sábado, 19 de maio de 2012

Quando o reserva entra em campo e faz um golaço - parte 5


Tem jeito não, pelo visto teremos que fazer um plebiscito dentro da PM e do CBM pela permanência do Dr. Leydson Gadelha no Ministério Público Militar. 

Fazemos a defesa do douto promotor não querendo que ele "alise" militares estaduais que deixaram de cumprir com seu dever - muito pelo contrário! - mas pela coragem em peitar, por exemplo, as velhas malandragens realizadas por superiores hierárquicos que ficaram encobertas sob o manto do mau militarismo.

Vamos ao golaço de hoje:

REQUISIÇÃO Nº.: 87/2012
PROEJ Nº.: 94.12.07.0087
IPM N° 041/2011
TJ n° 201220690087
ANEXO: CÓPIA DO RELATÓRIO DE MISSÃO POLICIAL E DO TERMO DE DEPOIMENTO DO CEL. VIEIRA
Ao Ilmo Sr. Superintende Regional de Sergipe,
Delegado da Polícia Federal José Grivaldo de Andrade
Senhor Superintendente,
Tramita nesta 6ª Vara Criminal o Inquérito Policial Militar nº. 201220690087, o qual apura a suposta prática de crime militar pelo Cel. QOPM Antônio Vieira dos Santos, o qual,no dia 30/09/2012, véspera das eleições, teria liberado motocicletas apreendidas no 3º BPM (Itabaiana) a pedido de candidatos à eleição, a exemplo da candidata a Deputada Estadual Maria Mendonça.
Ao ser ouvido, o Cel. Vieira informou que já havia sido ouvido acerca dos fatos na Polícia Federal, colacionando aos autos cópia do seu termo de depoimento, o qual segue em anexo.
Diante disso, a fim de melhor instruir o feito que tramita nesta 6ª Vara Criminal (Auditoria Militar), O MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR, por conduto do Promotor de Justiça Militar subscrito, REQUISITA, com fulcro no art. 129, incisos VI e VIII, da CF, art. 26, incisos II e IV, da Lei 8.625/93, art. 40, inciso X da LC 02/90 e art. 26 I, do CPPM, que Vossa Senhoria, NO PRAZO DE 15 DIAS,encaminhe cópia integral do Inquérito Policial instaurado pela Polícia Federal para apurar os fatos (IPL 0098/2011).
Aracaju, 30 de abril de 2012.
LEYDSON GADELHA MOREIRA
Promotor de Justiça Substituto
Polícia Federal – Superintendência Regional de Sergipe
Avenida Augusto Franco, nº. 2260, Bairro Siqueira Campos
CEP: 49075-100, Aracaju/SE


QUE DEUS NOS AJUDE, OLHE POR NÓS E CONTINUE ILUMINANDO O JOVEM PROMOTOR!


79 comentários:

  1. SOU SARGENTO E ESTOU A 09 NA MESMA GRADUAÇÃO, OU SEJA PREJUÍZO NA CARREIRA, É INADIMISSÍVEL O DESCASO DOS COMANDANTES E DO GOVERNO COM A TROPA. O FATO DE TERMOS SOLDADO COM 18 ANOS NA CORPORAÇÃO E QUE AINDA NÃO FORAM PROMOVIDOS É A PROVA CABAL DESSE DESCASO!!!! JÁ QUE O GOVERNADOR ASSINOU UM OFÍCIO DETERMINANDO UMA DATA PARA RESOLVER OS NOSSOS PROBLEMAS, CRIANDO EXPECTATIVA NA TROPA, E JÁ QUE ELE NÃO CUMPRIU FRUSTRANDO A TODOS, NÓS AGORA TEMOS CONDIÇÕES DE MOSTRAR PARA SOCIEDADE QUEM É QUE NÃO TEM COMPROMISSO COM A SEGURANÇA PÚBLICA!!!! "PARA CADA AÇÃO EXISTE UMA REAÇÃO"!!! DIA 26 VEM AI E O FORRÓ TAMBÉM !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega estenda suas mãos para os céus por já ser sargento, em parte é por conta de concursos fraudulentos os quais muitos oportunistas deram o capote nesses sofredores (soldados com quase 18 anos de serviço e ainda não foram promovidos) que na época não acreditaram ou não tinham dinheiro para comprar um gabarito ou contratar um advogado especulador para terem acesso aos diversos cursos em andamento por força de liminar ou acordões judiciais e hoje está esse caos na PMSE.

      Excluir
  2. O QUE E ISSO COXINHA ?
    ACUSANDO A AUTARQUIA DO TEN. FOMES PEQUENO!
    ESTE TEN. É UM CAMINHÃO DE ARROZ CHEIO DE GORGULHO!
    ESTE TEN. É UM CHURRASCO DE PELANCA!
    ESTE TEN. É UMA MOQUECA DE BAIACU!
    ESTE TEN. É UM CESTO DE PÃO MOFADO !
    ESTE TEN. É ......
    NÊ NÃO DOQUINHA?
    É SIMMMMM !
    CUIDADO COM ELE !
    RATO GABIRU PARA ELE É FICHINHA.
    NÃO TEM RATOEIRA OU LINGUÁ AFIADA , O NOME DELE É TEN. COXINHA...
    COMIGO E ASSIM, TEN. FONTES NÃO PROCEDEU A TESOURA COMEU...
    VAI,VAI,VAI TIM BORA PEIDO AZEDO!

    ResponderExcluir
  3. CADE A CARNE QUE TAVA AQUI ?
    O RATO COMEU !
    CADE A FRUTA QUE TAVA AQUI?
    O RATO COMEU!
    CADE O DOÇE QUE TAVA AQUI?
    O RATO COMEU!
    CADE OS MOVEIS DO BATALHÃO ?
    O RATO COMEU!
    CADE OS COLCHÕES DO ALOJAMENTO?
    O RATO COMEU!
    O RATO COMEU....
    O RATO COMEU....
    O RATO COMEU....
    E ESSE RATO TEM NOME?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk, que resenha!!!!

      Excluir
  4. Só falta o Promotor desarquivar o Processo do Concurso para o CFS/1997, onde indiciava alguns pela prática de fraude.

    ResponderExcluir
  5. Quando tudo estava perdido, quando a esperança perdeu as asas surge no fundo do poço uma luz pequena cheia de vida que brilha na escuridão do inferno (Palácio), oramos para que não se apague, para que não se venda, para que não se submeta aos sutis vermes que corroê o erário publico e a dignidade dos servidores inocentes.

    A você é merecida a Excelência por assim o ser, que DEUS proteja e ilumine a você e toda sua família.

    Essas palavras são de coração que no momento devo e quero externar ao Promotor de justiça Leydson Gadelha Moreira.

    ResponderExcluir
  6. Aii recrutas! Lembram quando vcs eram paisanos e quando o assunto era policia sempre ouviam e defendiam que os policiais são quase todos marginais?! Lembram disso?! Eu pergunto, o que estão sentindo agora, ao verem os colegas que agiram legalmente na prisão do advogado que desacatou a guarnição, foi preso, reagiu a prisão e teve que ser algemado para que fosse garantido sua integridade e a dos policiais? E mais, agora somos chamados de marginais, bandidos por ter colocado ele no CAMBURÃO (isso é expressão da época da ditadura pra dar uma conotação de arbitrariedade, pq até onde sei todo preso é conduzido na viatura mesmo, seja ladrão de frango (pq ninguem cria mais galinha), seja vereador, seja advogado desacatador de autoridades)..
    Pois é começei falando isso tudo pq lá no site da infonet tem uma materia da OAB protegendo os seus e repudiando a ação da PM (e depois falam que nós que somos corporativistas) e nos comentários um cidadão me deixou indignado pq disse que 80% dos policiais são marginais! Vai ter concurso e chegarão novos recrutas e esses já irão carregar toda a ditadura nas costas como se tivessem participado com afinco.
    Ah!! Só pra terminar, já que falei em ditadura.
    O povo brasileiro é acéfalo mesmo...Dilma receber indenização por ter sido pega e troturada pelos militares?!?1 QUE É ISSO MEU DEUS! A mulher passou a mão em armas, a mulher matou, ela era um soldado. E quanto as pessoas que ela matou?! Suas famílias receberão indenizações?!?!? Lula foi espancado? Não sabe pq. Ele não pertencia a luta armada, mas sempre vemos imagens dele em palanques, disseminando suas ideias e nem por isso os militares o mataram, o prenderam nada. Na ditadura ocorreram movimentos estudantis. Quero ver o povo se rebelar contra Fidel. O cara matou muita gente e não tolera nenhuma opinião politica contrária ao seu império. Tche nem se fala! E essas porras são ícones de liberdade. É fo..!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo é sego devido essa nossa imprensa parcial, que obscurece, se não fosse os militares talvez aqui fosse um Cuba foi com a síndrome de preso políticos que legislaram tantas brechas na lei que desmoraliza as instituições e valoriza quem tem dinheiro para comprar tudo e todos. Temos o que ainda merecemos!

      Excluir
    2. então kara, faça que nem eu foda-se o sistema, foda-se as autoridades estabelecidas, foda-se os hipocritas da sociedade e não faça nada por essa pmse pois não vale a pena... Se os policiais tivessem feito que nem eu, só olhassem dessem um disdobro e fossem embora não estariam passando por tudo isso... essa oab e altamente corporativista e corrupta pois defende um vagabundo bebado...

      Excluir
  7. Atualmente, a pena para o crime de desacato a servidor no exercício de sua função ou em razão dela é de seis meses a dois anos de detenção ou multa. Com a mudança, se o crime for classificado como injúria, a pena será de seis meses a um ano e multa. Se considerado como injúria qualificada, a pena será de até três anos e multa.

    ResponderExcluir
  8. UM ALERTA PARA OS RECRUTAS 2006/2007 DESCUBRI LENDO TODOS OS BGOS ANTIGOS QUE NOSSA ATA NAO FOI PUBLICADA PEÇO AJUDA A VCS PARA PEDIR PROVIDÊNCIAS PARA ESSA PUBLICAÇÃO FAÇAM REQUERIMENTO PARA PM3, CAPITAO MANO DESDE 11.09.2006 ESTAMOS PPOR AQUI E ATE HOJE SOMOS ALUNOS DA PMSE POIS A NOSSA ATA DE ENCERRAMENTO NÃO FOI PUBLICADA PORQUE OS PEIXES ALGUNS E ALGUMAS PFMES NAO TIRARAM A HABILITAÇÇÃO EM TEMPO HABIL ENTÃO TODO CORONEL QUE CHEGA NA PM3 E REFEITA UMA REVISÃO NA ATA E VOLTA DA AJUDANCIA ALGO TEM NISSOA AI VAMOS COMEÇAR A MEXER E SI NAO PUBLICAR VOU ENTRAR NA JUSTIÇA E PEDIR ATE RECLASSIFICAÇÃO POIS TEM GENTE DE SEGUNDA EPOCA COM NUMERO MAIS ANTIGO COM O MEU ESTA UMA BAGUNÇA JA INVESTIGUEI VIU PM3 AS COISAS ESTÃO NA MÃO VOU COMEÇAR POR AQUI. SD RECRUTA D LAGARTO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece uma piada! esse Alerta do recruta de Lagarto,até parece que essa merda de classificação vai nos trazer alguma coisa,Vc deve ser um desses praças que quer passa 30 anos na PMSE,boa sorte colega,vamos torçe que as coisas melhorem,sou da sua turma de CTSP OU CFSD,não importa é duas bosta,pura baboseira,o curso é ridículo, não aprendi porra nenhuma..."marcha soldado cabeça de papel,se não marcha direito,vai preso no quartel,o quartel pegou fogo o palhaço deu sinal,acuda,acuda a bandeira nacional..." Patati patata,não aprendi nada de Direito,nada de legislação institucional,nada técnicas policiais,nada de técnicas de tiro...aprendi a ser um soldadinho de cumbo,direita volve,esquerda volve,meia volta volve,descancar,sentido...va pra puta que pariu!Hoje estou estudando 6 horas por dia para sair da PMSE,me formei em Direito na UFS,no final de 2011,vou fazer OAB...não tenho ilusões com ascensão na PMSE,veja o exemplo dos soldados de 18 anos,porque nossa turma será diferente?,estude para sair recruta de Lagarto,não fique com perspectiva,pois isso daqui a 12 anos,quando vc estará fazendo 18 anos de PMSE,e ainda SOLDADO de polícia,será frustante!não é pejorativo ser soldado,é pejorativo é esta em uma instituição hierarquisada com 12 patentes e graduações e vc chegar quase 2 terços de efetivo serviço (20 anos dos 30 anos) par ir par reserva e galgar 0 graduações,não tem concurso interno,não tem valorização,sabe colega a coisa que mais me deixa feliz quando vejo um companheiro pedindo licenciamento a pedido por ter passado em um concurso público,e não são poucos,acredito que da última turma de soldado já saiu uns 50 a 60 homens,agora ficar preocupado com antiguidade,com número mais antigo,mais moderno,em que mundo vc vive?vá pra puta que pariu,vá toma no ??????.

      Excluir
    2. E buda mole 19 de maio de 2012 12:34 nos somos desunidos mesmo vc é aluno ainda vai embora aluno xau, depois posso dar na sua cara quem sabe não serei eu advogado das 19 de maio de 2012 12:34kkkkkkkkk va vc filha da puta sem compromisso com nada.
      Saia que eu estou estudando tb quem sabe para ser um federal mais dessa pm o orgulho ta na minha mesa pois eu nao tinha muito si vc tem otimo mais a critica tem que ser feita a quem esta abitolado com a PMSE eu to com meu livro aberto todos os dias. Nada na vida é fácil por que vou facilita pra esses oficiais que estão ai e nao querem publica a ata por qque tem peixe que não tirou habilitação va si arrombar fulero das 19 de maio de 2012 12:34.

      Excluir
  9. Acho que nos julgam a semelhança do ex-cmt que tinha nota 3,16 e ainda de caneta e que levou 10 anos para pegar o canudo de bel em direito.

    ResponderExcluir
  10. Que ótimo que temos pessoas que estão cumprindo seu papel dentro do judiciário! Que os maus policiais sejam afastados da Polícia, e quem dever que pague! É injusto nossa carta magna proclamar uma coisa e o RDE querer aplicar outra! Cremos na democracia, mas estamos muito longe dela! Enquanto tiver um filho de Deus passando fome, sem moradia, sem educação, sem saúde, sem segurança, essa tal de democracia não irá existir!

    ResponderExcluir
  11. "DESPREPARO INTELECTUAL"

    O tema é sugestivo de analise, e como o que eu afirmo é notório (não necessita de prova) voltamos ao passado recente:

    Há alguns anos atrás as denominações Comando do Policiamento da Militar da Capital-CPMC e Comando do Policiamento Militar do Interior-CPMI eram denominados CPC e CPI respectivamente não existiam "Militar".

    Como foi que nestas siglas apareceu o termo "Militar"?

    PASMEM; um certo dia numa emissora de radio, surgia uma discussão entre ouvintes que se diziam serem policiais civis e militares, e em certo momento o suposto policial civil questionou o policial militar discordando deste, dizendo que o comando do policiamento da capital era o superintendente da policia civil, razão pela qual foi alterada a denominação CPC para CPMC e CPI para CPMI a quais permanecem até hoje.

    Fazendo uma analise do ponto de vista legal, vejamos:
    CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SERGIPE TÍTULO IV
    DA DEFESA DO ESTADO, DO CIDADÃO E DA ORDEM PÚBLICA CAPÍTULO I

    DA SEGURANÇA PÚBLICA
    Art. 125. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas, do patrimônio e das garantias fundamentais, através dos seguintes órgãos:

    I - Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 13 de 1996).

    Art. 126. A Polícia Militar e o Corpo de bombeiros Militar, são forças auxiliares e reserva do Exército, são instituições permanentes e regulares organizadas com base na hierarquia e disciplina militares, competindo-lhes respectivamente: ( Redação dada pela Emenda Constitucional nº 13 de 1996).

    § 1° - Polícia Militar: (Inclusão dada pela Emenda Constitucional nº 13 de 1996) .

    I - planejar, dirigir, coordenar e fiscalizar, através de seus órgãos próprios, dentre outras, as atividades de polícia ostensiva de segurança, de trânsito urbano e rodoviário; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 13 de 1996) .

    II - executar atividades de polícia ostensiva, relacionadas com a prevenção criminal, preservação, restauração da ordem pública; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 13 de 1996).

    Art. 127. A Polícia Civil, a quem incumbe exercer as funções de polícia judiciária e promover a apuração das infrações penais, exceto as militares, será dirigida por delegados de polícia de carreira, cujo ingresso se fará mediante concurso público de provas e títulos, observada, nas nomeações, a ordem de classificação.

    CONCLUSÃO: Não havia necessidade de mudar a denominação CPC para CPMC e CPI para CPMI, como descrito acima a policia ostensiva é a militar e a policia de apuração é a civil, contudo a falta de conhecimento somado à subserviência de alguns fez com que o CMdo daquela época se submetesse a ingerência de outros órgãos administrativamente.

    Comando do Policiamento da Capital; não atinge de maneira nenhuma a policia de apuração porque eles não executam policiamento ostensivo, vejam “Polciamento”: Ato ou efeito de policiar (v. tr. e pronome) da uma ideia de ostensividade.

    DICIONARIO; Ostensivo: adj. Que não se esconde; que se quer mostrar; que se patenteia.

    Portanto, diferente da policia de apuração a ostensiva tem sim um Comando do Policiamento da Capital, e em nada interfere nesse contexto a outra.

    ORGULHO: Não vou aqui me vangloriar, a constituição de sergipe citou primeiro a minha a nossa Policia Militar primeiro do que as outras instituições de segurança publica, partindo de um principio de que quem esta na frente não esta atras somos 1º colocado, kkkkkkkkkkkk, apesar de que se falar em dinheiro lembro-me do velho ditado que diz "os últimos serão os primeiros" e nesse aspecto reconheço minha decepção que não é de agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Texto medíocre da porra!!! Isso deve ser coisa de gente lesa.

      Excluir
  12. Ontem foi publicado num blog do C N no infonet sobre prisão de advogado:

    "Comando afirma que vai apurar arbitrariedade"

    como essa postagem seria se houvesse ética,isenção e não pré-conceito:


    "Comando afirma que vai apurar 'suposta' arbitrariedade"

    "impressa de qualidade" ?

    ResponderExcluir
  13. Tomara que o novo Comandante Geral reveja a anomalia das áreas de atual da Cptur e Gaivota. Um absurdo uma vtr da Gaivota sair da Zona de Expansão atender uma ocorrência próximo do Shoping Riomar, enquanto 3 viaturas da Cptur ficam fazendo patrulhamento somente na avenida Santos Dumont.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaivota já não dá conta da área deles quanto mais da coroa do meio. Também concordo.

      Excluir
  14. NÃO VEJO COM BONS OLHOS ESSE NOVO COMANDO,POIS ELE É TÃO POLÍTICO COMO OS OUTROS,E JÁ VEM AS ASSOCIAÇÕES COM CONFIANÇA NESSE COMANDO,JÁ TO VENDO NA PROXIMA ASSEMBLÉIA ,MAIS UM PEDIDO DE VOTO DE CONFIANÇA,E TRABALHAREMOS NOS FESTEJOS JUNINOS COM A CARA DE RAPARIGA DENOVO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como foi no carnaval não é CAPITÃO SAMUEL,e depois tome bando de otário o CÓDIGO DE ÉTICA

      Excluir
  15. Sugestões para aumentar o policiamento ostensivo da PMSE: Policiais Femininas e Oficiais nas ruas, pois a maioria vivem aquartelados; pessoal do administrativo tirar também serviço ostensivo; colocar o pessoal com restrição médica no serviço administrativo; retirar o pessoal desviado da função (TJ, PGE, TC, Prefeitura, a disposição de Políticos,Casa da Tia Vanda,etc) para trabalhar nas ruas; retirar os PM's das delegacias, dos Presídios, das Secretarias,os Estafetas, os motoristas de Oficiais, e aqueles que exercem funções de "papel", por exemplo comandante de PAC, comandante de destacamento, etc. Quem tiver mais alguma sugestão, fique a vontade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os requerimentos de estabilidade, 1º reengajamento, 2° reengajamento, uniforme, férias, solicitação de dispensa entre outros documentos agente pede pra sua mãe né?! Nem todos que tem reestrições médicas sabem trabalhar (ou não querem trabalhar) no serviço administrativo e mais não tem baixados suficiente para cumprir o que vc quer. Deixe de ser imbecil pq o problema da PM é FALTA DE EFETIVO! FALTA DE CONCURSO! Não é remendando que se resolve.

      Excluir
  16. bando de idiotas, lembrem-se que numa seção, por exemplo, que existe um oficial chefiando, existem no mínimo 5 praças.

    na próxima encarnação quero ser praça

    o bando de viadinhos recalcados

    vão estudar

    por enquanto, ficarão recebendo ordens dos oficiais

    dentre estes oficiais existem, r2 que não fizeram concurso, de academia com nota abaixo de 4, QOA muitos brocos, que não sabem fazer um O com o copo

    porém, todos oficiais e dando ordem em praças

    mas também tem os oficiais de verdade, com notas excelentes, compreensivos, competentes, admirados, lindos etc.

    ResponderExcluir
  17. ninguém fala mais de rasputim e seus asseclas

    ResponderExcluir
  18. ACABAR COM O HPM QUE NÃO SERVE PARA NADA E COLOCAR OS PMS NA RUA.

    ResponderExcluir
  19. eita que o escrivão, que recebe propina anda lendo o blog de novo

    depois então que desviou dinheiro do sindicato, ficou mais valente ainda

    ResponderExcluir
  20. COMO PROVAR NA JUSTIÇA QUE O ESTADO ESTAR ENRIQUECENDO AS NOSSAS CUSTAS,POR EXEMPLO:TRABALHO 196 HORAS,NAO TENHO DIREITO A FÉRIAS,LISENÇA ESPECIAL,QUANDO TRABALHO HORA EXTRA O ESTADO PAGA QUANDO QUER.OLHE PARA ISTO JUIZA DA SEXTA VARA.

    ResponderExcluir
  21. Publicado em: 19/05/2012 17:59:31
    JORNALISTA LEVADO À DELEGACIA EM TOM DE REVANCHISMO POR PARTE DE POLICIAIS.

    O jornalista Cezar Gama emitiu nota, neste sábado (19) relatando o episódio que ocorreu entre ele a policiais militares, em um bar localizado na Orla de Atalaia. Cezar desmente que tenha sido preso, algemado e levado para a Delegacia Plantonista, mas que seguiu a viatura da PM, dirigindo o seu carro, quando foi liberado pelo delegado plantonista, depois do termo circunstanciado.

    Cezar portava uma pistola, devidamente autorizada através de um porte federal de arma e se identificou ao Cabo Correia, que não aceitou a identificação pessoal através da identidade profissional da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), alegando que a “carteira não servia para nada”.

    Cezar Gama, em sua nota, narra com fidelidade todo o episódio – e constrangimento – causado por policiais, que o conheceram do tempo que fez uma reportagem sob o título “A Missão”, que denunciou ação criminosa de policiais ocorrida há 20 anos, o que provocou a demissão de vários deles.

    Segundo Cezar, o cabo Correia o conheceu e o classificou de inimigo da Polícia Militar e agilizou um tenente e um capitão para tratar sobre o assunto. Com o porte de arma considerado normal, o jornalista foi solicitado a se retirar do bar onde se encontrava, sob o argumento de que era um local em que servia bebida alcoolica e não era adequado para a sua permanência com arma de fogo.

    Cezar recusou a solicitação do policial e foi tratar do problema na Delegacia Plantonista, já que se viu tolhido do direito de ir e vir. O próprio delegado que o atendeu estranhou a razão que o levou a seu gabinete e considerou o caso surreal.

    ResponderExcluir
  22. A VERSÃO DE CÉSAR

    No dia de hoje, 19 de maio de 2012, me encontrava no estabelecimento da Orla de Atalaia conhecido por Cleide Lanches, onde ouvia músicas, fazia um lanche e tomava uma cerveja, em que estavam apenas mais dois outros clientes no local. Na ocasião, fui abordado no interior da casa por um grupamento da Polícia Militar, comandado pelo Cabo Correia, que imediatamente foi ao meu encontro perguntando-me se eu estava armado. Informei que sim e apresentei-lhe meu porte federal de arma, válido até dezembro de 2012, que está em vigor há mais de 20 anos - sendo renovado periodicamente, juntamente com meu documento de identidade profissional da Federação Nacional dos Jornalistas, que o cabo disse não servir para nada, em sua opinião, por não ser um documento válido - um absurdo - razão pela qual insistiu em que eu deveria apresentar outro documento de identidade.

    Ato contínuo, o cabo solicitou a arma, uma pistola, para conferir a numeração do documento, quando lhe retruquei que era melhor que fossemos ao banheiro, para que os clientes que estavam no local não se assustassem com o fato. Em seguida, apresentei-lhe a arma no local onde sugeri que todos fôssemos. Após conferir a numeração com o documento do porte em vigor, o cabo devolveu-me a pistola e disse-me que esperaria a chegada de um tenente para conversar comigo.

    ResponderExcluir
  23. No tempo em que esperávamos a chegada do oficial superior, um dos policiais militares afirmou me conhecer de longa data, pois eu teria sido um dos responsáveis pela ascensão do jornal Cinform no período em que denunciei um grupo de extermínio que atuaria no pelotão de choque da Polícia Militar. Logo a seguir, o cabo que chefiava a ronda, olhando para mim e sem o mínimo constrangimento, afirmou em tom acusatório: o senhor é inimigo da Polícia Militar!

    Não pude me conter. Argumentei-lhe que de modo algum era contra a corporação, mas sim contra os maus policiais que infestavam a instituição e que, de arma em punho, fardamento, porte autorizado e pagos pelo contribuinte, cometiam crimes contra inocentes à revelia da lei e da justiça.

    O cabo não gostou das minhas palavras e disse-me que, após as denúncias que fiz contra o grupo de extermínio no pelotão de choque, ele, que à época também fazia parte do pelotão, substituiu alguns dos colegas que foram afastados por conta das denúncias, afirmando ainda que nunca teria feito parte das operações que foram alvo das acusações.

    Logo após, chegou um tenente, que informou estar de fato o meu porte federal de arma em dia, mas solicitou que eu me retirasse do local, pois como no ambiente ocorria a venda de bebidas alcoólicas, eu não deveria permanecer ali, ainda que estivesse com porte. Disse-lhe que estava me sentindo constrangido e tolhido no meu direito de ir e vir.

    Foi então que o tenente levantou-se da mesa e ligou para um capitão, que lhe recomendou que eu fosse conduzido para a delegacia plantonista para prestar esclarecimentos.

    Em momento algum fui preso, algemado ou conduzido coercitivamente porque não havia razão para tanto. Não cometi nenhum crime nem resisti a uma prisão que não houve. De boa vontade, achando toda aquela situação um tanto quanto surrealista, ou talvez resultado do meu passado de atividades no jornalismo investigativo - onde prejudiquei muitos maus policiais civis e militares -, peguei meu próprio carro e segui o veículo da PM até à delegacia plantonista, conforme eles haviam solicitado.

    Lá chegando, esperei horas a fio, enquanto os PMs da ronda, o Tenente, o cabo Correia e outros, tentavam convencer o delegado Garcia, que era o plantonista durante o episódio, para que lavrasse o flagrante contra mim, senão por porte ilegal de arma - um despautério - pelo menos por desobediência à ordem para que me retirasse da Cleide Lanches. Posteriormente soube que até um Coronel da PM ligou para a delegacia, tentando convencer o delegado de que um flagrante deveria ser lavrado - conforme fui informado por fonte da própria delegacia.

    ResponderExcluir
  24. Após as horas de pressão dos PMs, fui ouvido pelo mesmo delegado, o Garcia, que disse ter sido a primeira vez que lhe chegava às mãos um caso tão inusitadamente surreal.

    Ao final, prevaleceu o bom senso, com o delegado constatando que não havia razão para lavrar o flagrante, vez que eu não havia cometido crime algum, limitando-se a elaborar um termo circunstanciado, onde registrou os fatos - apresentando a versão dos PMs e a minha -, quando logo a seguir fui liberado, sem que nenhuma acusação formal fosse elaborada.

    Por outro lado, na semana anterior, na mesma Cleide Lanches, um membro do Corpo de Bombeiros desferiu vários tiros para o ar com a sua pistola na frente do estabelecimento, assuntando a clientela, os donos e a segurança do local, e em seguida entrou no ambiente portando a arma como se nada tivesse ocorrido.

    Uma viatura da ronda 190 foi chamada ao local, o bombeiro identificado e sua arma recolhida por uma oficial mulher da PM juntamente com quatro outros policiais militares, que abordaram o infrator e, assim que souberam que se tratava de um colega, não apenas o liberaram, como devolveram a arma com a qual ele se encontrava.

    Alguns amigos meus, que se encontravam na Cleide Lanches, chegaram a perguntar: César, você não vai fazer uma denúncia de prevaricação contra estes PMs? A única coisa que lhes respondi foi que aquilo para mim era uma brincadeira, pois como já havia visto muitos PMs matando cidadãos inocentes, apenas atirar para o alto me parecia coisa menor. Eu preferiria ignorar, exceto se o caso fosse grave.

    Seguramente o CIOSP, com as suas câmeras na Atalaia, deverá ter em mãos o vídeo com o deslavado ato de prevaricação cometido pelos policiais da ronda 190 para protegerem o colega.

    É o que poderíamos denominar de dois pesos e duas medidas!

    Só depois compreendi que é justamente protegendo de modo corporativo os companheiros de farda em crimes menores aqui e ali, que a corporação acaba construindo os maus policiais que, se acreditando impunes e acima da lei e da ordem, acham que podem, por exemplo, entrar num Hospital de Urgência e assassinar pacientes inocentes em meio ao atendimento crítico emergencial de centenas de enfermos. César Gama – Jornalista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LEI No 10.826, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003.

      Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – Sinarm, define crimes e dá outras providências.

      ___________________________________

      Art. 10. A autorização para o porte de arma de fogo de uso permitido, em todo o território nacional, é de competência da Polícia Federal e somente será concedida após autorização do Sinarm.

      § 1o A autorização prevista neste artigo poderá ser concedida com eficácia temporária e territorial limitada, nos termos de atos regulamentares, e dependerá de o requerente:

      I – demonstrar a sua efetiva necessidade por exercício de atividade profissional de risco ou de ameaça à sua integridade física;

      II – atender às exigências previstas no art. 4o desta Lei;

      III – apresentar documentação de propriedade de arma de fogo, bem como o seu devido registro no órgão competente.

      § 2o A autorização de porte de arma de fogo, prevista neste artigo, perderá automaticamente sua eficácia caso o portador dela seja detido ou abordado em estado de embriaguez ou sob efeito de substâncias químicas ou alucinógenas.


      Está na hora de certas pessoas que se acham acima da lei pelo fato de exercerem uma profissão que forma e também deforma, quando mal exercida, a opinião pública buscar mais conhecimento antes de espalhar críticas infundadas!

      "O DETENTOR DE PORTE DE ARMAS, DE ACORDO COM A LEI, E A LÓGICA TAMBÉM, NÃO PODE FAZER CONSUMO DE BEBIDAS ALCÓOLICAS QUE DENOTE EMBREAGUEZ OU SOB DE SUBSTÂNCIA QUÍMICA OU ALÚCINÓGENAS.

      EU DIRIA MAIS, UM CIDADÃO ESTÁ ARMADO, EM UM BAR? FAZENDO USO DE BEBIDAS ALCÓLICAS E PORTANDO UMA ARMA AINDA QUER TER RAZÃO?

      É OSSO? AFINAL O QUE QUER ESTA SOCIEDADE?

      O CABO APARENTEMENTE E A LUZ DA INDICAÇÃO DA LEI PARECE QUE AGIU CORRETAMENTE, PODE ATÉ TER SIDO RÍSPIDO, AÍ É OUTRO DEPARTAMENTO, MAS DO PONTO DE VISTA LÓGICO E ATÉ LEGAL ME PARECE TODO CERTO.

      É UM ABSURDO ACEITAR QUE UMA PESSOA, SEJA ELA QUEM FOR, FAÇA USO DE BEBIDAS EM UM BAR, ARMADO.

      AFINAL O QUE QUER A SOCIEDADE?

      VÃO LER A LEI!

      Excluir
    2. soldado quem tem mais honra que certos oficiais20 de maio de 2012 11:06

      perfeito amigo,vc agora mostrou o embassamento da condução do jornalistazinho atá a depol,obrigado amigo vc mostra que nós temos como nos defender desses q só sabem criticar a pm,vamos propagar este paragrafo da lei para a imprensa.e esta pm 5 que nao fala nada cambadas de incompetentes,nem pra defender a sua instituiçao,oficiais de merdas,medrosos.

      Excluir
  25. Eu não vi nenhuma reportagem desse jornalista César Gama por aqui no blog quando duas pessoas foram assassinadas e outras quatro esfaqueadas no ultimo domingo. Agora quer cantar de galo aqui. Saia daqui seu peido azedo, var morrer pra lá carniça.

    ResponderExcluir
  26. ENQUETE MILITAR - EM QUEM VC REALMENTE ACREDITA:

    a) EM DEDA, DIZENDO QUE SÓ VAI ATENDER AS REIVINDICAÇÕES DOS MILITARES APÓS OS FESTEJOS JUNINOS DE 2012, INCLUSIVE ELE SE COMPROMETENDO MAIS UMA VEZ ASSINANDO OUTRO OFÍCIO.

    b) NA FUNCIONÁRIA DO CABARÉ DE VANDA MAIS CONHECIDA COMO "COCOTINHA", QUANDO ELA DIZ QUE PROPORCIONARÁ A VC UM PROGRAMA INESQUECÍVEL.

    I-SÓ ACREDITO NA PRIMEIRA ALTERNATIVA.
    II-SÓ ACREDITO NA SEGUNDA ALTERNATIVA.
    III-ACREDITO NAS DUAS ALTERNATIVAS.
    IV- N. D. A.

    ResponderExcluir
  27. ENQUETE MILITAR - EM QUEM VC REALMENTE ACREDITA?

    a) EM DEDA, DIZENDO QUE SÓ VAI ATENDER AS REIVINDICAÇÕES DOS MILITARES APÓS OS FESTEJOS JUNINOS DE 2012, INCLUSIVE ELE SE COMPROMETENDO MAIS UMA VEZ ASSINANDO OUTRO OFÍCIO?

    b) NA FUNCIONÁRIA DO CABARÉ DE VANDA MAIS CONHECIDA COMO "COCOTINHA", QUANDO ELA DIZ QUE PROPORCIONARÁ A VC UM PROGRAMA INESQUECÍVEL?

    I-SÓ ACREDITO NA PRIMEIRA ALTERNATIVA.
    II-SÓ ACREDITO NA SEGUNDA ALTERNATIVA.
    III-ACREDITO NAS DUAS ALTERNATIVAS.
    IV- N. D. A.

    Retifiquei pois esqueci a interrogação!!!! TOLERANCIA ZERO COM AS MENTIRAS DESSE INFAME DITADOR QUE DESGOVERNA SERGIPE!!!!!

    ResponderExcluir
  28. 19.mai.2012 - Cartaz usado durante a Marcha da Maconha no vão livre do Masp, na avenida Paulista, em São Paulo tem o lema de "Basta de guerra: por outra política de drogas". A marcha pretende reunir ao menos 5.000 pessoas.

    FONTE: BOL.COM.BR

    MANIFESTAÇÃO OCORRIDA HOJE EM SÃO PAULO PARA LIBERAÇÃO DA MACONHA, O CARTAZ ERA UM CIGARRO GIGANTE DE MACONHA ACESO.

    AQUI EM SERGIPE O HITLHER DEDA PRETENDE ACABAR COM AS MANIFESTAÇÕES E REIVINDICAÇÕES DOS MILITARES POR CONDIÇÕES DÍGNAS DE TRABALHO!!! É D+!!!

    ResponderExcluir
  29. Hoje no Brasil,ser policial militar é muito difícil. pois algumas classes.se acham SUPERIORES. jornalistas,advogados,magistrados e pensam que os policiais, ainda sao ingnorntes mais a polícia, está mudando o pessoal está estudando aquele tempo acabou.

    ResponderExcluir
  30. NA ÚLTIMA SEXTA DIA 18 O PREF. EDVALDO NOJEIRA LANÇOU O FORRÓ CAJU 2012, ELE SE REFERIDO AO APOIO QUE RECEBERÁ O EVENTO CITOU O SEGUINTE:

    "Estarão envolvidos no suporte ao evento a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Funcaju); Secretaria Municipal de Saúde (SMS); Polícia Militar e Polícia Civil; Conselho Tutelar; Guarda Municipal; Vigilância Sanitária; Conselhos de Direitos; Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb); Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT); e Corpo de Bombeiros".
    SÓ LEMBRANDO QUE TODOS OS ORGÃOS CITADOS PELO PREFEITO POSSUEM CARGA HORÁRIA, EXCETO OS MILITARES!!!
    SERÃO MAIS DE 15 DIAS DE FORRÓ E O MILITAR, SERÁ MAIS UMA VEZ ESCRAVIZADO???? SÓ LEMBRANDO QUE ATÉ OS CAVALOS DA PM POSSUEM CARGA HORÁRIA, JÁ O HOMEM E MULHER MILITAR NÃO, DEDA DISSE QUE SÓ DISCUTE CARGA HORÁRIA EM 2014!!! PARA DEDA OS CAVALOS DA PM TEM MAIS VALOR QUE OS SERES HUMANOS QUE VESTEM FARDA!! NO PRÉ-BAHIA NÓS FIZEMOS MANIFESTAÇÃO, POIS, NÃO ACEITAMOS A ESCRAVIDÃO, PERGUNTO E AGORA NO FORRÓ CAJU ACEITAREMOS???? SERÁ QUE A DISCULPA DO GOVERNO É QUE A FESTA É PÚBLICA E ELE PEDIRÁ MAIS UM VOTO DE CONFIANÇA ASSINANDO MAIS UM OFÍCIO????KKKKKK!!!!! NESSE GOVERNO NÃO ACREDITO MAIS!!!! TOLERANCIA ZERO 3 O RETORNO PARA ONTEM!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. posso ate ir para o forro caju mas so vai a farda e o corpo pois o que eu ver vou fingir que nem ali estou... não adianta reprimir pois a ação quem faz somos nós e reprimindo não faço nada, ....

      Excluir
  31. Sim, mas o cidadão está bebendo em um bar armado (mesmo com porte de arma), e ainda acha que está correto é? De acordo com a lei, o fato de está embriagado, portando arma de fogo, mesmo se houve autorização para o porte de armas, o porte perde automaticamente a eficácia. Ademais é proíbido portar armas em lugar de aglomeração como Igrejas, locais de agomeração, segundo o Drecreto que Regula a Lei de Porte! Eu pergunto e aquele bar? Que o conhece, não o reconhece como um estabelecimento de bastante aglomeração?19 de maio de 2012 19:04

    LEI No 10.826, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2003.

    Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – Sinarm, define crimes e dá outras providências.


    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

    ...................................


    Art. 10 § 2º

    § 2o A autorização de porte de arma de fogo, prevista neste artigo, perderá automaticamente sua eficácia caso o portador dela seja detido ou abordado em estado de embriaguez ou sob efeito de substâncias químicas ou alucinógenas.
    ______________________________________________

    DECRETO Nº 6.715, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2008.

    Altera o Decreto no 5.123, de 1o de julho de 2004, que regulamenta a Lei no 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - SINARM e define crimes.

    ............................

    “Art. 26. O titular de porte de arma de fogo para defesa pessoal concedido nos termos do art. 10 da Lei no 10.826, de 2003, não poderá conduzi-la ostensivamente ou com ela adentrar ou permanecer em locais públicos, tais como igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes, agências bancárias ou outros locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de eventos de qualquer natureza.

    .......................................................................................”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, companheiro.
      Estamos mostrando o nível intelectual dos policiais militares.

      Excluir
    2. ENTRETANTO, O ARTIGO 10º DA LEI 10.826, CONCEITUA QUE APENAS A AUTORIZAÇÃO DE ARMAS DE USO PERMITIDO, PODERÁ PERDER SUA EFICÁCIA, CASO O PORTADOR SEJA ABORDADO EM ESTADO DE EMBRIAGUEZ OU SOBRE O EFEITO DE SUBSTÂNCIA QUÍMICAS OU ALUCINÓGENAS. SE FOR DE USO RESTRITO, EM NENHUM MOMENTO A LEI 10.826 FALA NA APLICAÇAO DO PARAGRAFO SEGUNDO DO ARTIGO 10º PARA A UTILIZAÇÃO DE ARMAS DE USO RESTRITO.

      Excluir
    3. "SOBRE ARMAS DE FOGO"

      A questão é: Se o cidadão tem autorização para portar arma de fogo para defesa pessoal não pode conduzi-la ostensivamente é claro e evidente que ele vai conduzi-la de forma não visível (oculta), então digamos que a lei o proibisse de conduzi-la também de forma oculta, e a quem ele ira entregar a arma?

      1. ao dono do bar?

      2. ao padre?

      3. ao professor?

      4. ao gerente do banco?

      Conclusão: Infelizmente nossas leis são elaboradas por pessoas corruptas, sem compromisso com a sociedade, também a maioria dos eleitos não tem nivel superior e quando o tem não se comporta como cidadão do bem, se corrompe, se vende, rouba, frauda, haja crimes pra eles cometerem.

      Porque faria uma lei idonea, justa, pra ferir ele mesmo? Sempre tem brechas pra eles.

      Excluir
  32. conclusão: o delegado PREVARICOU

    ResponderExcluir
  33. cabe agora ao comdo da capial enviar um oficio ao secretario de seguranca publica para q o delegado podesse esplicar o motivo de ter prevaricado. dessa forma demostrava o interece de defeder a instituicao. ou pensar em criar uma acessoria juridica da pm. E O QUE PENCO.

    ResponderExcluir
  34. Eles tentaram desqualificar a condução do advogado até a delegacia para realizar um TCO.

    Eles se valem covardemente do espaço que nós não temos na mídia em geral e arrotam sua versão como verdade absoluta.

    Eles farão de tudo para tirar o foco do condutor daquele veículo que colidiu com a bomba de combustível. A prioridade é não identificar o filho para não se chegar ao sobrenome de algum notável da sociedade, mas se anotaram a placa detonem logo neste espaço.

    Vão usar de tráfico de influência para que o processo lhes seja favorável, mas empurrem recursos neles, caso o magistrado seja daqueles que agem por ofício.

    A realidade brasileira mostra que nos maiores crimes de fraude, corrupção e desvio de centenas de milhões do erário público conta com a presença assídua de advogados. São homicidas de milhares, pois ficam com aquilo que seria para trazer alguma melhoria na vida dos mais pobres.

    O que eles querem é inverter a situação, pois Sergipe é um estado onde as amizades são pactos de troca de favores. Para eles existem, vez por outra, as algemas da Polícia Federal para mostrar o quanto são mentirosos e discriminadores do tipo do advogado pinguceiro do posto de combustível.

    Se os direitos humanos de sergipe tem como um de seus representantes um advogado deste naipe, então estamos lascados mesmo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sordade de puliça20 de maio de 2012 07:00

      Isso é um soco no estomago desses hipócritas da OAB e dos juízes corruptos.
      PARABENS PELA LUCIDEZ!!!

      Excluir
    2. Agora, advogado e músico são seres sem pecados.
      Neste país empregado não deve tocar em patrão, mesmo que o patrão seja um marginal com registro na sua classe.

      Excluir
    3. TODOS SÃO AZUIS, MAS O ADVOGADO SÓ VIU O AZUL-CLARO KKKKKKK20 de maio de 2012 09:12

      EU FIQUEI SENSIBILIZADO COM A CORAGEM E PREOCUPAÇÃO DESTE ADVOGADO, QUE AO PERCEBER O RISCO DE UM INCÊNDIO NO POSTO DE COMBUSTÍVEL DE PEDRINHO VALADARES, SOCORREU E RETIROU DO LOCAL O JOVEM CAUSADOR DA QUASE TRAGÉDIA.

      MAS, SÓ NÃO ENTENDI ELE TER ESQUECIDO DE TAMBÉM RETIRAR OS FRENTISTAS, FUNCIONÁRIOS DA LOJA DE CONVENIÊNCIA E OUTROS.
      SERÁ QUE TODOS SÃO IGUAIS OU AZUIS,MAS ESTE NOBRE ADVOGADO DEFENSOR DOS DIREITOS HUMANOS PREFERIU DAR PRIORIDADE APENAS AO AZUL-CLARO?

      Excluir
    4. Atenção milicos, vê se da próxima vez vocês filmam a abordagem, mesmo com seus celulares. Assim, não fica o dito pelo não dito.

      Sejam mais inteligentes.

      Amigo da PC.

      Excluir
    5. Quem conduzia o veículo que colidiu com a bomba de combustível era o filho do dono do Le Capiati

      Excluir
  35. GOSTARIA DE SABER POR QUE NA POLICIA MILITAR E PRINCIPALMENTE CIVIL TEM MUITOS CORNOS? HOMENS VALENTES MAIS TRAIDOS. ALGUEM SABE RESPONDER? SORDADO DE PULIÇA RECRUTA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque toda sua família entrou na polícia. Acrescentou muitos cornos e algumas putas. Só escapou a sua mãe, que não é puta (alguém tem que gerenciar o empreendimento familiar)

      Excluir
    2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  36. alguém poderia postar o endereço e telefone da assomise?

    ResponderExcluir
  37. 3211 - meia mole, meia dura

    ResponderExcluir
  38. Fica na Rua "JACINTO LEITE AQUINO RÊGO"

    ResponderExcluir
  39. Chegou a me arrepiar o nome desta rua.
    cheguo até a imaginar o leite aqui no rêgo.
    kkkkkkkkk!

    ResponderExcluir
  40. Cmt Geral determine que o Cap Charles estude o Estatuto Desarmamento antes de dar entrevista, observe somente e nao fique dando a amigo de jornalista como Gilmar Carvalho:
    DECRETO Nº 6.715, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2008.

    Altera o Decreto no 5.123, de 1o de julho de 2004, que regulamenta a Lei no 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - SINARM e define crimes.

    ............................

    “Art. 26. O titular de porte de arma de fogo para defesa pessoal concedido nos termos do art. 10 da Lei no 10.826, de 2003, não poderá conduzi-la ostensivamente ou com ela adentrar ou permanecer em locais públicos, tais como igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes, agências bancárias ou outros locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de eventos de qualquer natureza.

    ResponderExcluir
  41. Cmt Geral determine que o Cap Charles estude o Estatuto Desarmamento antes de dar entrevista, observe somente e nao fique dando informações errads a0 amigo de jornalista como Gilmar Carvalho:
    DECRETO Nº 6.715, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2008.

    Altera o Decreto no 5.123, de 1o de julho de 2004, que regulamenta a Lei no 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - SINARM e define crimes.

    ............................

    “Art. 26. O titular de porte de arma de fogo para defesa pessoal concedido nos termos do art. 10 da Lei no 10.826, de 2003, não poderá conduzi-la ostensivamente ou com ela adentrar ou permanecer em locais públicos, tais como igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes, agências bancárias ou outros locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de eventos de qualquer natureza.

    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
  42. ESSA É NOVA, SE UM DE SEUS FAMILIARES ESTIVEREM PRECISANDO DE SUA AJUDA NO MOMENTO QUE ESTIVER DE SERVIÇO E VOCÊ PRECISAR SE DESLOCAR PARA DAR APOIO COM A VTR...VAI SER NEGADO!
    ONTEM UM COLEGA NOSSO ESTAVA DE SERVIÇO E NO EXATO MOMENTO SEU FILHO QUEBROU O PÉ, LIGARAM PARA ELE E DE IMEDIATO INFORMOU A QUEM DE DIREITO QUE IA SE DESLOCAR ATÉ SUA RESIDÊNCIA PARA LEVAR O MESMO AO HPM, NO MEIO DO CAMINHO RECEBEU UMA LIGAÇÃO DO COORDENADOR DO CIOSP INFORMANDO QUE NÃO ERA PRA FAZER O MESMO COM A VTR QUE ELE DESSE BAIXA NA VTR E FOSSE DE MEIOS PRÓPRIOS.
    QUER DIZER QUE SE MINHA ESPOSA, MINHA MÃE, MEUS FILHOS PRECISAREM DE MIM QUANDO ESTIVER DE SERVIÇO NÃO PODEREI USAR A VIATURA?
    E AS VIATURAS QUE VÃO BUSCAR O CORONÉIS EM CASA, LEVAR SEUS FILHOS NA ESCOLA, E AS VIATURAS QUE VÃO BUSCAR OS CAPITÃES EM SUAS CASAS PARA FAZER A TROCA DE TURNO NO CIOSP, E LEVAR AS ESPOSAS DOS MESMO NO TRABALHO, NA CASA DE NÃO SEI QUEM COISA E TAL...
    QUER DIZER, O PRAÇA SE PHODA SE UM DOS FAMILIARES ESTIVER DOENTE?
    O MESMO COORDENADOR DISSE QUE A ORDEM VEM DO CPMC, JÁ COMEÇOU BEM O CHEFE DO CPMC.
    SÓ SEI DE UMA COISA, QUE MINHA FAMÍLIA NÃO PRECISE DE MIM, POIS É COM A VIATURA QUE EU VOU DAR APOIO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tava demorando... amanha ja faz 8 dias desse comando...

      Excluir
    2. eu prensei que dar socorro as vitimas era prioridade...

      sera que isso ja mudou também...

      alguém mas letrado por favor tire minhas duvidas...
      exemplo: Coronel Genario esse sim tem condições intelectuais para esclarecer tudo...

      Excluir
    3. TAMBÉM, MAS ERA NESTE CASO PARENTE DO MILITAR EM TELA, QUE ESTAVA DE SERVIÇO, O FILHO ADOECEU E ELE NÃO PODE PRESTAR AJUDA COM A VIATURA DA POLICIA, MAS FAZER COMPRAS...FEIRA...

      Excluir
    4. O tempo passa e a PM involui!

      Excluir
    5. Continuem indo pegar os comandantes de cia em casa seus vermes puxa saco! Eles que se desloquem ao serviço de meios próprios assim como eu faço.

      Excluir
  43. TEM QUE MANDAR ESSES CARAS PRA MERDA...OU MELHOR NÃO...
    VOU TER PENA DA MERDA!!!...

    ResponderExcluir
  44. LIGADO NO MOVIMENTO21 de maio de 2012 07:01

    COMO ANDA OS PROGETOS OU PROGETO NA ALESE? NINGUÉM FALA MAIS SOBRE ISSO.

    ResponderExcluir
  45. Caro amigo Edgard, exceto o código ant-ético, vc já tem alguma informação sobre os demais projetos do governo para os militares!!!!!!Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  46. JORNAL O POVO DO RIO

    Segmentos públicos

    Diversos segmentos do serviço público estadual e de parlamentares participaram da manifestação. Além do apoio dos segmentos públicos do Rio de Janeiro, representantes de outros estados também estiveram presentes na manifestação como Ceará e Santa Catarina. O Policial Militar e representante da Associação dos Militares do Estado de Sergipe (AMESE), sargento Edgar Menezes era um dos que estavam presentes apoiando o ato. "Nós viemos apoiar, por que não achamos justo os outros estados do país não receberem um salário justo, não podemos compactuar com isso, estamos trabalhando no país inteiro pra que essa PEC seja aprovada assim como foi em Sergipe, por que o serviço é o mesmo."

    ResponderExcluir
  47. PARABÉNS AO PROMOTOR! FAZENDO VALER A JUSTIÇA NUM PAÍS TÃO PODRE COMO ESSE! PUNIÇÃO AOS QUE MERECEM E JUSTIÇA PARA OS INJUSTIÇADOS! PENSEI QUE ESTARÍAMOS PERDIDOS NESSE PAÍS DE MERDA MAS AINDA HÁ ESPERANÇA....

    ResponderExcluir
  48. ESSE CAP CHARLES É UM RIDICULO, DISSE QUE O POLICIAL AO PERCEBER QUE SE TRATAVA DE UM ADV DA OAB, FORAM RETIRADAS AS ALGEMAS. VÇ É FRACO E AS ALGEMAS SÃO UNIVERSAIS, TOME VERGONHA E HONRE SUAS ESTRELAS SEU INCOMPETENTE.

    ResponderExcluir
  49. SENHORES O REGULAMENTO É O MESMO SE UM OFICIAL USA UMA VTR , OS PRAÇAS TEM O MESMO DIREITO E OUTRA COISA SE MINHA FAMILIA PRECISAR DE MIM QUANDO EU ESTIVER DE SERVIÇO EU VOU, SABE POR QUE VCS OFICIAIS SAO MEDROSOS NAO PRENDE, NAO MATA, NAO BATE NA CARA DE VAGABUNDO E QUANDO O FAMILIAR PRECISAR NAO ´PODEREMOS IR, POIS EU VOU SEUS MERDAS.

    ResponderExcluir
  50. MP pede afastamento de PM por improbidade administrativa
    Postado por Moderadora em 18 maio 2012 às 17:51Enviar mensagem Exibir blog.O PM é acusado de transportar nas viaturas da Polícia Militar e do programa Pró-Cidadania funcionários da sua fábrica de produção de telhas e tijolos em Assaré
    O Ministério Público do Ceará pediu o afastamento do cargo o atual responsável pela Unidade Policial Militar do município de Assaré, na região Sul do Estado, o subtenente Rogério Vidal da Luz. O órgão entrou com uma ação civil pública na última quinta-feira, 17, pelo ato de improbidade administrativa.

    De acordo com o MP/CE, o PM é acusado de transportar nas viaturas da Polícia Militar e do programa Pró-Cidadania funcionários da sua fábrica de produção de telhas e tijolos em Assaré e ainda de dar a esses trabalhadores a alimentação fornecida pela Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) aos presos da cadeia pública e aos PMs do município..

    O subtenente Rogério Vidal da Luz também é acusado de descumprir uma recomendação expedida pelo Ministério Público no ano passado que trata da proibição de jogo do bicho e outros jogos de azar, pois teria sido conivente com essas práticas na cidade.

    Além disso, ele estaria negligenciando uma outra recomendação referente à apreensão de veículos no Município, pois, segundo apontam as investigações, o PM chegou a liberar motocicletas por conta própria, o que desrespeita as normas previstas no Código de Processo Penal.

    Redação O POVO Online

    ResponderExcluir
  51. Pra o Anônimo 21 de maio de 2012 05:46
    Caros companheiros todos nos temos hoje celular que grava e filma, quando os senhores forem pegar qualquer oficial grave tudo e filme ai sim teremos prova contra os desmando desses oficiais que haja que não pratica improbidade utilizando veículos e outros objeto do estado; se tiver medo de filmar chame outro colega e der seu itinerário para ele ti seguir e filmar o abuso e,em vi para tv record para programa fala brasil e jornal da record e na band para datena ai sim o bicho pegar.

    ResponderExcluir