quarta-feira, 26 de setembro de 2012

E agora, José?

Simplesmente fantástico!

Olhem, eméritos leitores, poderíamos discorrer e muito sobre o texto abaixo que foi publicado no blog da AMESE, mas, devido à qualidade do texto, nada escreveremos. Apenas leremos!

NÃO HÁ CRIME DE MOTIM.

Antes que o associado ou simpatizante da Associação de Militares de Sergipe efetue a leitura deste texto, quero alertá-los que meu objetivo não é tornar-me articulista jurídico, longe disso. Aliás, não sou advogado, muito menos bacharel em Direito.

O pouco conhecimento jurídico que possuo foi-me ofertado durante os três anos nos quais tive a grata oportunidade de frequentar o Curso de Formação de Oficiais na Academia de Polícia Militar do Distrito Federal. Dentre as disciplinas que faziam parte da grade curricular do CFO, encontrava-se o estudo do Direito Penal Militar. Tal cadeira era ocupada por eminentes estudiosos da área que nos mostravam a teoria científica da legislação repressora castrense e sua aplicação prática nos diversos julgamentos que tive a oportunidade de assistir à época.
Na qualidade de vice-presidente interino da AMESE, sou acionado, juntamente com o amigo Sargento Edgard, por diversos militares do grupo que está sendo denunciado ou indiciado por uma suposta prática do crime militar previsto no artigo 149 do Código Penal Militar. Faz-se necessário o registro de que muitos destes militares nos procuram bastante nervosos devido à preocupação com o risco de uma prisão e a consequente exclusão dos quadros da instituição militar de que fazem parte. Não foram poucas as vezes, inclusive, de presenciarmos  colegas virem às lágrimas por toda a pressão que estão recebendo nas diversas audiências realizadas e o consequente lançamento de seus nomes na lista de acusados do sítio eletrônico do Tribunal de Justiça de Sergipe.
O objetivo deste texto é tranquilizar o militar estadual, seja ele da Polícia Militar ou do nosso brioso Corpo de Bombeiros, para prestar alguns esclarecimentos que, ao ver desse humilde escritor, não encontrarão prosperidade alguma, caso cheguem efetivamente às raias do Poder Judiciário.
No mês de novembro de 2011, enquanto exercia o cargo de presidente desta associação, o 2º Sargento Jorge Vieira da Cruz, por meio de denúncias à imprensa fartamente divulgadas, alertara o Poder Executivo  estadual acerca da situação de irregularidade em que se encontravam algumas viaturas da Força Pública estadual. Dentre as faltas relacionadas podem ser citadas a falta de pagamento do licenciamento anual, do seguro obrigatório, ausência de placas de identificação, de lacre de segurança. Além destas, acrescentam-se a falta de equipamentos obrigatórios de segurança e a ausência de condições mecânicas que permitiam a eficiente prestação do serviço de policiamento ostensivo e a própria segurança dos policiais que utilizassem aqueles veículos.
O Código Penal Militar, em seu artigo 42, assim se manifesta:
"Art. 42. Não há crime quando o agente pratica o fato:
(...)
        III - em estrito cumprimento do dever legal;
(...)"
Diversos penalistas defendem a tese de que é impossível que em um ordenamento jurídico, que se entende como perfeito, uma norma proíba aquilo que outra imponha ou fomente.
O artigo 7º do CTB estabelece que as polícias militares fazem parte do Sistema Nacional de Trânsito, atribuindo-lhes algumas competências no sentido de executar a fiscalização de trânsito. Não foram poucos os que já foram autuados pelas briosas companhias de trânsito e rodoviária de nossa Força Pública em virtude de infringirem os diversos artigos previstos na legislação.
Suponhamos que o policial militar, nas diversas abordagens que executa diariamente, depare com um condutor de veículo que se encontre em desacordo com a legislação pátria de trânsito.  Será sua obrigação autuar o condutor infrator e adotar as demais medidas legais e administrativas pertinentes ao caso. Se não dispuser dos conhecidos talonários de autuação e/ou bafômetro, deverá envidar esforços para convocar a guarnição de Policiamento Ostensivo de Trânsito mais próxima, para que se adotem todas providências relativas ao caso.
Como autoridade policial, o PM tem o DEVER de agir ao deparar com quaisquer irregularidades de trânsito, sob a pena de se ver processado pela prática do crime previsto no artigo 319 do CPM, qual seja o de prevaricação.
Mesmo tendo sido alertado com relativa antecedência, o poder público quedou-se silente em relação à regularização dos veículos automotores destinados ao policiamento ostensivo ordinário, vindo apenas recentemente a solucionar este problema.
Cerca de 100 militares de polícia estão sendo processados pela prática do crime de motim, por terem se negado a dirigir viaturas que se encontravam em desacordo com a previsão legal do Código de Trânsito Brasileiro.
A conduta de quem se nega a dirigir uma viatura em situação de irregularidade não é antinormativa, mas sim imposta pela norma. Tais veículos não deveriam estar em circulação em nenhum momento se a legislação fosse cumprida à risca e é isso o que a sociedade espera de um agente policial. O imperador Júlio César certa vez afirmara: "A lei e a ordem somente existem em Roma graças às legiões de soldados", corroborando historicamente o fato de os agentes públicos ostensivos de segurança zelarem pela tranquilidade social.
O Ministério Público Militar denunciou os militares pelo crime de motim, a meu ver equivocadamente, pelo fato da recusa de dirigir veículos irregulares. Não se ativeram ao problema do conflito de normas (antinomia), que surgiu com tal ação. No dizer do penalista Zaffaroni, em seu Manual de Direito Penal Brasileiro: “a lógica mais elementar nos diz que o tipo não pode proibir o que o direito ordena e nem o que ele fomenta”.
Caso mais emblemático é o dos cerca de 200 militares cujos inquéritos policiais militares ainda se encontram sob análise do Ministério Público Militar, que a princípio podem ser processados, também por motim, por haverem efetuado doação de sangue.

Retornando ao artigo 42 do Código Penal Militar, encontramos também como excludente de ilicitude:
  "Art. 42. Não há crime quando o agente pratica o fato:
   (...)
        IV - em exercício regular de direito."
A Lei Federal nº 1.075, DE 27 DE MARÇO DE 1950, assim estabelece:
"(...)
Art. 1º Será consignada com louvor na folha de serviço de militar, de funcionário público civil ou de servidor de autarquia, a doação voluntária de sangue, feita a Banco mantido por organismo de serviço estatal ou para-estatal, devidamente comprovada por atestado oficial da instituição. 
Art. 2º Será dispensado do ponto, no dia da doação de sangue, o funcionário público civil, de autarquia ou militar, que comprovar sua contribuição para tais Bancos.
Art. 3º O doador voluntário, que não for servidor público civil ou militar, nem de autarquia, será incluído, em igualdade de condições exigidas em Lei, entre os que prestam serviços relevantes à sociedade e à Pátria.
(...)"
Ora, não se pode qualificar a conduta de os militares terem doado sangue como criminosa pelo fato de a doação de sangue ser fomentada pelo estado, inclusive, através da lei.  Prova disso são diversos sítios eletrônicos governamentais fazendo publicidade acerca da importância do regular abastecimento dos diversos bancos de sangue do estado, e as campanhas realizadas às vésperas de grandes eventos festivos, carnaval e festas juninas.
Acredito piamente ser um direito de qualquer cidadão, e entre estes cidadãos figura o militar estadual, efetuar a doação de sangue desde que se encontre em condições mínimas preestabelecidas de saúde. Se me permitem o desabafo, queria eu poder exercer este ato de solidariedade e amor ao próximo! Porém, devido à enfermidade de que estou acometido, encontro-me impedido.
Caso todas as denúncias sejam levadas adiante, através da via costumeiramente percorrida pelo juiz, haverá o momento em que o conselho de justiça militar passará a verificar as condições de existência das causas de excludente de ilicitude, as quais foram debatidas no decorrer do texto.
No dizer do antigo ministro do STJ, Francisco de Assis Toledo:
"Exigir-se que, neste caso, o agente se defensa utilizando de alguma causa de justificação ou de exclusão da culpabilidade é permitir-se que o cidadão, que age dentro dos padrões dominantes na sociedade em que vive, deva prestar contas, isto é, deva justificar-se a respeito de um comportamento aceito, normal, praticado pela generalidade das pessoas ou, em certos casos, até necessário para o bom andamento das relações sociais”.
Lida a citação, fica a pergunta: seria a doação de sangue necessária para o “bom andamento das relações sociais”?
Com a resposta, o penalista Mir Puig:
                                                     “Não se pode castigar aquilo que a sociedade considera correto”.
É por este motivo que se ventila entre alguns advogados que conheço que: “o Ministério Público quis pegar os pássaros com as mãos, mas só conseguiu ficar com as penas entre os dedos”.
Além de tudo que foi discorrido no texto, quero chamar a atenção de que diversos outros militares que faltaram ao serviço em um determinado evento realizado no mês de janeiro foram punidos administrativamente. Já estes 300 poderão ingressar na seara penal militar, correndo o risco – possibilidade que achamos remotíssima - de serem condenados a uma pena mínima de 4 anos de reclusão.

Como se não bastasse, um representante do Poder Executivo estadual, em Termo de Ajuste de Conduta firmado pelo próprio Ministério Público Estadual, afirmara que todos os militares que trabalhariam no evento foram voluntários para o mesmo. Tamanha era a veracidade disto que o próprio Ministério Público Militar afirmou, em cota, que todos aqueles que firmaram requerimento para não serem escalados estariam imunes a qualquer acusação criminal. Resta identificar qual foi o Boletim Geral Ostensivo ou Diário Oficial do Estado que publicara a possibilidade de os militares firmarem requerimento solicitando o “não-escalamento”, sob o risco de se ver mais um julgamento ser prejudicado pela irregular inversão do ônus da prova.

Em recente publicação em boletim, diversos bombeiros militares foram punidos administrativamente por haverem realizado doação de sangue e, consequentemente, gozado um dia de folga. Juridicamente, esta punição disciplinar tem todo o encaminhamento ao fracasso, pelos mesmos motivos elencados anteriormente.

Reforço mais uma vez o objetivo deste texto no sentido de tranquilizar todos os militares envolvidos neste processo, assim como seus familiares, confirmando, à luz da legislação, não haver a prática de qualquer tipo de crime.

Nossos advogados estão disponíveis para todos aqueles envolvidos neste processo e que se sintam prejudicados pela forma como o caso vem sendo tratado, ainda que haja algum envolvido que não seja associado.

Caso o militar prejudicado não tenha o interesse em utilizar os serviços de um advogado da AMESE, pedimos que imprima este texto e apresente-o ao advogado de sua preferência.

Concluo, acreditando na justiça e na consequente absolvição de todos os senhores e deixo meu telefone de contato para qualquer tipo de esclarecimento, assim como o do presidente da entidade, o Sargento Edgard: 

- Ildomário Santos Gomes: 9808-1620
- Edgard Menezes: 9958-6611

ILDOMÁRIO SANTOS GOMES
Vice-presidente interino da AMESE
Queremos parabenizar o oficial que escreveu o texto e reafirmar a confiança aos presidentes das associações que lutam verdadeiramente pela categoria!
É por este motivo que todos os que fazem o blog votarão no Sargento Vieira - 22330
QUE DEUS NOS AJUDE E OLHE POR NÓS!

104 comentários:

  1. Olhem que absurdo, segundo BGO BM 110. Relativo à escala extra do DORES-FESTA DO VAQUEIRO. Em virtude desta festa(algazarra) foi disponibilizado pelo 3º GBM viatura administrativa para o transporte até ITABAIANA, enquanto que para o real cumprimento do serviço operacional colocaram um ônibus sem as minimas condições, muito desconfortável, desumano. Pois este ônibus chega em ITABAIANA DEPOIS DAS 10:00 DA MANHÃ. É uma falta de esculhambação. JOGA PARA O QUINTO DOS INFERNOS CMT E SUB. CMT 3º GBM. ACORDEM MINHA GENTE DE ESTANCIA E ITABAIANA, BOICOTEM O ÔNIBUS FORNECIDO. DEIXEM DE SEREM BURROS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A intenção deles e justamente essa!!! prejudicar o horario da rendição e dps dizer que o transporte foi oferecido vcs q n quizeram!!! eu vou e venho no onibus quem quizer q ache ruim !!!

      Excluir
    2. Alô, Alô.. Amigos e Irmãos, estamos na reta final.. quase lá!.

      Vamos fazer bonito domingo na nossa última carreata 30/09, chegue junto, vista a camisa, abrace essa ideia, leve sua família, convide o amigo, vizinho, colega de trabalho... vamos colorir Aracaju de verde e amarelo! Vamos mostrar que o povo de Deus e da segurança tem opção.. que temos força, vez e voto, esse movimento em defesa do evangelho e da segurança é coletivo, nós precisamos de espaço no governo, de mudança, de atitude. Os projetos precisam sair das gavetas, precisam ser discutidos e renovados, mas, para isso precisamos de você mais do que nunca, que você some-se propagando o nosso ideal.


      Att;

      Equipe Sargento PRADO 70000 – O Missionário de fé!.


      AGENDA 30/09 - Ultima Carreata - 9 horas

      9 horas - Encontro - Igreja Mundial do Poder de DEUS - Sede. Av. Hermes Fontes (Fundos) Prox. ao colégio João Alves Filho.

      Excluir
  2. 26/09/2012 - 11:50
    Portaria da SSP é considerada ilegal pela Adepol e Amese
    SSP ressalta que a preocupação é disciplinar o uso da força

    Foto: Arquivo Infonet

    A portaria divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) divide opiniões quanto à legalidade. A Associação dos Militares de Sergipe (Amese) e a Associação dos Delegados de Polícia (Adepol) concordam que a portaria é importante, mas deveria ser assinada pelos comandos da polícia.

    De acordo com o sargento Edgar Menezes, a portaria precisa ser assinada pela superintendência da Polícia Civil, comando da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. “A portaria precisa ser assinada pelos comandos, e não pela SSP, que é responsável pelo gerenciamento dos homens”, explica o sargento Edgar. O sargento destaca que no interior de Sergipe a situação é mais complicada por causa do envolvimento dos policiais. “A polícia precisa ser imparcial e não favorecer a ninguém nas eleições”, alerta.

    Para a Associação dos Delegados de Polícia (Adepol), é importante que ocorra o controle do armamento dos policiais, mas esta regulamentação deve ser estabelecida pelo comando da polícia. “Caso ocorra um descumprimento, a portaria escolhida pode criar eventuais conflitos. A parte processada pode alegar a questão da legalidade, pois não foi assinada pelos comando e sim pelo secretário”, afirma o vice-presidente da Adepol, Alexandre Pires.

    Portaria

    A SSP lançou a portaria na última segunda-feira, 24, que proíbe o acesso de policiais civis, militares e corpo de bombeiros em locais onde estejam ocorrendo passeatas, comícios e manifestações políticas. Os policiais só poderão ter acesso, caso estejam a serviço. Ainda de acordo com a portaria da SSP, quem descumpri a legislação estará sujeito a penas.

    SSP

    A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a portaria é um ato administrativo da SSP, e por isso foi assinada pelo secretario João Eloy, ressaltando que a preocupação da polícia é disciplinar o uso da força policial.
    fonte: portal infonet

    ResponderExcluir
  3. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 6ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE
    ARACAJU/SE - AUDITORIA MILITAR.
    IPM nº 201220690168
    OMINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR DO ESTADO DE SERGIPE, vem, ancorado no art. 25,
    § 2º, do CPM, promover o ARQUIVAMENTO DO INQUÉRITO POLICIAL MILITAR, em face das razões de fato
    e de direito a seguir declinadas:
    O presente inquérito policial militar foi instaurado com o escopo de apurar os fatos contidos
    na Parte n° 089/2012, da lavra do Cap. CBMSE Eustórgio Soares da Silva.
    Segundo se apurou, no dia 22 de fevereiro de 2012, os militares Cb. PMSE Carlos Henrique
    Prado Souza, Sd. PMSE Abraão dos Santos Gomes, Sd. PMSE Douglas Pereira Azevedo, Cb. PMSE Denison
    Teles de Menezes, integrantes do Grupamento GETAM, estavam fazendo uma blitz, na Piabeta.
    Ocorre que, durante a execução da blitz, o Cb. PMSE Carlos Henrique Prado souza
    visualizou o Sr. Urich Antônio Soares de Lima conduzindo uma motocicleta sem a placa de identificação.
    Ao constatar a irregularidade, o Cb. PMSE Carlos Henrique Prado Souza determinou que o
    motoqueiro parasse, não tendo sido atendido, oportunidade em que, aquele determinou que os militares Sd.
    PMSE Douglas e Cb. PMSE Teles interceptassem o veículo, o que foi de pronto atendido.
    Passados alguns minutos, o Cb. PMSE Teles e Sd. PMSE Douglas conduziram ao local da
    blitz, o Sr. Urich Antônio Soares de Lima, a fim de confeccionar a autuação, em virtude deste está conduzindo
    uma motocicleta sem o sinal identificador (placa).
    Incontinenti, o Cb. PMSE Denison Teles de Menezes, confeccionou o auto de infração de
    trânsito, agindo, assim, dentro da estrita legalidade.
    Após a autuação, o Cap. CBMSE Eustórgio Soares da Silva, pai de Urich Antônio, chegou
    ao local dos fatos, diga-se de passagem, estacionando o seu veículo na contramão da via, e questionou os
    militares acerca da suposta infração de trânsito.
    Ocorre que, após a indagação, o Cb. PMSE Carlos Henrique asseverou ao oficial do
    bombeiros que nada poderia ser feito, uma vez que o auto já havia sido confeccionado.

    ResponderExcluir
  4. Analisando os autos, infere-se que os militares não cometeram nenhum ato ilícito, pelo
    contrário, agiram dentro da legalidade.
    Ora, Douta Magistrada, outra não poderia ser a atitude dos militares em abordar Urich
    Antônio, o qual, frise-se, estava conduzindo uma motocicleta sem placa de identificação e não obedeceu a ordem
    emanada pelo policial para estacionar seu veículo no local em que estava ocorrendo a blitz.
    Por sua vez, o Sr. Urich Antônio, imaginando que por ser filho de um oficial superior do
    Corpo de Bombeiros, poderia conduzir sua motocicleta sem obedecer as normas prescritas no Código de Trânsito
    Brasileiro.
    Não se dando por satisfeito, Urich Antônio, ligou para o seu pai, o qual, após alguns
    minutos, chegou ao local, a fim de evitar que o seu filho não fosse multado, o que não foi acatado pelos militares.
    No mais, além de ser o causador de todo o impasse gerado, o Cap. CBMSE Eustórgio
    Soares da Silva, solicitou, ainda, que o Comandante do Corpo de Bombeiros adotasse as providências cabíveis,
    em face dos militares que autuaram o seu filho, conforme documento de fls. 08.
    Por fim, entende este Órgão Ministerial que os policiais militares Cb. PMSE Carlos Henrique
    Prado Souza, Sd. PMSE Abraão dos Santos Gomes, Sd. PMSE Douglas Pereira Azevedo, Cb. PMSE Denison
    Teles de Menezes não cometeram nenhum fato típico previsto no CPM.
    Outrossim, o documento de fls. 08, ainda, narra outro suposto fato delitógeno, cometido
    pelos mesmos militares.
    Segundo o documento, no dia 20 de março de 2012, por volta das 11:30 h, o Sr. Douglas
    Luiz, amigo de Urich Antônio, estava em pé conduzindo uma motocicleta e sem o capacete.
    Incontinenti, o Cb. PMSE Denison Teles de Menezes determinou que o Sr. Douglas Luiz
    colocasse o capacete, não tendo sido atendido.
    Diante disto, o militar resolveu abordá-lo e, por conseguinte, lavrou o auto de infração de
    trânsito.
    Ocorre que, enquanto estava confeccionando o auto, o Sr. Douglas Luiz, tentando se
    esquivar da multa, ligou para o Cap. CBMSE Eustórgio, o qual, não podia atendê-lo no momento, em virtude de se
    encontrar numa reunião. Entretanto, passou a ligação para um Subtenente do Corpo de Bombeiros, a fim de tentar
    resolver a situação.
    Entretanto, mais uma vez, agindo dentro da legalidade, o Cb. PMSE Denison Teles de
    Menezes confeccionou o auto de infração de trânsito.
    Infere-se dos autos que, em duas oportunidades, mesmo estando o seu filho e o amigo
    deste, totalmente em desacordo com as normas prescritas no CTB, o Cap. CBMSE Eustórgio Soares, atendendo a
    interesses, interferiu na ocorrência policial.
    Assim, ao final do curso investigatório não restou demonstrado o cometimento de nenhum
    ato delitivo pelos militares Cb. PMSE Carlos Henrique Prado Souza, Sd. PMSE Abraão dos Santos Gomes, Sd.
    PMSE Douglas Pereira Azevedo, Cb. PMSE Denison Teles de Menezes.
    Destarte, não há fundamentos para a instauração da ação penal, pois não foi identificada
    qualquer conduta prevista na legislação penal castrense. Assim, o Órgão do Ministério Público Militar vem, à
    presença de Vossa Excelência, promover o ARQUIVAMENTO DO INQUÉRITO POLICIAL MILITAR.
    Por fim, pugna o Parquet sejam encaminhadas cópias do presente procedimento
    investigatório ao Comandante do Corpo de Bombeiros, a fim de este instaure IPM apurando a conduta do Cap.
    CBMSE Eustórgio Soares da Silva.
    Aracaju, 17 de agosto de 2012
    JOÃO RODRIGUES NETO
    Promotor de Justiça Militar em Substituição
    JOAO RODRIGUES NETO
    Promotor(a)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. chupa essa manga nailson.

      Excluir
    2. Parabéns ao MP por fazer o correto!

      Excluir
  5. Com tudo isso o Corobé Iunes, não esta preocupado, pelo contrário manda apertar nas escalas serviço. Persequindo, uhumilhando, e com uma alimentação péssima, e ainda querem mandar um ônibus, do nada para tentar enrrolar o besta, sai dai otario.

    ResponderExcluir
  6. Veja o que diz o Art. 324 do CPM: Deixar, no exercício de função, de observar lei, regulamento ou instrução, dando causa direta à prática de ato prejudicial à administração militar:
    OU SEJA, ERA O PROPRIO CMT GERAL QUEM DEVERIA ESTAR NA 6ª VARA, POIS O MESMO NÃO PROVIDENCIOU O PAGAMENTO DO LICENCIAMENTO DAS VIATURAS TRAZENDO PREJUÍZO PARA A ADMINISTRAÇÃO MILITAR.

    ResponderExcluir
  7. Terrorita do Yunes vai embora, e verdade fica dizendo que esta com a tropa ele só anda na secretaria, com Dr. João Rdriques e Dr. João Eloi.

    ResponderExcluir
  8. Chega de promessa até agora nada de : TICKT REFEIÇÃO; CARGA HORÁRIA; NÍVEL SUPERIOR; ADICIONAL NOTURNO; LEI DE FIXAÇÃO; LOB, chega de promessa vamos contiruar boicotando o serviço, em marcha lenta, lentinho.

    ResponderExcluir
  9. Na minha casa todo mundo é 22330; até meu coronel!

    ResponderExcluir
  10. JÁ FALEI E VOLTO A REPITIR, VAMOS BOICOTAR O SERVIÇO. VAMOS CRUZAR OS BRAÇOS GERAL!! QUE SE DANE TODA A SEGURANÇA DO ESTADO, É CADA UM POR SI.
    QUERO VER SE NÃO DARÃO A DEVIDA ATENÇÃO A TROPA.
    PENSEM AMIGOS, JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS, QUEM FAZ O SERVIÇO NA RUA SOMOS NÓS.

    ResponderExcluir
  11. maj rollemberg do choque ( o abençoado )
    estar kakando kkkkkk ele mandou 3 policiais do choque fazer segurança de politico do interior a MANDO DO EX COMANDANTE CORONEL RESENDE e se lascou pq yunes estar sabendo de tudo,,,,,,se liguei cel yunes quem mando no choque é o ex comandante cel resende.

    ResponderExcluir
  12. providências.
    6 – HOMOLOGAÇÃO DE SOLUÇÃO EM PAAD
    Parte expositiva:
    Encarregado: ST PM Luiz Helvécio de Almeida Filho, RG 102.018-88/SE e CPF 610.237.365-00.
    Disciplinado: 1º Sgt PM 3346 Edgar Menezes Silva Filho, RG 648.127-2/SE e CPF 227.518.405-82.
    Parte conclusiva:
    Vistos e analisados os autos do Processo Administrativo de Apuração Disciplinar n°

    ResponderExcluir
  13. Caros barnabés estamos sempre questionando qual é o melhor comandante da nossa centenária policia militar, mais todos os oficiais que chegam ao patamar máximo da nossa policia não resolve o problema porque eles próprio não sim intende eles estão sempre procurando tira o melhor proveito do comando e fazem grupinho para se proteger, mais deixa outra instituição mandar, uma instituição com menor numero de policial uma instituição que tem seus chefe os delegados e depois da constituição de 1988 tiveram, que ser bacharel de direito uma instituição com 24 anos de existência mais mostra superioridade sobre os nossos oficiais que somos uma policia mais velha e não tivemos que mudar nada na função de chefia que é de coronel mesmo depois da constituição de 1988 permaneceu coronel comandando, mais antes da constituição 1988 qualquer um era delegado, hoje eles estão mais próximo do secretario de segurança pública porque são o tão falado delegado de carreira; eles são mais úmidos mesmo com diferencia entre eles não deixa atrapalhar seus objetivo, já os nossos coronéis eles ficam pesando pequeno não olho para frente, nos temos o maior efetivo somos a policia mais velha e a nossa função é completamente deferente da deles, mais aos poucos somos colocado para traz porque os nossos chefes não se unem, estar aprova a nossa policia sucateada, prédios velhos, policiais com farda velhas, alimentação ruim, comunicação péssima, o dinheiro que o estado repassa para despesa da policia já teve comandante que devolveu dinheiro; o cargo de secretario de segurança pública não pertence a nem a policia militar, bombeiro militar e nem policia civil, o secretario da segurança pública ele é o elo de comunicação direta das policia com o governador não pertenci a nem uma das policias pela sistema de comando vem a primeiro policia militar, segundo bombeiro militar e terceiro a policia civil, quem comanda a policia civil é o superintendente não o secretario de segurança pública ele é o responsável por todas as três policias; senhores coronéis vamos nos respeitar vamos fazer o básico a lei estar do nosso lado, cada um fazendo o seu papel vamos nos valorizar nos policiais militares já carreguemos o estado nas costa muito tempo. Por uma policia militar forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PERICLES FOI O MELHOR COMANDANTE ORIGINARIO DA POLICIA, OS OUTROS NÃO SÃO NADA..

      Excluir
  14. COMENTÁRIO EXTRAÍDO DO BLOG DA AMESE26 de setembro de 2012 13:35

    Artigo bem escrito!
    Sou da PMDF, mesma turma do autor, e assino em baixo pela total coerência dos argumentos.
    Cap Valeriano - PMDF.

    ResponderExcluir
  15. HÓ GLORIA!
    26 de setembro de 2012 14:25

    É POR ESSA E OUTRAS QUE SOU SEU FÃ CAP ILDOMÁRIO,PELA LUTA,CONHECIMENTO,DEDICAÇÃO A CAUSA MILITAR E OUTRAS. OS PODEROSOS DE SERGIPE ESTÃO DOIDO PARA TE PEGAR,AI LEVANTA TANTA BABOSEIRA COMO O SENHOR É O CAP MANO E ETC.
    MAS SOU TESTEMUNHA DE SUA LUTA DESDE A ÉPOCA DO CHOQUE QUANDO AO SEU LADO LUTEI POR UMA POLICIA MELHOR E JUSTA!CREIO QUE JÁ SABE QUEM SOU EU:

    CHEGA DE TANTA HUMILHAÇÃO!

    ResponderExcluir
  16. Seja motorista da PM, seja responsável por uma viatura sem seguro e sem licenciamento e veja o que te espera
    http://www.heroisdefarda.blogspot.com.br/2012/09/motoristas-da-pm-estressados.html

    ResponderExcluir
  17. O artigo escrito pelo vice presidente da AMESE, cap Ildomário é para orgulhar à todos nós militares,é a dor de cabeça de muita gente, e a prova inconteste da capacidade dos policiais militares de Sergipe, parabéns nobre oficial, é uma satisfação poder dividir o gerenciamento da AMESE com alguém tão comprometido com a justiça e o bem-estar dos nossos companheiros de trabalho, abraço.

    ResponderExcluir
  18. PM é condenado por se apropriar de moto apreendida
    Capitão foi julgado pela Justiça Militar na terça-feira, 25

    PM foi julgado na Justiça Militar no Fórum Gumersindo Bessa em Aracaju (Foto: Araquivo Infonet)
    Por unanimidade, o Conselho Especial de Justiça Militar condenou o capitão Agnaldo Silva Filho, ex-comandante da unidade policial militar do município de Tobias Barreto, por crime de peculato, por ter se apropriado indevidamente de uma motocicleta apreendida em blitz no povoado Samambaia, em Tobias Barreto. Contra o militar foi aplicada pena de sete anos e dois meses de reclusão. Como se trata de decisão de primeira instância, cabe recurso.

    A apreensão da motocicleta aconteceu em fevereiro do ano de 2005, conforma dados do processo judicial. No momento da blitz, o condutor do veículo identificado como Luciano de Oliveira Santos estava sem o documento e justificou que teria comprado recentemente a motocicleta no município de Rio Real, no Estado da Bahia, e que estaria naquela época aguardando a liberação do licenciamento do Departamento Nacional de Trânsito (Detran).

    O veículo foi apreendido e o capitão Agnaldo Filho que à época comandava a unidade policial do município de Tobias Barreto teria se apropriado indevidamente do bem, entregando a motocicleta a uma mulher identificada como Maria Cláudia, citada nos autos como sendo uma suposta namorada do policial. “O denunciado [neste caso, o capitão Agnaldo Filho], que comandava a referida unidade policial militar, se apropriou da moto, passando a utilizá-la sem autorização do proprietário, e ainda cedeu para a Srª. Maria Cláudia França de Aguiar, a qual passou a usufruir do bem”, relata trecho da sentença judicial.

    No processo consta que o capitão Agnaldo Filho entrou em contradição quando justificou o repasse da motocicleta para Maria Cláudia. Segundo a sentença, no primeiro momento o militar informou que teria sido procurado por um rapaz identificado como Marco Antonio que teria se apresentado como proprietário da motocicleta, exibindo, inclusive, a nota fiscal, informando que não tinha condições de emplacar o veículo por falta de condições financeiras.

    O PM, conforme revelou nos autos, então, teria orientado o rapaz a vender o bem e se comprometeu a encontrar um comprador, motivo pelo qual teria deixado a moto na residência de Maria Cláudia. No entanto, no interrogatório judicial, foi detectada a contradição. O capitão Agnaldo Filho, apesar de apresentar a mesma versão, acabou informando que teria sido procurado, não por Marco Antonio como revelara antes, mas por Edvaldo. “Mas não é só, o Sr. Luciano de Oliveira Soares, que foi apreendido com a moto bis, também relatou que não pediu para que o denunciado vendesse o veículo, o que demonstra a nítida intenção do Cap. PM Agnaldo Silva de permanecer com o bem”, retrata o texto da decisão judicial assinada pelos magistrados Juliana Nogueira Martins, substituta, e pelo coronel Abiner Lobo, juiz militar.

    Por Cássia Santana

    InfonetCidadeNoticiasComentar (9) Compartilhar:
    Comentários (9)
    Marcia de Rozario Catete Concordo (14) Discordo (2) Denunciar26/09/2012 às 15:25
    A justiça e lente mais e justa, porque o Gilmar Carvalho não fala mais em coroneis que tem empresas de seguranças.
    Pézão Concordo (13) Discordo (9) Denunciar26/09/2012 às 15:18
    Para pm, Sergipe parece terra sem lei pois eles se apropriam de moto, celular, armas e etc apreendidos na rotina de trabalho. Por isso que se vê pm com padrão de vida incompatível com seus rendimentos em todo o ESTADO. Ladrões de farda. Parabéns a justiça.
    Digão Concordo (10) Discordo (1) Denunciar26/09/2012 às 15:23
    Quando um Coronel e empresário da área de segurança acredito que tudo pode, como também tem empresas sargentos,cabos, tenentes , delegados e outros.
    Listar todos


    A CASA CAIU CAPITÃO LANCHE!!!!

    ResponderExcluir
  19. Cap. Ildomario o Sr. nos orgulha, meu muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mano, em contrapartida outros oficiais da briosa PMSE nos enojam,a saber todo o EMG, CPMC, CPMI que nao fazem nada pela melhoria da briosa, só qurem fuder com as praças.

      Excluir
    2. E com os praças!não é só com nóis não!

      Excluir
  20. Amigos estar na hora dos praças se unirem novamente,chega de tanta injustiça contra os verdadeiros trabalhadores da segurança publica ou seja os praçasm,ou vocês estão esquecidos o que fizeram com o cabo Natanael,se não tomamos alguma atitude esse filhos da p********dos coroné vão continuarem tirando onda,se liguém ninguém estar livre dos atos arbitrários do semente do mal e sua corja,vamos tirar onda nessa eleição deixar tocar o horror.Os praças trabalham e quem ganha a fama é os infelizes dos coroné.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem carrega nossas instituições nas costas são os PRAÇAS DO SEXO MASCULINO. As FEMs e os coronéis levam os louros da fama sem fazerem p... de nada! Eu tomei a decisão de não carregar mais o piano de ninguém, até que o verdadeiro valor do homem seja reconhecido.

      Excluir
    2. Não troco algumas Pfens que trabalhei por certos homens dessa policia oficiais e praças DO SEXO MASCULINO. Não deveriam usar saias pra não desmoralizar as mulheres.

      Excluir
  21. CAPITÃO ILDOMÁRIO PARA GOVERNADOR! CAPITÃO ILDOMÁRIO PARA GOVERNADOR! CAPITÃO ILDOMÁRIO PARA GOVERNADOR! CAPITÃO ILDOMÁRIO PARA GOVERNADOR! CAPITÃO ILDOMÁRIO PARA GOVERNADOR!

    ResponderExcluir
  22. Caros companheiros Sergipanos,

    Atendendo a um pedido de um companheiro dessa co-irmã, que indignado com mais um ato absurdo e imoral do governo do Estado de Sergipe, pretende imputar punições aos bombeiros que doaram sangue voluntariamente, editei uma matéria em meu blog para que as autoridades de Brasília, principalmente as federais, analisem o que ocorre nos diversos estados federados onde seus governantes ainda insistem em achar que a era do coronelismo ainda persiste.
    Cumpra-se a Lei, senhor governador de Sergipe! Esse é seu dever!

    Abraços a todos,

    Tenente Poliglota...
    Polícia Militar do Distrito Federal

    Blog: tenpoliglota2012.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O PRÉ-CAJU É UMA FESTA PARTICULAR QUE GERA LUCROS AOS SEUS ORGANIZADORES27 de setembro de 2012 02:53

      É um abuso total..

      O pré-caju é uma festa de cunho particular, e não deveria colocar policiais militares que são funcionários do estado de sergipe pagos pra dar segurança a população.

      Doei sangue, e o farei novamente, caso alguém precise..Que seja no pré-caju ou não..

      Ora pois!

      Excluir
  23. Estes julgados recentes que foram citados aqui nos comentários mostram o que é o militarismo mal empregado nas forças de segurança e mostram o que nós praças sofremos. Pedidos de oficiais para tirar multas e liberar veiculos irregulares se forem desobedecidos podem virar processo pra gente, fora isso um veiculo de alguém que comprou com muito sacrificio foi ofertado como presente a namorada de um capitão que é casado e queria empurrar para cima dos praças.

    Neste texto podemos verificar que ainda há oficiais que ainda gozam de nossa confiança e que estão do lado da tropa. Parabens capitao Ildomáro e Sargento Edgar pela luta por nossos direitos.

    ResponderExcluir
  24. Olá, Blogueiro!

    Viemos te convidar para a Mobilização Nacional pela Doação de Órgãos. Doar órgãos é um ato de amor e solidariedade que traz mais vida e qualidade em seus dias para quem recebe. No Brasil, é a própria família quem autoriza a doação em caso de morte encefálica comprovada. Por isso, a informação é fundamental. É preciso que as famílias saibam desta vontade e se sintam seguras ao tomar esta decisão.

    Abrace esta causa com a gente no Facebook:
    https://www.facebook.com/DoacaodeOrgaos
    E também estamos no Twitter:
    www.twitter.com/doeorgaos_MS
    O material da campanha para divulgação está disponível em:
    http://apps.facebook.com/doacao_orgaos/?fb_source=search&ref=ts
    Espalhe esse recado e nos ajude a aumentar o número de vidas salvas.

    Obrigada,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  25. Que Deus nos ajude e olhe por nós. E o fim, primeiro eu pergunto o Iunes quando comandou o CPMC, trabalhou dois dias só que ate as 21:00hs, e depois assumiu o seu posto no PRECAJU, com seu Augusto e Fabiano. Os coroneis Magno, Iunes, Maj Eduardo, Maj Edenison, Maj Fernando nunca ninguem trabalhou em nenhum dia pela polícia, nínguem mesmo, ele o Iunes e uma vergonha, com já disse anterormente ele ia fardado e retirava a sua farda e vestia o colete e camisa do AUGUSTU`S, vocês se recordam, e ai e pública ou particular.

    ResponderExcluir
  26. Não Houve Equívoco, Ninguém Comete Trezentos Equívocos. Foi Maldade Mesmo !27 de setembro de 2012 04:53

    Bom dia,
    Realmente um texto lúcido, fundamentado, humanista e que mostra com claras evidências o constrangimento, violação de direitos e maculação da dignidade humana que estão impondo a esses homens e mulheres de bem denunciados pelo Ministério Público de Sergipe.

    Houve necessidade de se escrever um texto dessa qualidade numa linguagem polida e acessível para que não só os doutores da lei entendam, mas sociedade precisa entender, gente de outros rincões precisam saber e multiplicar. Aos poucos a proporção disso pode ser imensurável.

    Não houve equívoco algum por parte dos dois promotores de justiça, Jarbas Adelino e João Rodrigues Neto, que assinam as denúncias, pois ninguém comete trezentos equívocos, mas dolosamente criaram um cenário de marginalização de policiais militares que cumpriram a lei de trânsito e outros que doaram sangue num espírito de solidariedade jamais visto nesse estado, bem como amparados na lei, Termo de Ajuste de Conduta firmado no próprio MPE e motivados por ampla publicidade do estado. Doar sangue é ato motivado internacionalmente.

    O problema é que no afã de se fazer o mal deixaram claras evidências da inconsistência de sua tese como bem dissertada no texto do nobre Capitão Ildomário.

    Chegaram ao ponto absurdo de se dizer que o procedimento para não ser voluntário seria de tal forma, mas só esses dois promotores de justiça sabiam numa clara tentativa de homicídio ao princípio da publicidade a qual a administração está sujeita, inclusive eles. Não houve ato administrativo público e publicado sobre esse tema. Existe apenas o querer dos denunciantes na tentativa infeliz e ilegal de se inverter a obrigação do ônus da prova. Se essa moda pega !

    Eles já foram carinhosamente oficiados pela OAB/Se para que mostrem suas razões, porém aqui sabemos que a coisa não funciona muito bem. Isso pode ser um aviso que em breve, após a euforia do período eleitoral, eles recebam outras cobranças quem sabe a nível nacional. Se há sofrimento do lado de cá, também há preocupação pela exposição e repercussão do lado de lá.

    Bem, fiquem em paz e não se preocupem com matérias tendenciosas da TV Sergipe, pois só ratifica a preocupação de interessados em justificar o injustificável.

    Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  27. Cel Iunes se lascou, dscobriram de tudo com relação dos policiais que estão trabalhando com a sua mulher em Rosário do Catete, que coisa feia, o TRE, já esta sabendo de tudo. Nº Proc. 10000576.98777.2012-09. TRE.

    ResponderExcluir
  28. Fora Iunes, para seu lugar de onde vc veio o inferno.

    ResponderExcluir
  29. Matéria tendenciosa. Está proibido o policial armado! Frise-se bem!

    ResponderExcluir
  30. ESTAMOS ESPERANDO O QUÊ ENTÃO? SE ESSE COMANDANTE IMORAL NÃO TEM CONDIÇÕES DE REPRESENTAR SEUS COMANDADOS E NINGUÉM FAZ NADA PRA TIRÁ-LO DO COMANDO, FAÇAMOS NÓS MESMOS!!!!
    VAMOS BOICOTAR GERAL, O GOV. PRECISA DE NÚMEROS, ESTATISTICAS PRA ENGANAR O POVO. CRUZEMOS OS BRAÇOS E QUERO VER QUE JUSTIFICATIVAS DARÃO. "CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS", NÓS TEMOS O PODER DE TIRAR QUEM QUISERMOS IRMÃOS, QUE ESTÁ NAS RUAS SOMOS NÓS.
    "SE OS LIXEIROS NÃO RECOLHEM SEU LIXO, A COISA FEDE PRA TODO LADO", PENSEM NISSO!!!

    ResponderExcluir
  31. DIREITOS DOS HOMENS E MENINOS27 de setembro de 2012 07:25

    A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA OS HOMENS!

    Como todo o escândalo que a mídia fez sobre a traição de Tiger Woods, um aspecto interessante da história acabou passando batido: como milhões de outros homens, Tiger Woods era – alegadamente, pelo menos – vítima de violência doméstica por parte de suas mulheres. Além do custo brutal em danos físicos e psicológicos, a violência doméstica contra homens significa um grande prejuízo econômico que prejudicam a própria vítima, a sociedade e até mesmo a nação.

    Na grande maioria das vezes, as autoridades e os cidadãos comuns enxergam a violência doméstica como um crime cometido por homens contra suas mulheres. Consequentemente, praticamente todos os recursos em propaganda e medidas legais são concentrados em programas que somente apóiam as mulheres.

    Um problema ignorado

    Só que mais de 200 estudos baseados em levantamentos feitos em casos de agressão doméstica demonstram que as agressões são mútuas. Na verdade, praticamente todas as evidências apontam que praticamente 50% de todos os casos de violência doméstica emvolvem troca de agressões e os outros 50% são igualmente divididos entre homens e mulheres que são agredidos covardemente por seus parceiros.

    Parte da razão que este problema é totalmente ignorado é por causa que a cultura geral prega que um homem que apanha é “fraco” ou “maricas”. Um bom exemplo é o caso de Barry Willians: recentemente, a ex-estrela do seriado Brady Bunch (no Brasil, era conhecida como A Família Sol-Lá-Si-Dó) denunciou e processou a mulher com que vivia, porque ela o agrediu fisicamente, roubou 29 mil dólares de sua conta bancária , tentou até esfaqueá-lo e repetidamente fez ameaças de morte.
    Seria difícil imaginar algum programa de tv fazendo chacota de uma mulher que passase por tamanho sofrimento, mas o programa E! Online aproveitou a oportunidade para tirar sarro de Willians, comparando o evento com vários trechos de episódios do seriado Brady Bunch. Parecido com isso, quando o Saturday Night Live tinha um quadro em que um Tiger Woods apavorado era seguidamente agredido por sua mulher e não recebeu crítica alguma por isso, mas o programa foi bastante criticado por ter sido insensível com o problema de violência doméstica que a cantora Rihanna sofreu.

    Falta de estudos

    As vezes é impossível ignorar o problema, como quando o caso termina em morte – como no caso do ator Phil Hartman – mas as causas tendem a ser explicadas como problemas mentais da parceira, aliviando a carga de culpa da assassina. O mesmo pode ser dito do caso Andrea Yates, em que muitos especialistas vieram afirmar como um “marido insensível” pode levar uma mulher a matar.

    Muitas informações sobre o caso de violência doméstica contra homens são anedóticas, principalmente por causa da falta de estudos sobre este problema. Mesmo com muitas organizações que foram criadas voltadas a este problema, a única fonte de recursos a estas organizações é o Departamento de Justiça dos EUA, que deixa a responsabilidade da administração dos recursos para a Secretaria da Violência contra a Mulher.

    (continua...)

    ResponderExcluir
  32. DIREITOS DOS HOMENS E MENINOS27 de setembro de 2012 07:28

    A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA OS HOMENS

    ...

    Por anos, o Departamento de Justiça americano recusou explicitamente a patrocinar estudos que investigassem a violência doméstica contra os homens. De acordo com especialistas na área, o Departamento de Justiça recentemente concordou em financiar os estudos sobre o problema, desde que os pesquisadores também investigassem sobre a violência contra a mulher.

    O primeiro estudo americano

    As pesquisadoras Denise Hines e Emily Douglas recentemente terminaram o primeiro estudo americano que cientificamente determina o impacto social e mental da violência doméstica contra os homens. Algo a se destacar é que este estudo não foi patrocinado pelo Departamento de Justiça dos EUA, mas pelo Instituto Nacional de Saúde Mental. Isso demonstra não apenas que os pesquisadores que se propõem a pesquisar sobre o tema são ignorados, mas que a violência doméstica contra os homens não é considerada um crime, mas sim um problema de saúde mental.

    Esta “descriminalização” da violência doméstica contra os homens afeta os resultados das pesquisas. Enquanto estudos baseados em levantamentos dos casos descobriram que homens e mulheres cometem violência doméstica em números muito semelhantes, estudos baseados em criminalidade mostram que as mulheres têm muito mais probabilidades de serem as vítimas. Esta incoerência começa a fazer sentido quando se considera que a violência de homem contra a mulher tende a ser visto como um crime, enquanto a violência da mulher contra o homem é visto de forma mais benigna.

    Um estudo recente envolvendo 32 nações mostrou que mais de 51% dos homens e 52% das mulheres acham que é certo uma mulher bater em seu marido em determinadas situações. Em comparação, somente 26% dos homens e 21% das mulheres consideram certo que há momentos que é certo um marido bater em sua esposa. Murray Straus, criador da Escala de Identificação de Conflitos (Conflict Tactics Scale, ou CTS) e um dos autores do estudo, explica esta discrepância: “nos nunca vemos homens como vítimas. Sempre vemos mulheres como mais vulneráveis do que os homens.”

    Joelhada no Saco

    Esta afirmação se torna ainda mais surpreendente quando é considerado o caso do jogador de futebol americano Warren Moon, do Minnesota Vikings, que aconteceu em 1996. Durante uma discussão com sua mulher, ele tentou segurar sua esposa que lhe havia atirado um castiçal em sua cabeça e acabou recebendo uma joelhada nos testículos. Ele acabou sendo acusado de agressão física e só foi liberado pela justiça depois que sua esposa admitiu que foi ela quem o atacou, e que suas escoriações foram auto inflingidas. Estranhamente, a confissão por parte dela de ter inventado a agressão não resultou em nenhuma ação judicial movida contra ela.
    Enquanto o julgamento de Moon atingiu a atenção da mídia para este absurdo, casos como esse são comuns e não recebem a devida atenção. Na verdade, há estudos que demonstram que se um homem chama a polícia para denunciar uma agressão de sua esposa contra ele, ele tem 3 vezes mais chances de ser preso do que a mulher que estava praticando a agressão.

    (CONTINUA)

    ResponderExcluir
  33. DIREITOS DOS HOMENS E MENINOS27 de setembro de 2012 07:31

    ...

    Esta visão deturpada da violência doméstica que domina o senso comum também afetam os recursos que são disponiblizados para ajudar homens agredidos. Por exemplo, a Linha de Apoio contra a Violência Doméstica atende tanto homens quanto mulheres – é a única linha de atendimento gratuita dos EUA que se especializa em ajudar homens vitimados pela violência doméstica – enfrenta inúmeros problemas e burocracias para conseguir financiamento. No estado do Maine, onde se baseia a sede da Linha de Apoio, a maior fonte de financiamento viria se eles se associassem a Coalizão Para o fim da Violência Doméstica do Maine.

    Na corda bamba

    Mas de acordo com o Diretor da Linha de Apoio, Jan Brown, a Coalizão recusa até mesmo a aceitar o programa ter uma chance de se tornar membro, efetivamente negando acesso a finaciamento. Atualmente, 45 voluntários atendem 550 ligações mensaias daonde 80% sao de homens ou de pessoas pedindo ajuda em nome de um homem. Operando com um orçamento de menos de 15 mil dólares anuais, eles tentam prover treinamento intensivo aos seus voluntários e oferece as vítimas um abrigo, comida, passes de ônibus e outros serviços.
    Os serviços de abrigo da Linha de Apoio são informais e improvisados, principalmente porque a falta de financiamento torna a construção de um abrigo com melhores condições impossível. Na verdade, dos 1,200 a 1,800 abrigos que estimam-se que existem nos EUA, apenas um – o abrigo Valley Oasis que se localiza em Antelope Valley, na Califórnia – provê um serviço completo de abrigo e apoio a homens vítimas de violência doméstica. E, em média, menos de 10% dos recursos que a Secretaria da violência contra a Mulher disponibiliza são usadas para combater a violência doméstica contra os homens.

    Para as vítimas masculinas de violência doméstica, o sistema legal acaba se tornando outra forma de abuso. Como no caso do jogador Moon, homens agredidos acabam sendo presos, mesmo se são eles a chamar a polícia. E mesmo depois da prisão o processo de encarceramento, ordens de restrições de aproximação, ação de divórcio e a custódia dos filhos continuam a deixar os homens em grande desvantagem.

    Um alto custo

    As ordens de restrição de aproximação são obstáculos particularmente irritantes. A Radar Services, uma organização que monitora essas ordens de restrição, estima que 85% dos 2 milhões das ordens de restrição que são expedidas todos os anos são contra homens. Em muitos estados, o requerimento para conseguir uma ordem de restrição é vago: no estado do Oregon, por exemplo, uma simples alegação de “medo” de ser agredida já é suficiente para a expedição de uma ordem. Enquanto no Michigan, é expedido para proteger a família contra “possíveis danos psicológicos”.

    Mas não há nada de vago sobre os efeitos das ordens de restrição de aproximação: geralmente expulsam homens de suas casas, negam a eles acessos aos filhos e resultam em gastos finaceiros enormes para milhões de homens que tem que procurar um novo lugar para morar, contratar advogados e pagar outras despesas. Para alguns homens, como Hines e Brown apontam, o sistema legal dá para esposas e namoradas má intencionadas e vingativas ferramentas adicionais para atacar seus parceiros mesmo se o relacionamento já terminou.

    ResponderExcluir
  34. DIREITOS DOS HOMENS E MENINOS27 de setembro de 2012 07:33

    A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA OS HOMENS!

    ...

    Como Straus nota, “a maioria dos recursos [para o combate à violência doméstica] devem ser mesmo dedicado as mulheres. Geralmente elas que são mais agredidas, são mais vulneráveis economicamente e são as que ficam na maioria das vezes com a guarda dos filhos. Mas mesmo assim, homens também tem que contar com mais recursos, não podem ser ignorados.”

    Não há dúvidas que a violência doméstica contra os homens podem ser reduzidas; as iniciativas contra a violência dos últimos 40 anos trouxe à luz um crime que era escondido e deu proteção para milhões de mulheres que sofriam de violência de maridos abusivos. O próximo passo é admitir que a violência doméstica não é só um problema feminino ou masculino, mas um problema humano, e uma solução definitiva deve ser tomada para combater a crueldade – e o sofrimento – que ocorrem em ambos os sexos.

    artigo original:
    http://antimisandry.com/articles/hidden-crime-domestic-violence-against-men-growing-problem-93.html

    MATERIAL RETIRADO DE: http://canal.bufalo.info/2011/12/a-violencia-domestica-contra-homens/

    ResponderExcluir
  35. Concordo plenamente fora Yunes e sua corja,Yunes só é bom para turma dele o outros que se lasquem.Samuel ja estar na hora de partir para cima dos comandos da PM e BM esses coroneis estão se achando,pau no lombo deles.

    ResponderExcluir
  36. Concordo com fora iunes a verdade tem que ser dita a população sergipana ele fica usando nos que somos os menores e fala coisa totalmente forjada, não quero mim identificar sou soldado da PM/1, a verdade e o sequinte, Hoje o efetivo da PM na ativa 3.679.00, policiais que estão agurdando em casa 399, políciasi baxados 457, policiais á disposição de outros orgãaos 1.279, políciais de ferias 523, de licênças especiais 281, fora os policiais com restrições médicas que perfaz 334, mas o Sr. Iunes disse que escalou 2886 policias que mentira seja verdadeiro, mentiroso, bajulador de João Eloi, e tudo mudou ele dizia que ia ficar com a gente, eu cansei, vamos mostrar a ele o que ele merece.

    ResponderExcluir
  37. Pau no lombo deles, Yunes você coloca a sua empresa, sempre os soldados e quem sobram, as nossas escalas estão apertando muito, eu oergunto, estou escalado em Canide de São Francisco e os dias escalados normalmente quem vai tirar? Eu vou ter que estar em dois lugares, porque continuo escalado no Pac.

    ResponderExcluir
  38. Policiais mostrem as suas caras.

    ResponderExcluir
  39. Concordo!
    ESTAMOS ESPERANDO O QUÊ ENTÃO? SE ESSE COMANDANTE IMORAL NÃO TEM CONDIÇÕES DE REPRESENTAR SEUS COMANDADOS E NINGUÉM FAZ NADA PRA TIRÁ-LO DO COMANDO, FAÇAMOS NÓS MESMOS!!!!
    VAMOS BOICOTAR GERAL, O GOV. PRECISA DE NÚMEROS, ESTATISTICAS PRA ENGANAR O POVO. CRUZEMOS OS BRAÇOS E QUERO VER QUE JUSTIFICATIVAS DARÃO. "CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS", NÓS TEMOS O PODER DE TIRAR QUEM QUISERMOS IRMÃOS, QUEM ESTÁ NAS RUAS SOMOS NÓS.
    "SE OS LIXEIROS NÃO RECOLHEM SEU LIXO, A COISA FEDE PRA TODO LADO", PENSEM NISSO!!!

    ResponderExcluir
  40. Corcodo plenamente vamos boicotar esses coronés não merecem nosso respeito são tudo pau mandado do reizinho,vamos deixar tocar o zaralho nessas eleições vamos apenas cuidar de defender nossa vida e a dos nossos,o restante que se virem,porque o TRE não escalou a policia federal e a civil para tomar conta das urnas,porque eles não contrataram empresas de segurança vai para puta que pariu,tudo só sobra para os militares,bizu tem um praça internado no são lucas necessitando de doações de sangue,vamos ser humanos doem sangue.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIGADO NO MOVIMENTO27 de setembro de 2012 13:06

      SÓ NÃO VOU DOAR PORQUE JÁ DOEI ESSE MES.

      Excluir
  41. SEJAMOS INTELIGENTES, TBM PODEMOS FOTOGRAFAR, FILMAR OU O DIABO A QUATRO PARA PREJUDICAR OS CANDIDATOS DO TAL "REIZINHO". É SABIDO POR TODOS QUE NAS ELEIÇÕES O QUE MAIS ACONTECE É COMPRA DE VOTOS.
    VAMOS USAR O TOLERÂNCIA ZERO, POR UMA "ELEIÇÃO MAIS LIMPA."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo companheiro, nos interiores, a noite os carros ficam num vai e vem terrível, levando $$$$$ para os eleitores e cabos eleitorais.

      Excluir
    2. verdade.
      Os adversários segue os carros dos oponentes para evitar compras de votos. E ainda andam super armados com escopetas, calibre 12, pistolas, enfim tá uma zona na zona

      Excluir
  42. muito bom a postagem do companheiro das 08:32 sobre o efetivo total da PM. Eu já sabia que a PMSE não tinha nem 4000 homens. Isso é uma vergonha !
    Outro absurdo é a escala da eleição. Como é que pode o homem trabalhar dois dias seguidos ? se apresenta sábado de manhâ no CFAP e só sai domingo à noite ! vou ter que usar a mesma farda dois dias seguidos na escola. É até anti- higiênico. Além de dormir emcima das carteiras para tomar conta das urnas !
    Isso precisa ser ventilado para a imprensa !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto isso alguns "Policiais Militares" do Administrativo do 8ºBPM e de outras Unidades (sem restrições médicas) não irão trabalhar nessas eleições, mesmo assim, irão folgar no dia 8 e 9 de outubro, pois, o Comandante Geral dará este descanso, somente ao setor Administrativo, como recompensa ao efetivo empregado nas eleições. Veja como a PMSE é justa. Por acaso, você tem conhecimento de algum PM lotado no QCG, HPM, CIOSP, TJ, AL, CPFAZ, CPTran, CPRv, Gati e BPM's, não irá trabalhar nessas eleições?

      Excluir
    2. PM TEM HOJE, 1.604 POLICIAIS DISPONIVEIS, PODENDO CHEGAR A 2.108. TODO COMANDANTE GERAL FAZ ISSO. É SIMPLES, PEGA ALGUNS PM BARNABÉS ESCALAM UM DIA ANTERIOR E NO DIA DA ELEIÇÃO, OU SEJA, O MESMO PM IRÁ TRABALHAR OS DOIS DIAS, SEM DIREITO A DESCANSO. MESMO SENDO UM ABSURSO ISSO, A MAIORIA DA PM OBEDECE A ESSA ESCALA. O PM NÃO PODERÁ VOTAR, POIS ESTARÁ LONGE DO SEU LOCAL DE VOTAÇÃO; NÃO TERÁ O DIREITO AO DESCANSO, E SE FALTAR A ESTA ESCALA EXTRAORDINÁRIA FICARÁ PRESO. VEJA COMO É BOM ESSE REGIME MILITAR ULTRAPASSADO. O PM VEM SENDO TRATADO COMO UM SUBCIDADÃO HÁ ANOS. PARA ACABAR COM ESSAS DESIGUALDADES VAI SER PRECISO MUITAS MANIFESTAÇÕES E A CONSCIENTIZAÇÃO DE MUITOS COLEGAS QUANTO AOS SEUS DIREITOS E DEVERES. ACORDA PM!!!!!!!!!!!

      Excluir
  43. EU VOU TRABALHAR DE AGASALHO !
    MINHA FARDA JÁ TÁ COM 6 BURACOS ! SÓ TRÊS, É EMBAIXO DO SUBACO. SEM FALAR NO BURACO NA REGIÃO DO "FANDANGO". A COSTURA JÁ TÁ PODRE. DEI UM PEIDO E A PORRA RASGOU! DISSE A MULHER EM CASA QUE TINHA SIDO AO SUBIR NA MOTO DO GETAM. PORRA NENHUMA ! SOLTEI UMA BUFA DE 70 DECIBÉIS E 35 WATTS DE POTENCIA E MINHA COMPANHEIRA VELHA DE LABUTA SE RASGOU !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o peido rasgou a farda imagine o estrago que fez no az de copas.

      Excluir
  44. Bastou o coronel Andrade sair do Comando do Interior para que o Coronel Barros começasse a fazer mudanças, inclusive para agradar políticos
    viram as classificações de hoje?

    estão mudando praças também no interior sem publicar em BGO

    tá tudo esculhambado

    era melhor o Coronel cabeção, pois ele sim, comandava o interior

    não deixava delegado nenhum mandar no interior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. calma pessoal...a mudança é salutar...o Cel andrade ja tinha muito tempo a frente do CPMI e precisava oxigenar o setor...e ai veio o Cel barros..nada demais...e o cel andrade domina muito bem a area do direito inclusive ele é formado e a corregedoria é um local apropriado para ele mostrar sua intelectualidade..mudanças na vida militar visa adequar as pessoas em locais somente isso... nao vamos criar tempestade..sao otimos oficiais os dois e sao simpaticos as praças...nao vamos nos precipitar em fazer alegaçoes antes do tempo...

      Excluir
    2. KKKKKKKKKK..ele domina o que? Direito? E quanto a prisão precipitada de um praça do BPGd que causou trastornos a ele e a família e tudo mais? O praça só não ficou mal falado pq colocou na justiça.
      Olho pra cima e não consigo visualizar qual seja simpático ou ótimo!

      Excluir
    3. o cel andrade é um ser humano como outro qualquer e é suscetivel a falhas como ser humano...ele é cristão evangelico, animado, deviam observar mais as pessoas antes de declinar alegaçoes infames...quem n tiver defeitos atire a primeira pedra...concluindo, o cel andrade é desenrolado na corregedoria e o cel barros é um oficial q o comando acertou para concluir a missao d comandar o CPMI..os coroneis andrade e barros sao homens de bm, e tratam as praças com urbanidade e n faz acepção com as mesmas...eles sao cristaos e eu acredito na personificaçao dos mesmos...conselho a todos, antes d julgarmos uma pessoa busquemos olhar pra dentro d si e pedir a DEus q mostre os nossos erros e q tenha misericordia d nós...

      Excluir
  45. Que moral esses pau no cú tem. o Cel.Luiz Fernando e o Iunes, nunca fizeram nada pelo pequeno, isso boicotar, uniforme e o agasalho até porque pode chuver e não tem condições de mudar outro uniforme.

    ResponderExcluir
  46. Observação foi muito pontual com relação do praça que prestou as imformações, de todo efetivo, lembrem dos policiais que servem na SSP/SE, policiais que estão á disposição de delegados, fiscalizem as escalas para denunciarem para saberem a verdade dos fatos.

    ResponderExcluir
  47. Amigos quem faz insinua em ameaça ao comandante ele muda, já aconteceu com Genario, Enilson com Andrade e vem ai o Barros e cuidado o Jacson ele só anda em reunião com o secretário de segurança, não sei não viu.

    ResponderExcluir
  48. FAÇA A SUA PARTE EU FAÇO A MINHA ESSES COMANDANTES DA POLÍCIA MILITAR QUE RESEBEU DINHEIRO DE FLORO CALHEIROS, E O CORONEL NAILSON QUE RECEBEU DIARIAS DA FINLÃNDIA E NÃO FOI PUNIDO, AMBOS TEM MORAL PARA PERMANECER NOS COMANDOS?

    ResponderExcluir
  49. ..............Queremos o Cabeção porque ele fazia o que a gente queria, esse barros mastarde vai querer derrubar o comando. KKKKKK Ka, Ka, Ka.

    ResponderExcluir
  50. ao que tudo indica o rasputim está colocando PMs para fazerem política em Frei Paulo

    contrariando as ordens do SSP e comprometendo a instituição.

    ResponderExcluir
  51. A MULHER DO CMT GERAL É CANDIDATA E TEM MILITARES FAZENDO SUA SEGURANÇA? NÃO É POSSÍVEL. ESTAMOS REALMENTE DE VOLTA AO TEMPO DO IMPÉRIO. "FAÇA O QUE EU MANDO E NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO"

    ResponderExcluir
  52. Enquanto isso o articulador de toda essa maldade contra os militares estaduais está no Hospital Sírio-Libanês cuidando daquele mesma doença. Não quero seu mal e desejo que se recupere, mas o problema dele é a excessiva maldade que age como agente de enfraquecimento de seu organismo. Não foi falta de aviso, mas ele persistiu na sua arrogância e ódio desmedidos.

    ResponderExcluir
  53. Ao Anônimo de 27 de setembro de 2012 06:3028 de setembro de 2012 05:36

    Matéria tendenciosa como aquela da punição dos bombeiros em que apenas falou o porta-voz do comando do CBMSE, o repórter e ainda se fez um balanço com dados da promotoria militar numa clara intenção de elevar o conceito daquela dupla que está com a imagem ralada. Aquilo não foi matéria jornalística, mas publicidade feita pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e faz parte do acordo para tentar ajudar os dois promotores que não esperavam esse desgaste, principalmente no período político.
    Não adianta ajuda e o indicador é: Quem conhecia aqueles dois promotores antes dessa situação?
    Até em livraria de shopping da capital Jarbas foi reconhecido negativamente por clientes devido ao caso de doação de sangue e isso não tem preço.

    ResponderExcluir
  54. IDENTIFICAÇÃO: PROCESSO JUD Nº 41935 UF: SE
    JUDICIÁRIA
    MUNICÍPIO: ARACAJU - SE Doc. Origem: PROCESSO JUD nº 41935 Data: 16/08/2012
    PROCESSO VINCULADO: ESPÉCIE: AGRAVO DE INSTRUMENTO
    PROTOCOLO: 182232012 - 18/08/2012 15:11
    INTERESSADO: ALIK KOSTAK CARVALHO TELES IUNES
    ASSUNTO:
    LOCALIZAÇÃO: SEPRO-SEÇÃO DE PROTOCOLO JUDICIÁRIO
    FASE ATUAL: Registrado

    http://www.tse.gov.br/sadJudSadpPush/ExibirDadosProcesso.do?nprot=182232012&comboTribunal=tse

    ResponderExcluir
  55. ATENÇAO POLICIAIS MILITARES:

    Marcelo déda afastou-se da campanha de Valadares Filho alegando doença. Na verdade ele está com 70% de desaprovação da população sergipana e sua presença junto ao candidato a prefeito de Aracaju é negativa.

    O próprio PT reconhece a derrota de Valadares Filho e quer eleger o maior número possível de vereadores aliados para compensar a perda da prefeitura.

    Para isto estarão comprando votos por 150 reais nas proximidades das eleições. Devemos fiscalizar a coligação PT/PSB com o máximo rigor possível para evitar o que o PT historicamente combateu e hoje faz com a maior cara de pau possível.

    Vamos prender todo mundo que estiver fazendo boca de urna pro PT. Avança Vieira!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo companheiro,penso da mesma forma,porque temos uma força incomensurável neste momento(as eleições)que infelizmente é sempre subutilizada não fosse a BURRICE E COVARDIA de nossos pares!!

      Excluir
  56. vamos prender todos que estiverem fazendo boca de urna, todos

    há rumores que rasputim está preparando um verdadeiro exército de PMs para tocar horror em Frei Paulo

    por favor que souber maiores detalhes divulgar.

    ResponderExcluir
  57. o Coronel Andrade está fazendo falta no CPMI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só se for pra vc! Pq aquele não faz falta em lugar nenhum!

      Excluir
    2. CONCORDO PLENAMENTE CONTIGO COLEGA, ALIÁS, O ANDRADE TEVE SUA FOTO COLADA NAS NOTAS DE 3 REAIS FALSIFICADAS, DE TÃO FALSO QUE ELE É.

      Excluir
    3. tá fazendo falta o quê pucha-saco safado,um infeliz daquele que só pensa em passar a perna em todo mundo,não considera ninguém,de soldado a coronel!!aquele improbo,incompetente,ineficiente...

      Excluir
    4. falta d q...a incompetencia é tao grande q perdeu pra o TC Jackson no CPMC a epoca na feitura das escalas das eleiçoes...um coronel perdendo pra um TC...isso é muita incompetencia..

      Excluir
  58. Nessas eleições qualquer um que tiver vestido de vermelho com uma estrela do PT comprando voto, ou praticando qualquer outro crime político, não quero nem saber eu meto no a algema no elemento sem pena e ainda ligo para imprensa!!!!! PT NUNCA MAIS!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço a mesma coisa companheiro!!

      Excluir
    2. Alô, Alô.. Amigos e Irmãos, estamos na reta final.. quase lá!.

      Vamos fazer bonito domingo na nossa última carreata 30/09, chegue junto, vista a camisa, abrace essa ideia, leve sua família, convide o amigo, vizinho, colega de trabalho... vamos colorir Aracaju de verde e amarelo! Vamos mostrar que o povo de Deus e da segurança tem opção.. que temos força, vez e voto, esse movimento em defesa do evangelho e da segurança é coletivo, nós precisamos de espaço no governo, de mudança, de atitude. Os projetos precisam sair das gavetas, precisam ser discutidos e renovados, mas, para isso precisamos de você mais do que nunca, que você some-se propagando o nosso ideal.


      Att;

      Equipe Sargento PRADO 70000 – O Missionário de fé!.


      AGENDA 30/09 - Ultima Carreata - 9 horas

      9 horas - Encontro - Igreja Mundial do Poder de DEUS - Sede. Av. Hermes Fontes (Fundos) Prox. ao colégio João Alves Filho

      Excluir
  59. É ISSO AÍ AMIGO, VAMOS TOCAR O "HORROR". TOLERÃNCIA ZERO - ELEIÇÕES LIMPAS. PT NUNCA MAIS!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  60. companheiro as camisas serão amarelas, cor do PSB
    redirecione seu foco

    falar nisso, rasputim é filiado ao PSB, e está montando um exército para trabalhar pra ele em Frei Paulo

    ResponderExcluir
  61. Já estou preparando meu celular com essa finalidade, denunciar e provar essas compras de voto.
    Será um Deus nos acuda para esses canalhas do PT!

    ResponderExcluir
  62. LIGADO NO MOVIMENTO28 de setembro de 2012 09:23

    ISSO AI GALERA EU TAMBÉM TÔ NESSA, VOU FISCALIZAR E TIRAR FOTO COM MEU SMARTPHONE E SE POSSÍVEL FILMAR E GRAVAR ÁUDIO É MUITO IMPORTANTE, VAMOS FECHAR O CERCO.

    ResponderExcluir
  63. Sergipe será materia em rede nacional, sem contar nas capas de revista com essas denúncias.
    VAMOS BOICOTAR GERAL!!!!
    SÓ IREI FACILITAR PRA O NOSSO VEREADOR QUE NÃO PRECISARÁ DESSE ARTIFÍCIO PRA SE ELEGER,PRA O RESTO, CADA $$$$ SERÁ UM FLASH, KKKKKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  64. BOMBEIROS MILITARES PEÇO QUE LUTEM PELA VALORIZAÇÃO. ESTAMOS SENDO MASSACRADOS POR COMANDO E POR ESSE GOVERNO MEDÍOCRE QUE AÍ ESTÁ. NA HORA DO SEU VOTO ELEJAM UM CACHORRO QUALQUER MAIS NÃO VOTEM NO PT E SEUS ALIADOS."PT NUNCA MAIS!".

    ResponderExcluir
  65. NO FAXAXU DE ONTEM, SAIU UMA NOTA QUE DIZIA. QUE O MINISTERIO PUBLICO DE SERGIPE RECEBE ILEGALMENTE AUXILIO MORADIA.QUEM SÓ DIVULGOU FOI O FAXAXU.QUANDO É O PEQUENO A EMPRENSA COLOCA LOGO NO AR.

    ResponderExcluir
  66. Eu só lamento tudo isso que esses coronés fazem porque infelizmente sempre tem praças baba ovo dando apoio para eles,será que raspudim faria alguma coisa sozinho,do mesmo modo Yunes,colegas tomem vergonha na cara respeitem-se,esses pilantra apenas querem usar vocês,devemos agir com rigor não só apenas com o PT,PSB mais com todos esse filhas da puta pois eles são o câncer da nossa sociedade,e colocar também na cadeia todos eleitores que vendem seus votos eles também tem sua parcela de culpa é por causa desse bostas que hoje os cara querem discriminizar as drogas,flexibilizar as penas para os criminosos,são esses mesmos eleitores que colocar-se sempre contra a policia,então pau na gaia de PT,PSB,DEM,PSC,PV,PSTU e eleitores e candidatos corruptos chega de malandragem.

    ResponderExcluir
  67. No CBMSE a desmotivação com o Comandante é GERAL. É só prisão, persegição, humilhação, transferências etc... e nenhuma autoridade desse Estado faz nada para coibir esses abusos e arbitrariedades cometidos.
    Sem nenhuma dúvida ficará marcado na história da Corporação como o PIOR Comandante que já passou.
    PT SAUDAÇÕES = DITADURA DE 1964. O VOTO É A SUA ARMA CONTRA TUDO ISSO.

    ResponderExcluir
  68. O CMT Geral, escalou os colegas para dificutar os votos para vieira, e um puto, um canalha.

    ResponderExcluir
  69. Cai fora Iunes patinha de joão eloi.

    ResponderExcluir
  70. Alô, Alô.. Amigos e Irmãos, estamos na reta final.. quase lá!.

    Vamos fazer bonito domingo na nossa última carreata 30/09, chegue junto, vista a camisa, abrace essa ideia, leve sua família, convide o amigo, vizinho, colega de trabalho... vamos colorir Aracaju de verde e amarelo! Vamos mostrar que o povo de Deus e da segurança tem opção.. que temos força, vez e voto, esse movimento em defesa do evangelho e da segurança é coletivo, nós precisamos de espaço no governo, de mudança, de atitude. Os projetos precisam sair das gavetas, precisam ser discutidos e renovados, mas, para isso precisamos de você mais do que nunca, que você some-se propagando o nosso ideal.


    Att;

    Equipe Sargento PRADO 70000 – O Missionário de fé!.


    AGENDA 30/09 - Ultima Carreata - 9 horas

    9 horas - Encontro - Igreja Mundial do Poder de DEUS - Sede. Av. Hermes Fontes (Fundos) Prox. ao colégio João Alves Filho.

    ResponderExcluir
  71. SOU SD DE 1994, MAS DE UMA COISA TENHO CERTEZA, VOU VOTAR NULO, PRA TUDO.
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!
    VAMOS TODOS VOTAR NULO! VAMOS TODOS VOTAR NULO!


    NÃO VOTEMOS EM NINGUÉM, SÓ TEM AÍ PAU NO CÚ.

    ResponderExcluir
  72. Vc devia se informar quantas pessoas lutaram ou até morreram pra ter o direito de votar, procure alguem que lhe agrade pra votar, ou vote sozinho. Aos colegas que vão trabalhar no interior garantam sua familia pra votar no SARGENTO VIEIRA, ou naquele militar que se agrada, eu prefiro Vieira, mas não deixe de apoiar a nossa luta por melhorias.

    ResponderExcluir
  73. Parabéns ao Capitão Ildomario pelo texto e pela conduta adotada em sua carreira como Oficial de nossa PM, infelizmente ainda são poucos que honrram as estrelas que ostentam como o senhor. Que a justiça esteja do lado dos justos, que nesse caso são os guerreiros, merecedores de elogios e não de punição pelos atos em tela. Aos praças que não foram voluntarios para o Préca-bosta e que não conduziram veiculos irregulares, eu deixo meus parabéns pela coragem e honrrades, vocês são motivo de orgulho para todos nós.

    ResponderExcluir
  74. Gente, está na hora de escolhermos quem nós queremos que nos represente na assembleia como deputado estadual, ,na minha visao é uma pessoa como o Cap Ildomario, que ja demonstrou e vem demonstrando toda sua capicidade de nos representar, claro que da sua forma modesta sem querer passar por cima de nimguem e uma pessoas que nao se vende e que nao temmos nenhuma dado que demonstre o contrario. Chega de Samuel! nao sai de cima do muro n poe a cara pra nos defender, apoiar...um cara que nao é parceiro ele é sempre metade, queremos alguem completo. Fica a dica. Vamos escolher que vai e nao apoir que ele querem. Cap Ildomario Deputado Estadual!!!! QUem é contra e quem é a favor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMPANHEIRO CHEGA DE OFICIAIS!!!! A BOLA DA VEZ É SGT.VIEIRA..... 2014 PARA DEPUTADO ESTADUAL!!!!

      Excluir
  75. QUE 'IRONIA' A PMSE ESTÁ CABENDO DENTRO DE UM FUSQUINHA!!!

    ResponderExcluir
  76. REALMENTE É A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR!!! E AGORA JOSÉ OU MELHOR E AGORA BARNABÉ!!!!!!!SUA APOSENTADORIA??????????????

    ResponderExcluir