidade de defesa. Por isso compreendo que o militarismo não serve mais para segurança pública, serve muito bem as forças armadas, é tanto que a desmilitarização das policias e bombeiros foi aprovada na 1ª Conferencia Nacional de Segurança Pública. Ora, se é lícito manifestar-se livremente, ter a sua liberdade de expressão respeitada na marcha pela maconha, como não é lícito manifestar-se livremente, exprimindo sua liberdade de expressão por melhores condições de vida e salários? Liberdade de expressão já, para todos os policiais e bombeiros militares deste país.E agora José?
 QUE DEUS NOS AJUDE E OLHE POR NÓS!

40 comentários:

  1. Que importância tem a constituição da república em contraposição à vontade(capricho) do sistema? Esse pessoal do príncipe me falar lembras de uma frase: "Aceitamos em nós o que condenamos nos outros". Ou a plebe se conscientiza já, e sabota o sistema ou essa gente vai nos matar de tanto sofrimento

    ResponderExcluir
  2. A pior coisa que se pode fazer ao tirano é nao fazendo nada por ele. Ele quer extra, doemos sangue, ele quer empenho extraordinário, façamos o básico, ele quer enganar a população com uma segurança inexistente, mostremos a verdade, ele quer a prefeitura de Aracaju, trabalhemos contra seu candidato, se possível ate favorecendo nosso carrasco carcomido. Até que tenhamos o que é nosso por direito, pq toda sociedade tem. Carga horária, alimentação descente, adicional noturno. Providenciem , senhores,sei que lêem esse blog de merda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nosso lema concordo com vc menos eleger o carcomido, ele é o satanas e ganha para o hitler deda

      Excluir
    2. ENTRE O INDICADO DE DÉDA E JOÃO, EU FICO COM JOÃO. SE FOSSE UM CACHORRO FICARIA COM ELE

      Excluir
  3. Somos 5000, com suas respectivas famílias,amigos, aliadas, concubinas, admiradoras, flertes. Temos condições de conseguir 80000 votos. Se virem, providenciem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, amigo, somos 10.000 entre ativos e inativos e mais nossas famílias

      Excluir
  4. O SISTEMA X POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES.
    O sistema percebeu a força política dos POLICIAIS e BOMBEIROS militares de Sergipe.Decidiu então tentar desqualificar o nosso parlamentar militar e desestimular que novos parlamentares militares surjam.
    O pensamento do sistema é, o militarismo não impediu que a tropa mostrasse seu poder de reivindicar e conquistaram uma das maiores batalhas já travada com a equipe governamental, quando a mesma queria emplacar apenas 5% de reajuste em 2009.E se essa tropa começar a dar voz com imunidade para alguns dos seus membros nos três parlamentos?
    Eu respondo, poderemos expôr e pedir providências em relação aos nossos problemas sem sofrer represálias, poderemos de igual para igual usar os parlamentos nas três esferas para propôr projetos, indicações, emendas, e o que mais for permitido a um parlamentar.Ainda assim não é possível resolver tudo de uma só vez, mas é possível pleitear em pé de igualdade, nem tudo será resolvido, mas algo vai dar certo, nem sempre a decisão tomada será a ideal, mas será legitimada por uma categoria.
    Bom pessoal, hoje é o sistema que sempre se valeu do militarismo para nos manter subservientes, contra a politização da nossa tropa, o que amedronta demais os poderosos que estão vendo correr por entre os dedos das mãos os escravos legalizados pela a aberração chamada legislação militar.Só depende de nós as eleições estão batendo à nossa porta, vote em um militar ou conceda poder a um estranho que sequer saberá falar sobre a nossa situação de militar, assim como acontece no meio jurídico, poucos advogados sabem nos defender em crimes militares, abraços
    Sgt Edgard

    ResponderExcluir
  5. SD DO FUTURO, VEJAM O QUE O SISTEMA QUER27 de junho de 2012 11:14

    PROMOTOR RENOVA PEDIDO DE PRISÃO PARA MILITARES.
    Promotor acha que PMs réus incitaram tropa à desobediência


    Adriano e Edgar: pedido de prisão preventiva (Foto: Arquivo Infonet)

    O Ministério Público Militar renova pedido de prisão preventiva do major Adriano Barboza Reis e do sargento Edgar Menezes em recurso interposto no Tribunal de Justiça contra decisão da Justiça Militar, que negou o pedido de prisão dos militares feito pelo MPM na primeira instância.

    No recurso, o promotor João Rodrigues Neto observa que os dois militares incitaram a tropa a boicotar o Pré-Caju e a recusar dirigir viaturas. Para o promotor, os dois militares se prevaleceram da condição de representantes de associações militares para promover o ‘incitamento’ à tropa, em desobediência à ordem do superior hierárquico.

    O promotor observa, no recurso, que a atuação dos dois réus em incitar a tropa a fazer o boicoite ao Pré-Caju e à recusa de dirigir as viaturas teve o “nítido propósito de pressionar o Governo do Estado a aprovar as reivindicações da categoria” relativas à definição da carga horária, concessão de adicional noturno e aprovação da Lei de Organização Básica, entre outros itens que estariam inclusos na pauta de reivindicação da categoria militar.

    “Como resultado do incitamento perpetrado pelos recorridos (os militares em questão), inúmeros policiais militares reuniram-se pra desobedecer ordens superiores e, em decorrência disso, estão sendo processados pela prática do crime de motim, em virtude de terem se recusado a dirigir as viaturas”, considera o promotor, no recurso.

    O promotor classificou como comportamento inadmissível a atuação dos dois réus, considerando que o boicote atingiu de forma gravíssima a hierarquia e a disciplina militares, além de comprometer o policiamento ostensivo e colar em risco toda a sociedade. “Portanto, a prisão dos recorridos se mostra necessária, também, para garantir a ordem pública, a qual segundo entendimento da doutrina, configura-se pela necessidade de se evitar que o agente em liberdade venha a praticar novos delitos”, justifica o promotor. “Busca-se, dessa forma, proteger o meio social e os interesses gerais da sociedade e garantir a credibilidade da Justiça”, complementa.

    O Tribunal de Justiça ainda não se manifestou.

    Fonte: Infonet (Cássia Santana)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SAIU A CLASSIFICAÇÃO CTSP,FUI PARA RECUPERAÇÃO POR PERSEGUIÇÃO DO INSTRUTOR DA DISCIPLINA,QUE É MEU VIZINHO E JÁ BRIGOU COM A MINHA FAMÍLIA,FICO REVOLTADO DE FICAR ATRÁS MESMO OBTENDO UMA MÉDIA MAIOR,QUERO FICAR NA PMSE,E SEI QUE ESSE FATO PODE ME PREJUDICAR MAIS NA FRENTE PARA PROMOÇÃO DE CABO,O EXEMPLO ESTA ACONTECENDO HOJE QUE A TURMA DE 1994,SÓ SERÃO PROMOVIDOS UMA PARTE...O MILITARISMO É FODA!

      Excluir
    2. Amigo 13:21 se vc que ficar na PMSE faça CFO ou aprenda a toca um instrumento musical e entre na banda de música,pois só assim vc poderá ter uma carreira ao longo dos anos,pois o quadro QPMP-0 combatente estão fodidos,pois tem a turma 1994,1995,1998,2002...a fila é grande,certamente vc não será promovido menos de 15 anos de efetivo serviço,desejo boa sorte.

      Excluir
    3. ...nem so de policia vive o homem...va empurrando com a barriga...(mesma tatica dos governantess..) estude e vamos cair fora desse inferno...!!!

      Excluir
  6. extra, a escala do palito vai ser de 12x36 para lascar com todos, vamos coneçar urgente greve branca e o movimento fora déda e palito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta escala é viciada, não roda. É uma escala maldosa que não permite descanso. Quem a sugeriu a nível de governo federal foi alguém sem conhecimento de causa atrás de um birô.
      Esta escala, se for esta, é viciada e totalmente fora da realidade policial militar.
      Vamos dizer que alguém coloque uma sugestão de que podemos atravessar uma avenida de olhos fechados e no sinal verde. Por estar na lei você faria isso? Claro que não.
      Iunes, não somos os vigilantes de sua empresa, mas profissionais de segurança pública. Nos respeite como homens e mulheres de bem. Eu não tenho medo da criminalidade, mas tenho da má índole que hora comanda a PMSE.

      Excluir
  7. Não consigo entender esses caras depois de 05 anos, o Comandante através do Adjunto da PM/3 e da Tenente Amanda conseguem publicar a ata de encerramento do CTSP e ainda reclamam, colocam a culpa nos instrutores para justificar a incompetência..., é Flórida, não sabem o que querem.

    ResponderExcluir
  8. UM FÃ DO TEMPO REI ( Que tudo responde )27 de junho de 2012 15:35

    Eita vida boa aperriada ! o governador além de perder a aleição da A.L. vai ter que negociar com Angélica guimarães, ele rodou a baiana, jogou os cachorros em cima dela e agora vai ter que engolir tudinho, portanto companheiros, Déda não manda tanto mais assim, a arrogância pertence a ele ! a destemperança, Ídem, ele agride todo mundo, nós estamos vendo tudo, mais a muito tempo ele não convence mais pelo discurso,falácia, retórica ou o que o valha. Se de ladinho, gritando, aloprando, não nos encomodemos mais ! a fixação do efetivo vai sair e nós que esperamos a tanto tempo por nossa promoção, enfim vai acontecer !, eu só sinto que o estado democratico de direito que Déda falou tanto, isso passou longe dele...

    ResponderExcluir
  9. ...manos e manas...e lideres ...vamos parar e ja...o governo quer ganhar tempo pra arrombar com a gente...se esperarmos...pela proxima turma ...awe é que vai arrombar mais ainda....pois vão ser 600 recrutas azedos fazendo tudoooooooo ...é o que eles querem e derigindooooooooo...acordem galera...!!!

    ResponderExcluir
  10. Enquanto isso nas ruas de Ará... Eu na viatura com a minha guarnição só no passinho do Martinho "É DE VAGAR, DE VAGAGARZINHO" !!!! Ui Deda chupe essa que é de uuuuuuva!!! Vc pode entregar viatura supersônica, para mim não importa, pois, meu rítmo e no SEMPRE VINTE, JAMAIS NO CENTO E VINTE!!!! Quem está nas ruas é o praça e poucos oficiais, portanto GREVE BRANCA JÁ!!! Não tem Deda, não tem palito e não tem Jack que me façam correr!!! É DE VAGAR, É DE VAGAR, É DE VAGAR, DE VAGARINHO!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Toda vez que entramos de serviço fazemos uma pequena reflexão para espantarmos o mau, pedimos proteção aos céus e pricipalmente pedimos proteção contra o Exu-Caveira que está sentado na cadeira de governador de sergipe!!! Dai então vamos para o serviço JÁ NO SISTEMA DE GREVE BRANCA, É SÓ ESPERAR O TEMPO PASSAR !! SÓ MUDAREMOS DE COMPORTAMENTO QUANDO O GOVERNO TER VERGONHA NA CARA, TER PALAVRA DE HOMEM E CUMPRIR COM O QUE PROMETEU, QUE É ATENDER AS NOSSAS REIVINDICAÇÕES!!

    ResponderExcluir
  12. O QUE DEVEMOS ESPERAR DE UMA PESSOA DESSA.
    Nome: Maurício da Cunha Iunes
    Entrou na PMSE: 1º de setembro de 1989
    (OBS: entrou na pm sem concurso publico ‘pela as portas dos fundos’ após a constituição de 1988, no governo de João Alves.)
    Naturalidade: Rio de Janeiro ( E até hoje fala Carioca )
    Perito em Escândalo: Foi denunciado por floro Calheiro por corrupção; foi denunciado por ter espancado estudante da UFS, Paulo Ítalo Lacerda Pontes, de 20 anos, recentemente foi denunciado pela a própria IRMÃ, que o denunciou na delegacia por espancamento e ameaça de morte contra a mesma.
    No último dia 04 de dezembro, o Ministério Público Federal requisitou à Polícia Federal a abertura de inquérito policial, com o fim de apurar eventual falsidade na constituição da empresa de vigilância União Segurança Patrimonial Ltda.
    Os indícios de falsidade vieram à tona com o boletim de ocorrência prestado por Sandra Regina da Cunha Delia, no dia de 02 de abril deste ano, quando insinuou que a firma em questão, da qual é sócia-administradora, pertenceria de fato ao seu irmão Coronel da PM Maurício da Cunha Iunes.
    CORONEL IUNES VAZA INFORMAÇÃO SIGILOSA E SERÁ PROCESSADO.
    Informação teria vazado numa reunião no QCG da PM. Paulo Márcio e Péricles podem ser os alvos
    Após uma informação anônima de que integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) estariam em Sergipe com a missão de assassinar um coronel da Polícia Militar eu um delegado de carreira da Polícia Civil, o portal Universo Político.com chegou à notícia de que os alvos podem ser o cel Péricles, ex-comandante da PM, e o delegado Paulo Márcio, ex-superintendente da Polícia Civil. Temendo por suas vidas, óbvio, os dois policiais confirmam que a informação vazou durante uma reunião que aconteceu ontem, quinta-feira, dia 4, no QCG da Polícia Militar.

    Presente à reunião, o coronel Péricles disse que não se sentiu à vontade diante da informação que chegou ao seu conhecimento, segundo ele, através do também coronel Maurício Iunes, que teria tomado conhecimento, segundo Péricles, através de uma escuta telefônica.

    "É muito preocupante esse fato vir à tona logo agora depois dos artigos de Paulo Márcio e das minhas declarações na imprensa acerca da inconstitucionalidade dos R-2, entre os quais está Iunes. Creio que esse fato é muito grave e tem que ser apurado com bastante cautela, por isso vou levá-lo até o Ministério Público Estadual, na pessoa do Dr. Deijaniro Jonas", revelou Péricles. Ou seja, para ele, o fato de estar, ao lado de Paulo Márcio, batendo de frente contra os R-2 pode ter gerado a ameaça.

    O delegado Paulo Márcio, por sua vez, não apenas assegurou que um militar lhe passou a mesma informação, após a reunião, como também lhe disse que o coronel Iunes não estaria muito satisfeito com ele por conta de um artigo postado em sua coluna aqui no Universo Político.com, no qual mostra que a presença dos R-2 na PM fere a Constituição, que vela o concurso público para o egresso no serviço público.

    "Ele disse que eu deveria me preocupar com a minha instituição. E que eu era esquizofrênico, e constantemente sou internado numa clínica psiquiátrica aqui na capital, tudo isso para me desqualificar e, assim, deslegitimar a nossa tese sobre a inconstitucionalidade dos oficiais não-concursados", disse Paulo Márcio, observando que alguns coronéis ligaram a ameaça ao caso R-2.

    O delgado Paulo Márcio prometeu processar o coronel Iunes nas justiças cível e criminal, uma vez que, no seu entendimento, não há dúvida que o oficial o ameaçou e ofendeu sua honra pessoal. Paulo também prometeu procurar o promotor Deijaniro Jonas, curador do Controle Externo da Atividade Policial e, se for necessário, a Polícia Federal e a Comissão de Segurança Pública do Congresso Nacional. "Não posso descuidar: Iunes tem um histórico de violência e crimes como esses não podem ficar impunes", disse.
    ESSE É O NOSSO COMANDANTE.

    ResponderExcluir
  13. Capitão do interior27 de junho de 2012 17:05

    Obrigado Déda por tudo que fizeste pela nossa briosa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ FALANDO SÉRIO CAPITÃO?

      Excluir
  14. Essa escala e o fim da Grae e e o começo do trabalho escravo de graça em eventos e as empresas de Palito vai ficar cada vez mais rico e em fim vamos da ao sr déda a maior derrota já vista em Aracaju.

    ResponderExcluir
  15. NOVA CANÇAO DA PMSE27 de junho de 2012 17:27

    EU SOU UM FILHO SEM SORTE
    QUE SÓ NASCI PRA SOFRER
    VIVO TRISTE E ABANDONADO
    SOFRENDO SEM MERECER
    PRA MIM NÃO EXISTE FESTA
    COM UMA ESCALA COMO ESTA
    É MUITO MELHOR MORRER

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk boa!

      Excluir
  16. Iunes se vc colocar a escala de 12X36 90% da policia vai parar e eu sou mais um... não somos os seus escravos da união ok... vc que sabe!

    ResponderExcluir
  17. Oficial Legitimado.27 de junho de 2012 17:45

    Iunes olhe bem o que vc vai fazer... Vc ainda esta com uma moralzinha na pmse... vc vai terminar sozinho pois a policia vai se voltar contra vc e os indices de criminalidade infelizmente vão crescer mais ainda... haja com a razão...

    ResponderExcluir
  18. CONVERSA DO Cel. IUNES COM O Cel. JACKSON

    Está cada vez mais difícil manter uma aparência de que sou um homem democrático. Não sou assim, e, no fundo, todos sabem disso. Eu mando e desmando nesta PM. Faço e desfaço. Tudo de acordo com minha vontade. Não admito ser contrariado no meu querer. Sou mentiroso, autoritário e vingativo. E daí? Eles nunca fazem nada. No máximo vão reclamar no BLOG de MERDA. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    No entanto, por conta de uma democracia de fachada, que nós temos que demonstrar para a sociedade, somos obrigados a manter também uma fachada do que não somos. Não suporto cheiro de SUBALTERNOS, reivindicando seus direitos constitucionais. Por isso, agora, eles estão sabendo e vendo o porquê que temos que aparecer na mídia diversas vezes, com cara de bom moço, é para mostrar que estamos certo e esse trouxas estão errados; Nós temos é que pisar neles, humilha-los mesmo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Minhas terras cresceu demais, sou dono de empresas de vigilância e segurança, usamos a PM para dar segurança aos nossos clientes, temos que aproveitar e ganharmos muito dinheiros as custas desses babacas. Kkkkkkkkkkkkkkk.
    Por isso, precisamos apertar a escala cada vez mais, diminuir o máximo possível a folga deles. Devemos manter nossa autoridade de coronel nem que seja na base da chibata. Agora somos nós temos a oportunidade de ganharmos bastante dim dim com as grades festas. Já conseguimos muitos bens matérias através da PM e temos que ganharmos mais, apesar de alguns pensarem que o que temos foi só através do dinheiro público. Somos nós que mandamos e desmandamos na PM, somos os patrões maiores. Somos nós quem nomeia, quem transfere. Quem pune. Somos nós que decide quem vai ser os nossos bajuladores, capangas, serviçais de todos os níveis e bobos da corte para comandar os batalhões e companhias. E ainda tem os cabras safados que vem entregar seus companheiros para nós, pensando que vai ter algum beneficio da gente. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Às vezes sinto que alguns poucos escravos PM, até pensam em nos contrariarmos. Uma afronta. Ameaçam, fazem meninice, mas o medo deles é maior. Logo esquecem a raiva e as chibatadas. No fundo, eles sabem que nós temos o poder. Temos nas mãos a lei, a justiça, e um bando cada vez maior de puxa-sacos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabéns irmão texto bem bolado do cabrunco, é a pura verdade.

      Excluir
  19. RESUMINDO TUDO QUE FOI POSTADO NO BLOG DO CAPITAO MANO, TANTO EM EDIÇOES ANTIGAS COMO NESTA EDIÇÃO.NOSSA POLICIA ESTÁ CARENTE DE HOMENS DE VERDADE, HOMENS COM MORAL, HOMENS ETICOS, HOMENS DE VERDADE, ESTAMOS DESMOTIVADOS, DESMORALIADOS, FALIDOS, E ETC... QUE DEUS ABENÇOE TODOS NÓS. O CORONEL IUNES DEU UM TIRO NO SEU PROPRIO PÉ...COITADO...O MAIS RAPIDO COMANDANTE NO COMANDO...DEUS ABENÇOE A TODOS...SOLDADO DESMOTIVADO, FUDIDO, DESILUDIDO, DESMORALIZADO, E TUDO MAIS...SÓ DEUS...

    ResponderExcluir
  20. OFICIAL DO QUADRO DE SAUDE TAMBEM ENGANADO, DESILIDIDO, ETC28 de junho de 2012 01:25

    TIVEMOS HOJE A TARDE UMA REUNIÃO COM O CMT GERAL E O GOVENADOR,RESUMINDO:
    1- O GOVERNADOR MANDOU FORMAR UMA COMISSÃO PARA RESGATAR A FUNCIONABILIDADE ADMINISTRATIVA DO HPM COM PRAZO DE DOIS MESES PARA ENTREGA DO RELATORIO.
    2- ESTA PARA OS MEDICOS: "FISCALIZAR" COM MAIS "ATENÇÃO" OS ATESTADOS MEDICOS
    DESMOTIVADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OFICIAIS MEDICOS DE CORAGEM, ATESTADO DE SAUDE É UM DOCUMENTO UNIVERSAL E SAGRADO, ESSES OPRESSORES QUEREM MANDAR NA NOSSA SAUDE FRAGIL E DESTRUIDA POR ESSE SISTEMA IMUNDO, NAO SE RENDAM A MAIS ESSA ABSURDA "DETERMINAÇÃO". ATESTADO SEMPRE QUE NECESSÁRIO DOA A QUEM DOER...QUE DEUS NOS PROTEJA!

      Excluir
  21. voce precisava ver a cara o tc lincoln quando deda falava sobre a ingerencia administrativa do HPM: cara de abilolado!.

    ResponderExcluir
  22. NOVO PROJETO DO CÓDIGO PENAL LIBERA PEQUENOS TRAFICANTES DE DROGAS,AMENIZA CRIMES QUALIFICADOS, ABORTOS ETC.AGORA IMAGINE 1 PM TOMANDO CONTA DESTE CAOS.
    ALEM D 1 REGULAMENTO BRUCUTU, Q NAO DA BRECHA PARA O SUBORDINADO S MENIFESTAR COERENTIMNETE.

    ResponderExcluir
  23. MEUS AMIGOS, O NEGÓCIO É O SEGUINTE; TRABALHO EM UMA CIA E AO CHEGAR NA CIDADE FUI ABORDADO POR UM COLEGA QUE ME SAUDOU E PERGUNTOU SE ESTAVA PASSEANDO, FUI ENFÁTICO, NÃO MEU PEIXE EU TRABALHO AQUI. MEU COLEGA ESPANTADO ME ENDAGOU, MAS COMO NUNCA TE VI? FALEI PRA ELE; É QUE SÓ SAIO ÀS RUAS QUANDO CHEGO OU QUANDO VOU EMBORA, RSRSRSRS.
    MORAL DA HISTÓRIA:
    GREVE BRANCA GERAL!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OPS, CORRIGINDO (INDAGADO).

      Excluir
  24. Permissão senhor comandante em chefe.

    que vergonha coronel.

    ResponderExcluir
  25. LIGADO NO MOVIMENTO28 de junho de 2012 07:54

    CORONEL IUNES, SE VC FOR NA ONDA DO GOVERNADOR VC TA FERRADO. PENSEI QUE VC FOSSE MAS INTELIGENTE.

    ResponderExcluir
  26. Será que o Governador e o Comando não enxergam que HPM te que ser gerido por um medico, gestão de fato, não e porque é um hospital para "militar" que tem que ser chefiado por um oficial. Que ponha o oficia no lugar que deve ser posto mas para administrar tem quer ser GESTOR!

    ResponderExcluir
  27. Senhores estive hoje no HPM para o humilhante ritual de passar pela junta médica para ser promovido depois de 18 anos de serviços prestados a sociedade sergipana;e aqui nao me refiro à consulta realizada pelos médicos q hoje graças a uma nova geração de oficiais de saúde nos atendem em sua grande maioria com dignidade, profissionalismo e respeito; Obeservei ao meu redor policiais em sua grande maioria desgastados, doentes clinica, mental e fisicamente (E AQUI MINHA SOLIDARIEDADE COM OS DESTITUIDOS COMPANHEIROS DO NAPSS), desmotivados e com um imenso sentimento de desiluzão e descrédito com a instituição e seus cmts, eu não sei qual será o nosso futuro! mas com certeza naõ aguentamos mais esse sistema falido e que só alimenta as VAIDADES INDIVIDUAIS DOS "SUPERIORES", instituido como MILITARISMO. Criado nos primordios das civilizações e que tinham um unico proposito reprimir as IDÉIAS E DESTRUIR OS INIMIGOS.Que DEUS nos proteja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A TODOS OS PRAÇAS DA PM, VAMOS ESQUECER PROMOÇÃO, NÃO É MELHOR GANHAR IGUAL A UM PC, PRA QUE ESSA IDIOTIÇE DE CABO, SARGENTOS POR FAVOR ACORDEM, VAMOS FINGIR QUE TRABALHAMOS E QUE SE FODA ESSA PM FALIDA.

      Excluir